Variação da temperatura geografia

41,754 views

Published on

Published in: Technology, Business
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
41,754
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
33
Actions
Shares
0
Downloads
233
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Variação da temperatura geografia

  1. 1. Variação da temperaturaEscola Secundária de Monção Professora Antónia Branco Geografia 10º ano
  2. 2. Índice• Introdução;• Variação da temperatura : Variação espacial da temperatura: Factores intervenientes:  À escala global;  À escala regional e local; Solstícios e equinócios; Trópicos; Valores da radiação solar; Conclusão.
  3. 3. IntroduçãoEste trabalho foi proposto pela professora de Geografia. O tema escolhido pela docente é “Variação da temperatura”. Um dos nossos principais objectivos é dar a conhecer os vários factores que podem influenciar a temperatura .
  4. 4. Variação da Temperaturao Variação Espacial da Temperatura : - Factores intervenientes à escala global: • Latitude; • Proximidade dos oceanos; - Factores intervenientes à escala regional e local: • Relevo (altitude);
  5. 5. Variação Espacial da Temperatura A temperatura é uma das características mais sensíveis do clima. Antigamente, distinguiam-se cinco zonas do globo do ponto de vista térmico: zonas glaciares, temperadas e tórrida. Os planisférios mostram que as isotérmicas anuais ou estacionais estão longe de seguirem os paralelos. É preciso, então, encontrar as razões destas anomalias analisando os factores que influenciam esta variação da temperatura.
  6. 6. A latitude é a distânciaLatitude ao Equador medida ao longo do meridiano de Greenwich. Esta distância mede-se em graus, podendo variar entre 0º e 90º para Norte ou para Sul. A temperatura varia em função da latitude, pois verifica-se que à medida que a latitude aumenta, a temperatura diminui.
  7. 7. Latitude• A temperatura varia de acordo com a latitude devido: – Movimento de translação; – Dia natural; – Insolação.
  8. 8. Dia Natural Quanto maior for a duração do dia natural maior é a quantidade de energia solar recebida por unidade de superfície e maior é a temperatura.
  9. 9. Insolação Quanto maior for a duração da insolação maior é a quantidade de energia solar recebida à superfície terrestre.
  10. 10. Proximidade O mar tem um efeitodos Oceanos amenizador sobre a variação da temperatura, originando um maior equilíbrio térmico nos locais que se situam junto ao litoral. Assim, as temperaturas não são tão elevadas no verão nem tão baixas no inverno.
  11. 11. Relevo (altitude) A altitude é a terceira coordenadageográfica e corresponde à distância,em metros, medida na vertical, entre onível médio das águas do mar e umdado lugar. Dependendo da posição dolugar em relação ao nível do mar a suaaltitude pode ser positiva (se o lugar seencontra acima do nível do mar) ounegativa (se o lugar se encontra abaixodo nível do mar). À medida que subimosem altitude a temperatura desce cercade 6.5º em cada 1000 metros .
  12. 12. Solstícios• Solstícios de Junho (21 de Junho) – Os raios solares apresentam menor inclinação; Este é o dia mais longo do ano e marca o início do Verão no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul começa o Inverno.• Solstício de Dezembro (21 de Dezembro) – Os raios solares apresentam maior inclinação, a temperatura é mais baixa; Este é o dia mais curto do ano, iniciando-se o Inverno no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul o Verão.
  13. 13. Equinócios• Equinócio de Março (21 de Março) – Os raios solares apresentam menor inclinação, logo a temperatura começa a aumentar. O dia tem a mesma duração da noite. Inicia-se a Primavera no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul começa o Outono.• Equinócios de Setembro (21 de Setembro) – Os raios solares apresentam maior inclinação. O dia tem a mesma duração da noite; Inicia-se o Outono no Hemisfério Norte e a Primavera no Hemisfério Sul.
  14. 14. Trópicos• Em geografia chamam-se trópicos aos paralelos geográficos que delimitam as zonas por onde a projecção zenital dos raios do Sol cobrem, no correr do ano, os solstícios e representam a trajectória máxima dos raios do Sol sobre a superfície terrestre.• O trópico de Câncer é o paralelo situado 23°4/10 ao norte do equador terrestre (23º27’ de latitude norte), delimita a zona tropical norte.• O trópico de Capricórnio é o paralelo situado 23°4/10 ao sul do equador terrestre (23º27’ de latitude sul), delimita a zona tropical sul.
  15. 15. Trópicos
  16. 16. Valores da radiação solar• Apesar de o ângulo de incidência ser de 90º e os raios incidirem verticalmente, os maiores valores de radiação solar não se verificam no equador , mas sim nos trópicos . Esta situação deve-se: – Á nebulosidade que impede a duração da insolação no equador; – A ausência de nuvens e a fraca humidade do ar tornam a atmosfera permeável à radiação solar nos trópicos .
  17. 17. Conclusão• Na opinião do grupo , o trabalho foi efectuado com sucesso.• Concluímos que : – A temperatura pode variar devido á altitude, latitude, proximidade dos oceanos . – A temperatura é mais alta nos trópicos do que no equador . Esperemos que a professora tenha um bom meio de avaliação e que tenhamos atingido os objectivos propostos.
  18. 18. Trabalho elaborado por :• Patrícia Martins 10ºE , nº18• Rute Lourenço 10ºE , nº21• Susana Marinho 10ºE, nº23

×