Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A Escola Waldorf e o Pensamento de Rudolf Steiner

3,796 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

A Escola Waldorf e o Pensamento de Rudolf Steiner

  1. 1. A ESCOLA WALDORF E O PENSAMENTO DE RUDOLF STEINER Disciplina: Didática Prof: Rachel Colacique UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE DIDÁTICA
  2. 2. A Escola Waldorf “Em realidade, na escola não devemos aprender para saber, mas devemos aprender para sempre podermos aprender com a vida.”
  3. 3. A Escola Waldorf: Origem Em 1919, o filósofo, cientista e artista Rudolf Steiner foi convidado para dar uma série de palestras aos trabalhadores de uma fábrica de cigarros em Stuttgart, na Alemanha. Entusiasmados com suas idéias, os trabalhadores pediram a Steiner que fundasse e dirigisse uma Escola para seus filhos. Foi então que Emil Molt, dono da fábrica de cigarros Waldorf, passou a financiar e
  4. 4. Origem Ele intencionava que a Escola Waldorf tivesse o mínimo de interferência governamental e que não tivesse a preocupação com objetivos lucrativos. Steiner estabeleceu 4 condições para aceitar o desafio: A primeira seria a de que a Escola fosse aberta à qualquer criança, sem distinção; a segunda, de que a Escola fosse co-educacional, deveria ter uma escola com um currículo unificado de 12 anos e, por último, de que os professores da Escola também fossem os seus dirigentes e que administrassem eles mesmos a Escola. Emil Molt concordou e em 7 de setembro de 1919 foi aberta a Die Freie Waldorfshule (A Escola Waldorf Livre)
  5. 5. A Pedagogia Waldorf Mas o que ela tem de tão especial? A Pedagogia Waldorf se baseia em uma concepção de desenvolvimento do ser humano que toma em conta o seu aspecto físico, anímico (psico-emocional) e espiritual, de acordo com os fundamentos da Antroposofia – ciência espiritual desenvolvida por Steiner. Nela, o desenvolvimento da criança é esimulado de acordo com as características de cada um e da sua faixa etária, buscando- se uma perfeita integração do corpo, da alma e do espírito, ou seja, entre o pensar, o sentir e o querer. Hoje, a abordagem que ficou conhecida como Pedagogia Waldorf está presente em escolas espalhadas pelo mundo inteiro.
  6. 6. A Pedagogia Waldorf  O ensino teórico é sempre acompanhado pelo prático, com grande enfoque nas atividades corpóreas (ação), artísticas e artesanais, de acordo com a idade dos estudantes.  O cultivo das atividades do pensar inicia-se com o exercício da imaginação, do conhecimento dos contos, lendas e mitos, até gradativamente atingir-se o desenvolvimento do pensamento mais abstrato, teórico e rigorosamente formal, mais ou menos na época de ensino médio. Essa não exigência de atividades que necessitam de um pensar abstrato muito cedo é também um dos grandes diferenciais em relação à outros métodos de ensino.
  7. 7. A Pedagogia Waldorf Na visão de Steiner, o ser humano é trimembrado em corpo, alma e espírito, e possui três níveis de percepção de aprendizagem que envolve os movimentos, os sentimentos e os pensamentos em ordem evolutiva. O desenvolvimento da vontade e o equilíbrio das emoções devem surgir antes para servirem de fundamentos sólidos ao exercício do pensar.
  8. 8. A Pedagogia Waldorf  E assim procura-se oferecer um processo de ensino que não seja somente focado no registro intelectual de conceitos, mas sim, no incremento de habilidades sociais de forma que se combinem ciência e arte, filosofia e espiritualidade, na formação integral de seres humanizados que vivam em harmonia e respeito consigo mesmos, com a sociedade e com o meio
  9. 9. O Pensamento de Rudolf Steiner “Não há, basicamente, em nenhum nível, uma outra educação que não seja a auto-educação. Toda educação é auto-educação e nós, como professores e educadores, somos, em realidade, apenas o entorno da criança educando-se a si própria... ... Devemos criar o mais propício ambiente para que a criança eduque- se junto a nós, da maneira como ela precisa educar-se por meio de seu destino interior.”
  10. 10. O Pensamento de Rudolf Steiner “Não devemos perguntar o que o ser humano precisa saber ou dominar para viver dentro da estrutura social que aí está: mas devemos perguntar-nos o que está predisposto nesse ser e o que pode ainda ser desenvolvido. Assim, será possível, sempre, acrescentar à estrutura atual o que fazem dela os seres integrais que nela ingressam, e não se fará, da geração que vem crescendo, o que a estrutura social vigente quer fazer dela.”
  11. 11. "A nossa mais elevada tarefa deve ser a de formar seres humanos livres que sejam capazes de, por si mesmos, encontrar propósito e direção para suas vidas."
  12. 12. Para saber mais:  http://www.ppge.ufpr.br/teses/D12_Jonas%20 Bach%20Junior.pdf  http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/11195 /1/2012_MariaCristinadaSilvaPimentelBotelho Bogarim.pdf  http://www.federacaoescolaswaldorf.org.br/arti gos/artjardim.htm

×