Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

15 newsletter outubro novembro 2008

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

15 newsletter outubro novembro 2008

  1. 1. NOVEMBRO 2008 Assembléia geral será dia 29 A Terra Roxa Investimentos (TRI) já marcou a assembléia geral deste ano: será dia 29 próximo, às 9 horas, na Chácara Esplanada, em Londrina. A assembléia é realizada anualmente para prestar contas e avaliar as ações desenvolvidas pela entidade, além de colocar em discussão o planejamento para o ano seguinte. Para a reunião do dia 29, também constam na pauta a apresentação da TRI às novas administrações municipais eleitas; e a entrega do dossiê de candidatura para o Encontro Econômico Brasil – Alemanha 2011 ao Sr. Rodrigo Rocha Loures, presidente da FIEP. Divulgação da região Outro assunto em pauta para a assembléia do dia 29 é o lançamento da publicação “Norte do Paraná, uma região surpreendente – Razões para se fazer negócios aqui”. Depois de mais de um ano de planejamento, discussão e ajustes, o projeto tão almejado pelas entidades associadas à Terra Roxa sai do forno. A publicação traz informações e ilustrações de grandes empresas, personalidades e infra- estrutura disponível na região. Em inglês e português, terá uma distribuição dirigida a um público facilitador de negócios, como os escritórios comerciais de embaixadas. “Nossa expectativa é de que esse material venha suprir uma carência, que é a falta de uma publicação que informe os investidores sobre nossa região”, comenta o presidente da TRI, Fernando Kireeff. Centro de pesquisas para os emergentes No próximo dia 21, a Terra Roxa dá um passo concreto rumo à discussão de se constituir, no Norte do Estado, um centro de estudos sobre os países emergentes que compõem o chamado BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China). Será realizada uma reunião no auditório do Cesa, no campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL), às 14h30, com representantes do colegiado e centros de estudo. A criação do centro foi discutida com representantes da Índia, inclusive com o cônsul geral da Índia no Brasil, Sivaraman Swaminathan, que estiveram em Londrina recentemente. Foram eles que propuseram que a região, que já tem uma organização em torno da Terra Roxa para divulgação e busca de investimentos, tenha também um centro que possa disponibilizar informações para os empresários em negociação com os tais emergentes. “A intenção é que a criação deste centro ajude-nos a compreender melhor as particularidades desses países, com os quais o comércio está crescendo muito. O Norte do Paraná pode se tornar uma referência com este centro de estudo”, considera Fernando Kireeff, presidente da TRI.
  2. 2. Terra Roxa e Acil representam Câmara Ítalo-Brasileira A parceria entre a Câmara de Comércio Ítalo-Brasileira do Paraná, Agência de Desenvolvimento Terra Roxa e Associação Comercial e Industrial de Londrina está consolidada. O termo foi assinado em cerimônia realizada na Acil, dia 10 de outubro. O trabalho de representação será feito pela Terra Roxa por meio de parceria já estabelecida com Acil na área de comércio exterior. A agência mantém funcionários na Associação para realização de todos os trabalhos referentes a esse setor. Para a assinatura do termo de representação, vieram a Londrina o presidente da Câmara de Comércio Ítalo-Brasileira do PR e SC, Roberto Colliva, e o presidente do COMITES - comitê dos italianos no exterior para PR e SC, Gianluca Cantoni. Participaram ainda da cerimônia, o presidente da Terra Roxa, Fernando Lopes Kireeff, o presidente da Acil, Marcelo Cassa, e o vice-cônsul da Itália no Norte do Paraná, Bruno Veronesi, além de demais pessoas envolvidas no processo. A parceria estabelecida é mais um canal aberto para facilitar a troca de informações e de negócios entre o Norte do Paraná – região representada pela Terra Roxa – e o país europeu. Agenda Terra Roxa No Pará O Trabalho realizado pela Terra Roxa foi exposto pelo diretor executivo da entidade Flávio Vicente em Tucuruí, no Pará, no mês de outubro. Segundo Flávio, aquela região está implantando uma agência e tem o Paraná como modelo. Flávio foi acompanhado pelo consultor da FIEP, Osny Taborda, que é responsável pela rede de ADRs do Paraná.
  3. 3. Em São Paulo Fernando Kireeff, presidente da TRI, e Bruno Veronesi, vice-cônsul da Itália no Norte do Paraná, participaram do encontro “Oportunidades de Negócios Brasil-Itália”, realizado na FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), em outubro, divulgando os potenciais de investimentos no Norte do Paraná. A apresentação foi feita para a diretoria do Ministério de Comércio Internacional para a América, Mariaconcetta Giorgi; para a responsável pela área internacional do Consórcio para a Formação e Desenvolvimento de Bologna, Stella Occhialini; e para os representantes do Instituto Nacional para o Comércio Exterior Laura Testaguzza e Gianni Loreti. “Foi excelente. Sentimos que eles ficaram impressionados, principalmente pela nossa pró-atividade”, avaliou Kireeff, acrescentando que a participação no evento fez parte do trabalho de aproximação do Norte do Estado com a Itália.

×