Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A guerra fria

1,268 views

Published on

O mundo bipolar

Published in: Education
  • Be the first to comment

A guerra fria

  1. 1. A guerra fria A nova “ordem mundial” do após guerra 9.º ano
  2. 2. A Guerra Fria 1. Conhecer e compreender a nova “ordem mundial” do após guerra 1. Explicar o acentuar da perda de influência europeia e a emergência dos EUA e da URSS como as superpotências do após guerra. 2. Distinguir os modelos políticos e económicos dos EUA e da URSS. 3. Relacionar o antagonismo entre as duas superpotências com a formação de dois blocos político-ideológicos, militares e económicos. 4. Justificar a hegemonia económica, financeira e militar dos EUA no bloco ocidental, salientando a criação da Organização Europeia de Cooperação Económica (OECE)/do “Plano Marshall” e a formação da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). 5. Descrever a expansão do comunismo na Europa de Leste e na Ásia. 6. Caracterizar a Guerra Fria, salientando a existência de momentos de maior tensão e de momentos de relativo apaziguamento. 7. Referir sucintamente alguns dos principais conflitos da Guerra Fria (Bloqueio de Berlim, Crise dos Mísseis em Cuba, Guerra da Coreia, Guerra do Vietname, Guerra de Angola e Guerra do Afeganistão).
  3. 3. FIM DA II GUERRA MUNDIAL Ver mapa da p. 134 do manual Decadência da Europa Aparecimento das duas superpotências: EUA e URSS Influência política, económica e militar EUA Regime político liberal pluripartidário Economia capitalista URSS Ditadura do proletariado Economia coletivizada e planificada Países da Europa Ocidental Democracias Populares (regimes comunistas) França, Reino Unido, Irlanda, Itália, Alemanha Ocidental, Dinamarca, Áustria, Grécia, Bélgica, Países Baixos, Luxemburgo, Islândia, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça, Turquia Polónia Roménia Checoslováquia Hungria Bulgária RDA Europa China Coreia do Norte Aliados na Ásia
  4. 4. FIM DA II GUERRA MUNDIAL Decadência da Europa e controlo das duas superpotências, que tinham grande poder económico A rivalidade entre as duas superpotências conduziu à desconfiança mútua, traduzida em constantes ameaças. Surgem dois blocos político-ideológicos, militares e económicos: Bloco Ocidental Bloco de Leste Clima de tensão – equilíbrio do terror Corrida ao armamento (ver docs. 3 e 4, p.140 do manual); Formação de alianças defensivas (OTAN ou Nato e Pacto de Varsóvia); Vigilância dos cidadãos (EUA: Ação da CIA, Maccartismo; URSS: Ação do KGB); Corrida espacial. MUNDO BIPOLAR
  5. 5. FIM DA II GUERRA MUNDIAL MUNDO BIPOLAR – Alianças político-militares NATO ou OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) Criada em 1949. Constituída, principalmente, por países da Europa Ocidental e da América do Norte. Aliança militar que tem como objetivo a defesa coletiva e mútua dos países membros. PACTO DE VARSÒVIA Criado em 1955, por iniciativa da União Soviética, como resposta à criação da Nato. Constituído pelos países do Bloco Leste. Aliança militar que estabelecia um compromisso de ajuda mútua em caso de agressões bélicas. Cortina de Ferro – ver definição p. 137
  6. 6. GUERRA FRIA Hegemonia dos EUA no Bloco Ocidental Expansão do Comunismo na Europa de Leste e na ÁsiaNo pós guerra, a economia dos EUA prosperou. Os EUA detinham cerca de 60% da produção mundial. Eram a maior potência industrial e comercial do mundo. (ver docs. 1 e 2, p.138 do manual) Plano Marshall (1947) (Ajuda dos EUA aos países da Europa Ocidental) – ler doc.3,p.138 Principais objetivos: recuperar a economia europeia, prestar auxílio financeiro, promover a estabilidade política, reforçar a hegemonia dos EUA, impedir a expansão do comunismo na Europa. A URSS alargou o seu domínio a outros Estados da Europa de Leste e da Ásia, formando o Bloco de Leste. (ver docs. 1 e 2, p.139 do manual) Comecom (1949) (Conselho de Ajuda Económica Mútua) Principais objetivos: desenvolver a economia do Bloco de Leste, fomentar a cooperação científica e técnica entre os países do Bloco de Leste. Kominform (1947) Principal objetivo: Controlava a ação dos partidos comunistas a nível internacional. OECE (Organização Europeia de Cooperação Económica) (1948) Criada para gerir o dinheiro concedido pelo Plano Marshall aos 18 países que a ele aderiram.
  7. 7. GUERRA FRIA Evitando o confronto direto, os EUA e a URSS manifestavam a sua hostilidade através : da propaganda política, do reforço do armamento nuclear, da procura de zonas de influência.
  8. 8. GUERRA FRIA: ENTRE A TENSÃO E O APAZIGUAMENTO 1948: Bloqueio de Berlim 1949: Divisão da Alemanha - República Federal da Alemanha (RFA) e República Democrática Alemã (RDA) (Ver doc. 1, p. 142 do manual) Construção do Muro de Berlim (1961) (Ver doc. 2, p. 142 do manual) Guerra da Coreia (1950-53) (Ver doc. 3, p. 142 do manual) Guerra do Vietname (1964 - 1973) (ler doc. 4, p. 142 do manual)
  9. 9. GUERRA FRIA ENTRE A TENSÃO E O APAZIGUAMENTO O sucessor de Estaline, Nikita Khruschëv (1953- 1964), propôs uma política de coexistência pacífica tentando restabelecer as relações diplomáticas com o Ocidente, o que foi aceite pelos presidentes americanos D. Eisenhower (1953-61) e John F. Kennedy (1961-63). Em 1959, a Revolução cubana pôs fim à ditadura que vigorava no país, apoiada pelos EUA. A resistência a esta mudança por parte dos EUA levou Fidel Castro a procurar ajuda na URSS. Em 1962, a URSS instalou mísseis nucleares em Cuba. Kennedy exigiu a sua retirada sob ameaça atómica, conseguindo que a sua exigência fosse aceite.
  10. 10. GUERRA FRIA : ENTRE A TENSÃO E O APAZIGUAMENTO Novo período de apaziguamento até aos anos 70, em que foram assinados acordos SALT (Strategic Arms Limitation Talks) para a limitação das armas nucleares. Apesar destes acordos, os EUA e a URSS continuaram a corrida aos armamentos e envolveram-se em conflitos locais para manter as suas zonas de influência, como aconteceu em Angola e no Afeganistão. (ver doc. 4, p. 144 do manual) Em1987, Ronald Reagan(EUA) e Mikhail Gorbachev(URSS) anunciavam o fim da «Guerra Fria» ao assinarem um acordo que previa a destruição de vários tipos de armas nucleares. Tropas soviéticas em Kabul

×