Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

apresentação das medidas de estimulo-a-construcao-civil dez_2012

727 views

Published on

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta terça-feira (4), uma série de medidas para estimular a construção civil, entre elas, a desoneração da folha de pagamento e a redução da alíquota do Regime Especial de Tributação (RET) sobre o faturamento de 6% para 4%. A presidenta Dilma Rousseff afirmou que a iniciativa reconhece a importância da construção civil para a geração de emprego e para as cadeias produtivas

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

apresentação das medidas de estimulo-a-construcao-civil dez_2012

  1. 1. Medidas de Estímulo à Construção Civil Brasília, 4 de dezembro de 2012 1
  2. 2. Indústria da Construção Participação do setor da construção civil no PIB, em % Massa salarial (2013): Emprego (PNAD 2011): Investimento R$ 31,4 bilhões 7,7 milhões de (IBGE, 2012): Receita Bruta Total: (2013): empregados* 41,4% da FBCF R$ 171,6 bilhões*Incluindo conta própria, informal e outros. Fonte: IBGE** Acumulado nos últimos quatro trimestres. Elaboração: Ministério da Fazenda 2
  3. 3. Indústria de Construção Crescimento da indústria de construção, em % a.a. Fonte: IBGE* Projeção Elaboração: Ministério da Fazenda 3
  4. 4. Crédito habitacional total da Caixa Econômica FederalEm R$ bilhões* Projeções CEF Fonte: Caixa Econômica Federal Elaboração: Ministério da Fazenda 4
  5. 5. Mercado imobiliárioOferta e venda de unidades novas na cidade de São PauloEm unidades (eixo da esquerda) e velocidade de vendas (eixo da direita)* Vendas no mês dividido pela soma das vendas do Fonte: SECOVI-SPmês + oferta no fim de período Elaboração: Ministério da Fazenda 5
  6. 6. Mercado imobiliário:Lançamento e venda de unidades novas na cidade de São PauloEm unidades Fonte: SECOVI-SP Elaboração: Ministério da Fazenda 6
  7. 7. O Governo está lançando hoje um conjunto demedidas para estimular o setor da construção1. Desoneração da Folha de Pagamentos2. Redução do Regime Especial de Tributação (RET) de 6% para 4% sobre o faturamento3. Aumento do limite do “RET Social” (1%) para R$ 100.000,004. Capital de Giro da Caixa Econômica Federal 7
  8. 8. Desoneração da Folha de PagamentosSetor de Construção Civil, estimativas para 2013, em R$ milhões ANTES: NOVA MEDIDA: Contribuição sobre Desoneração Contribuição sobre o Folha de Pagamentos para o Setor Faturamento (2%) (20%) 6.280 3.430 2.850  Faturamento no final do processo.  Renúncia por fluxo de caixa (1º ano) R$ 970 milhões* * Ganho adicional pelo adiamento da contribuição ao INSS, pois o faturamento só ocorre ao final da construção 8
  9. 9. Redução do Regime Especial de Tributação (RET)para 4%Redução da alíquota do Regime Especial de Tributação(RET) da construção civil: de 6% para 4% sobre ofaturamento.Impacto anual estimado: R$ 411 milhões (2013). Alíquota atual Alíquota proposta IRPJ 1,89% 1,26% CSLL 0,98% 0,66% COFINS 2,57% 1,71% PIS 0,56% 0,37% Total 6,00% 4,00% 9
  10. 10. Aumento no limite do “RET social”Situação atual: RET para projetos de incorporação deimóveis residenciais de interesse social tem alíquota deapenas 1% sobre o faturamento.Proposta: ampliar o valor máximo do imóvel paraaplicação desta alíquota: de R$ 85 mil para R$ 100 milImpacto anual estimado: R$ 97 milhões (2013)Divisão da alíquota do “RET social”: IRPJ: 0,31% CSLL: 0,09% COFINS: 0,44% PIS: 0,16% 10
  11. 11. Capital de Giro da Caixa Econômica Federal:Micro, Pequenas e Médias EmpresasObjetivo: Disponibilizar, para a construção civil, capital de girocom preços e prazos competitivos, concessão rápida e utilizaçãoágil, simplificada e automatizada.Empresas com faturamento até R$ 50 milhões anuaisCaracterísticas: • Limite de até R$ 100 mil - Garantia de Aval Limite de R$ 100 mil a R$ 1 milhão - Garantias Reais • Prazo: até 40 meses • Taxa altamente competitiva (0,94% ao mês), para todos prazos e clientes • Limite recomposto automaticamente • Renovação automática da operação a cada 12 mesesOrçamento Disponível: R$ 2 bilhões 11
  12. 12. 12

×