AGROINDÚSTRIA | PRODUÇÃO DE CULTIVOS

17,420 views

Published on

Nesta apresetação, TOTVS fala do software de gestão no segmento de agroindústria para a gestão integral da produção agrícola.

TOTVS. Juntos, fazemos melhor.

Aproveite também para conferir as novidades no site da TOTVS. Acesse: http://www.totvs.com. Ficou interessado? Agende uma visita com um de nossos consultores: https://www.totvs.com/contatos.

Siga a TOTVS nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/totvs
Twitter: https://twitter.com/TOTVS
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/totvs


Published in: Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
17,420
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13,196
Actions
Shares
0
Downloads
264
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

AGROINDÚSTRIA | PRODUÇÃO DE CULTIVOS

  1. 1. GARANTA: ABRANGÊNCIA, EFICIÊNCIA OPERACIONAL E CONFIABILIDADE NOS RESULTADOS SOFTWARE PARA PRODUÇÃO DE CULTIVOS
  2. 2. HOJE FALAREMOS SOBRE 1. PRODUÇÃO DE CULTIVOS 2. PIMS MC – SUBPROCESSOS 3. PLANEJAMENTO OPERACIONAL 4. EXECUÇÃO DAS TAREFAS AGRÍCOLAS 5. MOBILIDADE 6. INDICADORES GERENCIAIS 7. CONTROLE DE COLHEITA 8. CONTROLES AGRONÔMICOS 9. MANUTENÇÃO DE FROTAS 10. PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS
  3. 3. HOJE FALAREMOS SOBRE 11. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO 12. OFERTA
  4. 4. 1. PRODUÇÃO DE CULTIVOS
  5. 5. PRODUÇÃO DE CULTIVOS MÓDULO PIMS MC – GESTÃO AGRÍCOLA • Fazer a gestão dos contratos de compras de matéria-prima junto aos produtores rurais. • Planejar a colheita da produção de algodão. • Controlar a produção dos fardões. • Planejar e executar o recebimento dos fardões na UBA. • Garantir a qualidade da matéria-prima recebida. • Garantir níveis de qualidade no beneficiamento e ensacamento do produto. • Garantir a rastreabilidade.
  6. 6. PRODUÇÃO DE CULTIVOS FAZER A GESTÃO INTEGRAL DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA, INTEGRANDO ESCRITÓRIO E CAMPO. OBJETIVO
  7. 7. PRODUÇÃO DE CULTIVOS ESCOPO • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Dimensionamento do Consumo de Recursos. • Acompanhamento e Controle da Execução de Operações. • Monitoramento dos Níveis de Utilização de Recursos. • Garantir os Níveis de Conformidade de Processos e de Produtos. • Administrar Custos de Produção
  8. 8. PRODUÇÃO DE CULTIVOS FLUXO DOS PROCESSOS – INTEGRADO AO ERP INSUMOS PRODUÇÃO MATÉRIA-PRIMA EQUIPTOS.MDO RURÍCULACUSTOS AGRÍCOLAS GESTÃO AGRÍCOLA – PIMS MC COMPRAS ESTOQUEATIVOSFOLHACONTÁBIL BACKOFFICE TOTVS ORIGINAÇÃO UBA/UBS MOBILIDADE
  9. 9. PRODUÇÃO DE CULTIVOS FLUXO DOS PROCESSOS DA SOLUÇÃO VERTICAL INSUMOS PRODUÇÃO MATÉRIA-PRIMA EQUIPTOS.MDO RURÍCULACUSTOS AGRÍCOLAS GESTÃO AGRÍCOLA – PIMS MC MOBILIDADE CONFIGURAÇÃO CENTRAL E LOCAIS DE PRODUÇÃOPLANEJAMENTO DE ATIVIDADES CONTROLE DE ATIVIDADES E RECURSOS CONTROLES DE PLANTIO MANUTENÇÃO DE FROTA CONTROLES DE COLHEITA PAGAMENTO DE SERVIÇOS - TERCEIROS CONTROLE TÉCNICO AGRONÔMICO RECEPÇÃO E ANÁLISE DA MATÉRIA-PRIMA PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO BENEFICIAMENTO DE MATÉRIA-PRIMA GERENCIAMENTO DE CUSTOS DE PRODUÇÃO
  10. 10. PRODUÇÃO DE CULTIVOS PIMS MC - SISTEMA 100% WEB
  11. 11. PRODUÇÃO DE CULTIVOS PIMS MC - SISTEMA MULTIEMPRESAS REGIONAL MATO GROSSO EMPRESA 1 REGIONAL MINAS GERAIS EMPRESA 2 REGIONAL BAHIA EMPRESA 3
  12. 12. PRODUÇÃO DE CULTIVOS PIMS MC - GESTÃO POR ESTRUTURA HIERÁRQUICA REGIÃO ADMINISTRATIVA EMPRESA FILIAL UNIDADE ADMINISTRATIVA FAZENDA SETOR TALHÃO
  13. 13. 2. PIMS MC – SUBPROCESSOS
  14. 14. PIMS MC - SUBPROCESSOS
  15. 15. 3. PLANEJAMENTO OPERACIONAL
  16. 16. PLANEJAMENTO OPERACIONAL
  17. 17. PLANEJAMENTO OPERACIONAL QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • Utilizando a Matriz Padrão de Recursos e o Plano Mestre de Operações, cria e acompanha o Cronograma do Planejamento Operacional. PIMS MC – SUBPROCESSOS
  18. 18. PIMS MC – SUBPROCESSOS PIMS MC – PLANEJAMENTO OPERACIONAL TELAS
  19. 19. PIMS MC – SUBPROCESSOS PLANEJAMENTO OPERACIONAL – RELATÓRIOS
  20. 20. 4. EXECUÇÃO DAS TAREFAS AGRÍCOLAS
  21. 21. EXECUÇÃO DAS TAREFAS AGRÍCOLAS QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • A partir do planejamento de operações realizado, o sistema determina e acompanha a execução das tarefas agrícolas através das ordens de serviço de campo, coletando informações para análise gerencial focada na racionalização de insumos, equipamentos e mão de obra. PLANEJAMENTO OPERACIONAL
  22. 22. PLANEJAMENTO OPERACIONAL ORDEM DE SERVIÇO DE CAMPO – PROGRAMAÇÃO DE ATIVIDADES
  23. 23. PLANEJAMENTO OPERACIONAL EMISSÃO DA ORDEM DE SERVIÇO DE CAMPO
  24. 24. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DE ATIVIDADES - MANUAIS
  25. 25. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DAS ATIVIDADES E RECURSOS VISÕES
  26. 26. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DE ATIVIDADES - MECANIZADAS
  27. 27. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DAS ATIVIDADES E RECURSOS VISÕES
  28. 28. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DE APLICAÇÃO DE INSUMOS
  29. 29. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DE ATIVIDADES E RECURSOS
  30. 30. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DAS ATIVIDADES E RECURSOS – PRODUÇÃO DA OPERAÇÃO
  31. 31. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLE DAS ATIVIDADES E RECURSOS – PRODUÇÃO DA OPERAÇÃO – VISÕES
  32. 32. PLANEJAMENTO OPERACIONAL TRATAMENTO DE SEMENTES/MUDAS
  33. 33. PLANEJAMENTO OPERACIONAL TRATAMENTO DE SEMENTES/MUDAS VISÕES
  34. 34. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLES DE PLANTIO - APONTAMENTO
  35. 35. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLES DE PLANTIO - VISÕES
  36. 36. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLES DE PLANTIO – ACOMPANHAMENTO PLANTIO
  37. 37. PLANEJAMENTO OPERACIONAL CONTROLES DE PLANTIO – ENCERRAMENTO
  38. 38. PLANEJAMENTO OPERACIONAL PIMS MC – ORDEM DE SERVIÇO DE CAMPO
  39. 39. PLANEJAMENTO OPERACIONAL PIMS MC – ORDEM DE SERVIÇO DE CAMPO IMPRESSA
  40. 40. 5. MOBILIDADE
  41. 41. MOBILIDADE
  42. 42. MOBILIDADE QUEM ATENDE: SUÍTE TOTVS AGRO MOBILE • A partir de uma completa Suíte de Soluções de Mobilidade, o sistema realiza toda coleta de informações de campo através de dispositivo móvel, além de controlar com eficiência toda a Gestão Fitossanitária (Pragas e Doenças Agrícolas). MOBILIDADE
  43. 43. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA COLETA DE DADOS RETORNO COM INDICADORES OPERACIONAIS FAZENDA ESCRITÓRIO
  44. 44. MOBILIDADE APONTAMENTOS UTILIZANDO TABLET 10.1”
  45. 45. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA AGRÔNOMO OU SUPERVISOR: ABRE AS ORDENS DE SERVIÇOS PARA AS EQUIPES TRANSFERE A ORDEM DE SERVIÇO NO CAMPO PARA O EXECUTOR DA ATIVIDADE ATRAVÉS DA TECNOLOGIA BLUETOOTH Possibilidade de abertura das Ordens de Serviços no campo e transferência entre os Tablets através de Bluetooth.
  46. 46. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA Controles de Plantio, Aplicação de Insumos, etc.
  47. 47. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA Controle Fitossanitário
  48. 48. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA Mapa de rastreabilidade no próprio Tablet
  49. 49. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA Navegação mapas - rastreabilidade
  50. 50. MOBILIDADE PIMS MULTICULTURA Rastreabilidade dos pontos levantados no PIMS/MC após a importação dos apontamentos
  51. 51. MOBILIDADE HISTÓRICO DAS ÚLTIMAS APLICAÇÕES
  52. 52. MOBILIDADE TALHÕES COM O NÚMERO DE DIAS “SEM” AMOSTRAGEM
  53. 53. 6. INDICADORES GERENCIAIS
  54. 54. INDICADORES GERENCIAIS
  55. 55. INDICADORES GERENCIAIS PIMS MC - Gestão Agrícola Integrada QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • Ferramenta que permite ao usuário criar o seu painel de indicadores gerenciais conforme a sua necessidade de análise. • Extremamente eficiente para a tomada de decisões estratégicas, permitindo atuar preventivamente para correção de rumos. INDICADORES GERENCIAIS
  56. 56. INDICADORES GERENCIAIS NOVAS FUNCIONALIDADES Extrator – Painel Gerencial de Indicadores
  57. 57. 7. CONTROLE DE COLHEITA
  58. 58. CONTROLE DE COLHEITA PIMS MC – Gestão Agrícola Integrada QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • Faz toda a gestão da colheita agrícola, desde a estimativa de safra, passando pelas ordens eletrônicas de colheita, acompanhamento da produtividade e qualidade. • Faz a recepção da matéria-prima, gerindo a qualidade e o armazenamento da produção. CONTROLE DE COLHEITA
  59. 59. CONTROLE DE COLHEITA ESTIMATIVA DE COLHEITA
  60. 60. CONTROLE DE COLHEITA ORDEM DE COLHEITA
  61. 61. CONTROLE DE COLHEITA RECEPÇÃO DA MATÉRIA-PRIMA – PESAGEM
  62. 62. CONTROLE DE COLHEITA RECEPÇÃO DA MATÉRIA-PRIMA – ANÁLISES
  63. 63. CONTROLE DE COLHEITA COLHEITA – VISÕES
  64. 64. CONTROLE DE COLHEITA COLHEITA – VISÕES
  65. 65. CONTROLE DE COLHEITA COLHEITA – VISÕES
  66. 66. CONTROLE DE COLHEITA COLHEITA – VISÕES
  67. 67. 8. CONTROLES AGRONÔMICOS
  68. 68. CONTROLES AGRONÔMICOS
  69. 69. CONTROLES AGRONÔMICOS QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • Faz a gestão climatológica, análise de solo, produção e insumos. • Planejamento e controle das inspeções de pulverizações. CONTROLES AGRONÔMICOS
  70. 70. CONTROLES AGRONÔMICOS DADOS CLIMATOLÓGICOS • Controle das Informações climáticas por Posto Meteorológico: • Precipitação; • Temperatura; • Umidade Relativa do Ar;
  71. 71. CONTROLES AGRONÔMICOS CONTROLES AGRONÔMICOS - ANÁLISES
  72. 72. CONTROLES AGRONÔMICOS CONTROLES AGRONÔMICOS - ANÁLISES
  73. 73. CONTROLES AGRONÔMICOS CONTROLES AGRONÔMICOS – ANÁLISES
  74. 74. CONTROLES AGRONÔMICOS MANEJO FITOSSANITÁRIO – INSPEÇÃO POR PONTO
  75. 75. CONTROLES AGRONÔMICOS PLANEJAMENTO DE PULVERIZAÇÕES
  76. 76. CONTROLES AGRONÔMICOS IMPORTAÇÃO MAPA NO PIMS
  77. 77. 9. MANUTENÇÃO DE FROTAS
  78. 78. MANUTENÇÃO DE FROTAS PIMS MC – Gestão Agrícola Integrada QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC • Através de planos mestres de lubrificação são configuradas todas as necessidades de lubrificação segundo o fabricante do equipamento/veículo. • As informações de abastecimento são requisitos importantes para este controle, pois será através dos (km ou Horas) dos abastecimentos que serão feitas as programações de lubrificações. • A finalização deste controle contempla a execução da lubrificação que tem a finalidade de: • Baixar o volume do material utilizado contra a ferramenta de gestão de estoque. • Apropriar o consumo do material ao equipamento/veículo para posterior apropriação aos locais que este realizou serviços. • Apropriar as horas do mecânico ao equipamento/veículo para posterior apropriação aos locais que este realizou serviços. MANUTENÇÃO DE FROTAS
  79. 79. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE ABASTECIMENTO
  80. 80. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE LUBRIFICAÇÃO
  81. 81. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE MANUTENÇÃO – PLANOS/OS
  82. 82. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE MANUTENÇÃO – OS
  83. 83. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE ABASTECIMENTO - VISÕES
  84. 84. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE LUBRIFICAÇÃO - VISÕES
  85. 85. MANUTENÇÃO DE FROTAS CONTROLE DE MANUTENÇÃO - VISÕES
  86. 86. 10. PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS
  87. 87. PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS – PIMS MC – Gestão Agrícola Integrada QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS • Faz toda a gestão de serviços terceirizados contratados pela empresa durante a safra.
  88. 88. PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS PAGAMENTO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
  89. 89. PAGAMENTOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS AGRÍCOLAS PAGAMENTO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
  90. 90. 11. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO
  91. 91. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO
  92. 92. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO QUEM ATENDE: SOFTWARE PIMS MC ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO • Conceitualmente, a premissa básica do Custeio por Atividade (ABC) é de que as atividades consomem recursos e os processos consomem as atividades, ou seja, quando as atividades são executadas dentro da empresa, é que ocorrem os custos.
  93. 93. ADMINISTRATIVOS GERÊNCIA ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO PROCESSOS EXEMPLO DE CENTROS DE CUSTOS CULTURA • Soja safra • Preparo solo • Plantio • Manutenção • Colheita • Soja safrinha • Algodão safra • Milho safra • Milho safrinha CONTABILIDADE INFORMÁTICA RECURSOS HUMANOS SEGURANÇA PATRIMONIAL AUXILIARES MÃO DE OBRA • Operadores Colhedora • Tratoristas • Motoristas • Mecânicos Equipamentos • Caminhões • Tratores Leves • Tratores Médios • Tratores Pesados • Tratores Esteira Apoio • Caminhão Oficina • Caminhão Comboio Implementos • Grades, Subsoladores • Pulverizadores • Carretas
  94. 94. CONTABILIDADE BALANCETE ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO CUSTOS PIMS CONTABILIDADE X CUSTOS PIMS C.CUSTO: SOJA 2013 CONTA: INSUMOS AGRÍCOLAS R$ 500.000,00 C.CUSTO: SOJA 2013 CONTA: INSUMOS AGRÍCOLAS DEMONSTRATIVO RESULTADO – C.CUSTO R$ 500.000,00 C.CUSTO OPERAÇÃO FAZENDA RECURSO ANÁLISE OPERACIONAL – OPERAÇÕES NÍVEL DE ABERTURA •Comparativos das aberturas entre a contabilidade e custos Multicultura
  95. 95. CENTRO DE CUSTOINDIRETOS RATEIO Depreciações e amortizações Modelo Integrado Contabilidade x PIMS MODELO INTEGRADO CONTABILIDADE X PIMS ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO ATIVO FIXO Salários Gestão, Escritório ADMINISTRATIVO DIRETOS Despesas Gerais CONTABILIDADE Valores unitários de insumos e consumo de outros materiais MATERIAIS OPERAÇÕES CUSTAG PLANTIO ATIVIDADES MECANIZADAS APLICAÇÃO DE INSUMO PRODUÇÃO OPERAÇÕES OFICINA
  96. 96. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO DEMONSTRATIVO DE RESULTADO – POR CULTURA
  97. 97. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO DEMONSTRATIVO DE RESULTADO – POR CENTRO DE CUSTO
  98. 98. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO ANÁLISE OPERACIONAL – OPERAÇÕES
  99. 99. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO ANÁLISE OPERACIONAL – EQUIPAMENTOS
  100. 100. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO ANÁLISE OPERACIONAL – TALHÃO
  101. 101. BENEFICIAMENTO (PACKING HOUSE) • O Processo de Beneficiamento tem como objetivo a sistematização que compreende desde a recepção da matéria-prima – fruta – até o beneficiamento da mesma alimentando o estoque no Back Office com o Produto Acabado. • Integração do Consumo de Insumos consumidos nos processo utilizados no procedimento de Beneficiamento e formação do Produto Acabado. • Rastreabilidade dos Lotes de Beneficiamento • Custeio dos produtos Acabados/Beneficiados ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO
  102. 102. EXPEDIÇÃO TÚNEL DE VENTO PRODUTO ACABADO BENEFICIAMENTO – PACKING HOUSE FLUXO DO MACRO – PROCESSO ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO CUSTO UNITÁRIO DO PRODUTO ACABADO (CUSTO POR ABSORÇÃO) ORIGEM – LOCAL DE PRODUÇÃO/VARIEDADE BACK OFFICE PRODUTO MATÉRIA-PRIMA CÂMARA FRIA CUSTO UNITÁRIO DO PRODUTO IN NATURA (CUSTO ABC)
  103. 103. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Montagem do Processo de Beneficiamento
  104. 104. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Lotes de Beneficiamento
  105. 105. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Apontamentos dos Processos
  106. 106. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Blocagem dos Produtos Beneficiados (Pallets)
  107. 107. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Plano Mestre para Consumo de Insumos
  108. 108. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Encerrar/Reabrir Lote de Beneficiamento
  109. 109. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Definição das Bases de Rateio para o Beneficiamento
  110. 110. ORÇAMENTO E CUSTOS DE PRODUÇÃO BENEFICIAMENTO Conceitos Aplicados • Custos de Beneficiamento (Visão: Produto/Classificação/Conta/Com- ponente)
  111. 111. 12. OFERTA
  112. 112. ESCOPO DA OFERTA • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Planejamento de Atividades • Controle de Atividades e Recursos • Controles de Plantio • Controles de Colheita • Recepção e Análise da Matéria-Prima • Pagamento de Serviços - Terceiros • Controle Técnico Agronômico • Manutenção de Frota • Planejamento Orçamentário • Beneficiamento de Matéria-Prima • Gerenciamento de Custos de Produção • Mobilidade
  113. 113. SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA 22 anos de experiência no setor agroindustrial Experiência Internacional em 8 países: Colômbia, México, Peru, Guatemala, Honduras e Angola Líder em sistemas de gestão agroindustrial canavieira no Brasil
  114. 114. A TOTVS NA AGROINDÚSTRIA • Mais de 230 clientes atendidos que processam 60% da produção brasileira. • Das 10 maiores unidades processadoras na safra 2012/2013, 8 utilizam soluções da TOTVS. • 120 clientes atendidos que plantam mais de 1,5 milhão de hectares.
  115. 115. PROPOSTA DE VALOR A TOTVS NA AGROINDÚSTRIA • Flexibilidade e agilidade operacional • Menor custo de produção • Aumento da produtividade • Em conformidade com as exigências legais • Sincronização da Cadeia de Insumos • Rastreabilidade integral • Atendimento às questões ambientais • Redução das perdas na produção rural • Eficiência na utilização de insumos químicos
  116. 116. BENEFÍCIOS Redução de custos na alocação de máquinas e insumos Aumento da produtividade através da racionalização das operações agrícolas Efetividade comprovada em grandes produtos agrícolas! SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA
  117. 117. BENEFÍCIOS Controla os progressos da sua propriedade rural, de forma simples e eficaz Controle de Compras, Suprimentos, Estoque, Custos e Financeiro, garantindo a governança do seu negócio Gestão eficiente para garantir sua rentabilidade! SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA
  118. 118. SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA 29% Melhorias no Giro do Estoque 42% Dos funcionários excedem na performance QUEM USAALCANÇA... 14% Melhorias nas entregas on-time Fonte: Aberdeen Group, 2012
  119. 119. SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA 13% Redução de custos administrativos 12% Melhorias dos custos operacionais QUEM USAALCANÇA... A TOTVS oferece as melhores práticas de mercado, com uma oferta na medida certa para o seu primeiro projeto com nosso ERP.
  120. 120. ONDE ATUAMOS... SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA PRODUÇÃO RURAL MULTICULTURA ORIGINAÇÃO DE GRÃOS UBS BENEFICIAMENTO DE SEMENTES GESTÃO AGRÍCOLA UBA BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO COOPERATIVAS AGRÍCOLAS SUCROENERGÉTICO PRODUÇÃO DE CANA-DE- AÇÚCAR PRODUÇÃO DE AÇÚCAR E ETANOL MANUTENÇÃO DE FROTA AGROINDUSTRIAL MANUTENÇÃO ATIVOS AGROINDUSTRIAIS CUSTO DE PRODUÇÃO ERP BACKOFFICE
  121. 121. GESTÃO COMPLETA SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA PLANTAR COLHERTRATAR ENTREGARPLANEJAR BENEFICIAR Dimensionamento do Consumo de Recursos Acompanhamento e Controle da Execução de Operações Monitoramento dos Níveis de Utilização de Recursos Garantir os Níveis de Conformidade de Processos e de Produtos Administrar Custos de Produção
  122. 122. GESTÃO COMPLETA SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA • Sistema de Informação Gerencial dos Processos Agrícolas (Ferramenta de Gestão) • PIMS® proporciona integração com os principais sistemas ERP • Suporte a todas as etapas do processo agrícola, do preparo do solo à colheita da matéria-prima • Gerenciamento do relacionamento entre as várias plantas com total transparência
  123. 123. PIMS Multicultura ONDE PODEMOS AJUDAR? SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA ERP Linha Protheus Originação de Grãos ARMAZÉNS, COOPERATIVAS E CEREALISTAS ERP Linha Datasul Originação de Grãos ARMAZÉNS, COOPERATIVAS E CEREALISTAS ERP Linha Protheus UBA UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO ERP Linha Protheus UBS UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES ERP Linha Protheus PIMS Multicultura PRODUÇÃO RURALAGRÍCOLA ERP Linha Datasul PRODUÇÃO RURALAGRÍCOLA ERP Linha Protheus PIMS CS AGROINDÚSTRIA SUCROENERGÉTICO ERP Linha Protheus Eficaz – Somente BackOffice PRODUTORES RURAIS E AGROINDÚSTRIA SMB ERP Linha Datasul PRODUTORES RURAIS E AGROINDÚSTRIA GRANDE PORTE ERP Linha Datasul PIMS CS AGROINDÚSTRIA SUCROENERGÉTICO ERP Linha Protheus PRODUTORES RURAIS E AGROINDÚSTRIA GRANDE PORTE ERP Série 3 – Somente BackOffice de Partida PRODUTORES RURAIS E AGROINDÚSTRIA PEQUENO PORTE 1 2 4 6 8 10 12 3 5 7 9 11 Integração entre BackOffice e Sistema PIMS CS deve ser customizada no projeto.
  124. 124. PROCESSOS SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA DEMANDA PRODUÇÃO AGRÍCOLA COMERCIALIZAÇÃO DISTRIBUIÇÃO INDUSTRIALIZAÇÃO DISTRIBUIÇÃO PRODUÇÃO AGRÍCOLA PRODUÇÃO INDUSTRIAL GESTÃO DE CONTRATOS COMERCIALIZAÇÃO CORE BUSINESS AGROINDÚSTRIA ORIGINAÇÃO DE GRÃOS UBA – BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO UBS – BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
  125. 125. PROCESSOS SOLUÇÕES TOTVS PARA A AGROINDÚSTRIA DEMANDA PLANTIO, TRATOS CULTURAIS E COLHEITAPLANEJAMENTO MANUTENÇÃO DE FROTA E ATIVOS ARMAZENAMENTO PRODUÇÃO BACKOFFICE COMPRAS VENDAS FATURAMENTO FINANCEIRO CONTÁBIL/FISCAL CUSTOS RHATIVO FLUIG – FLOWING PRODUCTIVITY WORKFLOW DM BPM ESB SOCIAL IDENTITY WCM ANALYTICS MALL
  126. 126. Obrigado ;) 0800 70 98 100 www.totvs.com

×