Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

GEOLOGIA DO TIMOR

4,667 views

Published on

ESTE TRABALHO FOI APRESENTADO NA AULA DA DINAMICA TERESSTRA.

Published in: Education
  • Be the first to comment

GEOLOGIA DO TIMOR

  1. 1. TÍTULO DE APRESENTAÇÃO GEOLOGIA DO TIMOR APRESENTADOR: TEODORO SOARES MESTRADO DA EDUCAÇÃO: ESPECIALIZAÇÃO EM SUPERVISÃO PEDAGÓGICO EM ENSINO DAS CIÊNCIAS 2009
  2. 2. GEOLOGIA DO TIMOR Para conhecer mais profundo sobre a geologia do Timor, podemos dividir em nove secções: 1. Introdução 2. Origem do Timor 3. Geologia do Timor: Recursos do Petróleo 4. Actividades Geotérmicos 5. Modelos Rochas Em Timor Leste 6. Geologia do Timor: Recursos Minerais 7. Recursos Geológicas de cada Distrito em Timor Leste 8. Geologia do Timor: Recursos Gáseos 9. Conclusões
  3. 3. 1. Introdução - Timor Leste um pais que foi colonizado pelo Português durante 450 anos. Depois no dia 28 de Novembro de 1975 proclamou a sua independência unilateralmente pelo Fretilin. No dia 7 de Dezembro de 1975, foi invadido pela Indonésia durante 24 anos. Pela intervenção da ONU que no dia 30 de Agosto 1999, Timor Leste determinou a sua independência por meio da uma Consulta Popular, e no dia 20 de Maio de 2002, Timor Leste obteve direito como país independente com nome Republica Democrática de Timor Leste. - Durante a ocupação Portugal e a invasão da Indonésia, não tínhamos investigadores que investigaram as características geológicas do Timor. Só poucos investigadores fora do país principalmente Austrália, Portugal e Indonésia que revelaram investigações sobre a geologia de Timor. - Os investigadores relataram que Timor Leste : 1. É um país é cercado pelo mar por três lados: Wetar Estreito Ontário do Norte, Mar de Timor no sul e do mar Maluku a leste (Figures 1. e 3). Timor-Leste tem uma fronteira terrestre, a oeste com a província Nusa Tenggara Timur indonésia. Os 13 distritos administrativos são subdivididos em 67 subdistritos, 498 aldeias e 2336 sub - aldeias. 2. É um país montanhosa.
  4. 4. • Timor-Leste tem um clima ideal na prospecção geofísicos e geoquímicos. O clima é tropical, quente e húmido, mas é muito seco na maior parte do ano. A estação chuvosa é de Dezembro a Março no norte e de Dezembro a Julho no sul. Praticamente, não há chuvas durante alguns meses. A exploração de hidrocarbonetos, principalmente concentrados na costa sul da ilha, usufruísse quentes e húmidas meteorológicas, com uma estimativa de precipitação de 160- 270 centímetros, e uma temperatura média de 24oC. Os meses de Agosto a Novembro são secos. • Na parte norte e central do país (Distritos Ambeno, Baucau e Viqueque), tem um clima seco , menos chuvosa com uma estimativa de 50-110 centímetros e uma temperatura média de 26oC. Nas zonas montanhosas do interior da ilha de altitude 1350 metros, o clima é frio e chuvosa acima 320 centímetros . A temperatura média no litoral é de cerca de 25oC na estação chuvosa. Na costa norte, as chuvas variam entre 500 a 1.000 milímetros por ano. A planície costeira do sul, recebe mais de 2000 milímetros e tem dois chuvosos.
  5. 5. Figure 1. Mapa de Timor
  6. 6. Figure 2 Mapa do Socorro e subconjunto Em Distritos de Timor Leste
  7. 7. 2. Origem da ilha deTimor • O mito contou que a ilha de Timor é forma de um crocodilo gigante. Segundo os geólogos que Timor quot;crocodiloquot;, como um fragmento de crosta da terra recentemente (em termos geológicos) surgiram a partir do mar, subir pelas forças resultantes de a colisão de duas grandes placas tectónicas, as placas Indo-Australiana para o sul da Ásia e da placa para o norte. • A ilha de Timor está situada nos confins do Sudeste Asiático, bastante próxima da Oceânia. O nome da ilha é de origem malaia, significando oriente. Distingue-se dos ilhéus mais a Leste pela designação de Timor - Oriente Grande. A ilha é uma das últimas que formam a Insulíndia. Esta região é formada por arquipélagos de variada extensão, que se espalham em arco entre a Malásia e a Austrália. Deste modo, de um ponto de vista geográfico, histórico e cultural, Timor corresponde a uma área de transição, combinando características asiáticas e do contexto oceânico. • Zona de Timor aproximadamente 30.000 km2, sendo uma das ilhas que compõem o Arquipélago de Sonda, igualmente parte da Insulíndia. Timor possui formato ablongo, interpretado pelo imaginário local como sendo o contorno de um crocodilo. Este, aliás, é um dos símbolos do país. A ilha está orientada na direcção Sudoeste/Nordeste. Ao Sul e Leste é banhado pelo Oceano Índico (Mar de Timor) e ao Norte, pelo Mar de Banda.
  8. 8. • Na outra parte o autor Hamson descreveu que Timor-Leste se encontra no ponto em que a borda da margem continental australiano influenciado à eurasiático chapa, proporcionando uma rara visão da fase inicial de um grande orogénica evento. Subduction dinamismo da litosfera continental australiano efectivamente encravado norte subduction abaixo da Banda Arco oceânica exterior durante o Neógeno, resultando na colisão arco - continente (Hamson, 2004). A moderna Banda Arco hoje está vinculada por um arco vulcânico interior e um exterior accretionary arco de Timor, que é a maior ilha. • Timor-Leste, no braço sul do exterior banda arco, está localizado a aproximadamente 640 km noroeste da Austrália. É constituída pela parte oriental da ilha de Timor, juntamente com o pequeno enclave de Oecussi, na costa norte do Timor Ocidental, e as ilhas de Atauro e Jaco (Figura 1.1). Timor Leste e Timor Oeste são divididos ao longo de 100 km ao norte-sul político Boundary localizado aproximadamente no centro da ilha, e em Timor-Leste estende 250 km para o leste.
  9. 9. • Colisão entre noroeste crosta continental Austrália e da banda arco resultou na formação ilha de Timor. • Exploração geologia incluindo três períodos, tal como: período do ocupação Português, período do Ocupação Indonésia e período da Independência Timor Leste. • Este relatório concentra geologicamente no parte dos recursos que existem na ilha de Timor. • Eu, como autor deste relatório, explicarei sobre informações sobre geologia do Timor que tinha encontrar na revisão da literatura que relacionado com este trabalho.
  10. 10. Figure 3 Mapa de Physio – Geográfica da Ilha de Timor e Área Adjacentes
  11. 11. 3. Geologia do Timor: Recursos dos Petróleos • Fontes dos recursos petrolíferos concentradas em três distritos tais como: distrito de Suai, Viqueque, e Manatuto. • Fonte Petróleo que situa no Distrito Suai foram explorados pelas companhias (um deles é Conoco Philips ) mas outros fontes ainda não foram explorados. • Para compreender melhor as fontes do petróleo , vamos ver o mapa seguinte:
  12. 12. Figure 4: Áreas Potenciais Minerais e Gás (Charlton, 2004. P. 354)
  13. 13. Na análise dos documentos que relaciona este título encontrei documentos na Direcção Nacional de Petróleo e Gás do Departamento de Energética do Timor Leste que fala sobre petróleo e gás no Timor Leste. Geologicamente, Ilha do Timor tem muitos recursos naturais para explorar para sustentar as necessidades do Povo de Timor Leste. Quando referimos na figura 4, mostra-nos algumas fontes energéticas tal como petróleo e gás. Não há muito documentos falam sobre geologia do Timor mais o Direcção Nacional Petróleo e Gás do Timor Leste procura diversos maneira para documentar fontes das energias que situa – se em Timor Leste.
  14. 14. Figure 5: Este Fonte do Petróleo (DNPG, 2005)
  15. 15. • Este fonte do petróleo, situa – se no Aliambata, distrito Viqueque. • Este fonte foi explorado pelos Portugueses através companhia Timor Oil Co., 1976; Wittouck, 1937). • Tambem foi explorado pelo Japonês antes da segundo Guerra mundial. Quase 100 barris diaria. • Agora ainda não há actividade exploração.
  16. 16. Figura 6: Fonte do Petróleo em Suai(DNPG, 2005)
  17. 17. Figura 7: Fontes de Petróleo em Suai (DNPG, 2005)
  18. 18. • Este fonte foi explorado no tempo Português. Em 1970 explorado pela companhia Timor Oil que dirigido com nação Portugal. Este equipamento construído com Companhia “Christmas Tree” • Agora ainda não actividade exploração • Área do mar há actividade exploração com vários companhias.
  19. 19. Figure 8: Resultado Exploração de Petróleo (DNPG, 2005)
  20. 20. • No ano 1970, a Companhia Timor Oil instalou- se os equipamentos em Suai para explorar o petróleo. Na figura mostra o resultado do petróleo que tinha explorar. • Companhia Timor Oil é uma companhia Portuguesa. • Houve grandes explorações no mar de Timor mas na parte terrestre ainda não foram explorados.
  21. 21. Figure 9: Fontes do Petróleo em Manatuto,(DNPG,2005)
  22. 22. • Este fonte de petróleo que situa – se na Pualaca, distrito Manatuto. Este fonte foi explorado pelas pessoas do referente Distrito. • Este fonte tinha explorar com sociedade local através método tradicional como fonte da energia ( lamparina ).
  23. 23. Figure 10: Fonte do Petróleo em Pualaca, Distrito Manatuto, (DNPG, 2005)
  24. 24. • Os primeiros exploração de hidrocarbonetos em Timor foi realizado em uma área de petróleo e gás se infiltra próxima de Laclubar, que chamado Pualaca localizada no oeste de Timor-Leste, onde uma pequena recuperação do petróleo operação foi realizada em 1893 (La'o Hamatuk , 2002 citados em Charlton, 2003). • Mas agora não há actividade exploração em Laclubar Distrito Manatuto.
  25. 25. 4. As Actividades Geotérmicas • Fontes Geotérmicas concentrado nos distritos : • Díli • Baucau • Vi queque • Aléu • Bobonaro
  26. 26. Figure 11.Áreas de Actividades Geotérmicas (James V.et.(org), 2005)
  27. 27. 5. Modelos Rochas em Timor Leste Figura 12. Área Esboço Geológico de Timor-Leste (Citado Kaul, 2004)
  28. 28. Modelos Rochas Em Aileu,(Robert,2004) • Os Dobrados • Figure 13: Prega encostada com um marcado folheação planar axial, que foi dobrado por uma fase de dobra posterior, (Robert, 2004).
  29. 29. Modelos Rochas Em Manatuto Figure 14: Fortemente tosquiado, de granulação fina estiramento lineration esverdeado quando Fresco, (Robert, 2004) Figure 15: Estruturas em lherzolite,(Robert,2004)
  30. 30. Modelos Rochas Em Atauro Figure 16: Afloramento Perto de Vila, Basalto de Agosto - Plag de Auto-Breccia, (Robert, 2004) Figure 17: Plag-aug Andesite-Basalt, (Robert,2004)
  31. 31. Modelos Rochas Em Viqueque Figure 18: Rochas Serpeninite colectadas a partir do próximo Ossu (Audley-Charles, 1968). Figure 19: Grandes Pedras de Sulfeto Maciço Ocorrem na Base de um Serpentinite Camalhão em Ossu, Distrito Viqueque, (Audley-Charles, 1968).
  32. 32. 6. Geologia do Timor: Recursos Mineral MAPAS DOS FONTES MINERAIS (ESCAP: 2003 1. Figure 20: Cobre Encontrado em Timor Leste
  33. 33. Figure 21: Cromite Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP:2003)
  34. 34. Figure 22: Ouro Encontrados Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  35. 35. Figure 23: Prata Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  36. 36. Figure 24: Chumbo e Zinco Encontrados Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  37. 37. Figure 25: Mangenese Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  38. 38. Figure 26: Bentonito Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  39. 39. Figure 27: Clay Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  40. 40. Figure 28: Caulino Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  41. 41. Figure 29: Mármore Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP:2003)
  42. 42. Figure 30: Calcário Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP:2003
  43. 43. Figure 31: Areia e Cascalho Encontrado Em Timor Leste,(ESCAP: 2003)
  44. 44. 7. Recursos Geológicas Cada Distritos em Timor Leste • 1. Figure 32: Distrito Aileu,(ESCAP : 2003)
  45. 45. Figure 33: Recursos Minerais em Distrito Ainaro,(ESCAP: 2003)
  46. 46. Figure 34: Recursos Minerais em Distrito Baucau,(ESCAP: 2003)
  47. 47. Figure 35: Recursos Minerais em Distrito Bobonaro,(ESCAP: 2003)
  48. 48. Figure 36: Recursos Minerais em Distrito Covalima,(ESCAP: 2003)
  49. 49. Figure 37: Recursos Minerais em Distrito Dili,(ESCAP: 2003)
  50. 50. Figure 38:Recursos Minerais em Distrito Ermera,(ESCAP: 2003)
  51. 51. Figure 39: Recursos Minerais em Distrito Lautem,(ESCAP:2003)
  52. 52. Figure 40:Recursos Minerais em Distrito Liquica,(ESCAP: 2003)
  53. 53. Figure 41: Recursos Minerais em Distrito,(ESCAP:2003) Manatuto
  54. 54. Figure 42: Recursos Minerais em Distrito Manufahi,(ESCAP:2003)
  55. 55. Figure 43: Recursos Minerais em Distrito Oecusi,(ESCAP: 2003)
  56. 56. Figure 44: Recursos Minerais em Distrito Viqueque,(ESCAP: 2003)
  57. 57. 8. FONTES GAS EM TIMOR LESTE • Figura 45: Gás se Infiltra Na Noite (DNPG, 2005)
  58. 58. Figura 46: Gás se Infiltra na Noite (DNPG, 2005)
  59. 59. Figura 47: Gás Se Infiltra Durante a Dia (DNPG, 2005)
  60. 60. Figura 48: Explorer o Gas Com Projecto-Piloto Para Electricidade (DNPG, 2005)
  61. 61. Figure 49: Fontes de Gás Em Maliana Distrito Bobonaro, (DNPG, 2005)
  62. 62. 9. Conclusões • Geologicamente Timor Leste tem recursos. • Recursos naturais da ilha tais como: Petrolífero, Mineral, gás e actividade geotérmica • Não há actividade exploração para estes recursos excepto recursos que situa no Distrito Suai. • Uma actividade exploração petrolífero, gás e mineral dirigida pela companhia internacional está concentrado no Distrito Suai.

×