Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Quimotripsina

4,975 views

Published on

Beatriz Cardoso da Silva e Marcela Trigo Gazito

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Quimotripsina

  1. 1. QUIMOTRIPSINA TRANSFORMAÇÕES BIOQUIMICASPROFESSOR: RODRIGO L.O.R CUNHA BEATRIZ CARDOSO DA SILVA – 11021411 MARCELA TRIGO GAZITO - 11117911
  2. 2. Sabendo da necessidade do corpo humano de um fornecimento constante de aminoácidos para asfunções, como crescimento e reparo, é impossível não pensarmos no papelindispensável das enzimas digestivas, que conferem ao nosso organismo aproveitamento e reciclagem de proteínas.
  3. 3. Por esse motivo, despertamos o interesse pela quimotripsina, macromolécula responsável por viabilizar a digestão de proteínas complexas, e, portanto, de papel biológicoFigura 1: Macromolécula Quimotripsina extremamente importante e intrigante.
  4. 4. A macromolécula... A quimotripsina faz parte de um mesmo grupo de enzimas que a tripsina, o grupo das Serino-Proteases, assim denominado devido ao tipo de aminoácido usado na clivagem das proteínas. Compartilham de um mecanismo enzimático PossuemSerino-Proteases Trabalham juntas similar. afinidades na clivagem de especificas por substâncias. determinados tipos de proteínas.
  5. 5. As Serino-Proteases desempenham um papel central na descoberta e estudo de enzimas na medida em que são de compreensão relativamente simples:abundantes em sucos digestivos e altamente estáveis, são compostos fáceis de coletar epurificar. Além disso, o estudo da sua função biológica é também bastante simples, envolvendo apenas seu contato com algumaproteína e analisando a sua ação digestiva namesma. Foi uma das primeiras proteínas a ser estudada por cristalografia de raios-x.
  6. 6. A quimotripsina quebra especificamente ligações peptídicas deaminoácidos longos como a felilalanina, a tirosina e o triptofano, os quais são adjacentes a resíduos de aminoácidos aromáticos. Figura 2: representação da reação das proteases.
  7. 7. E seu papelbiológico??????
  8. 8. A quimotripsina é constituída por três cadeias polipeptídicas ligadas por pontes dissulfeto. Essa proteína não catalisa o ataque direto da água sobre a ligação peptídica, formando, em vez disso, um intermediário covalentetransiente, a acil-enzima, de modo que a reação tem duas Fases principais: Fase de acilação: quebra da ligação peptídica; formação de ligação de éster entre C da carbonila e a enzima. Fase de desacilação: hidrólise daligação éster; regeneração da enzima não Figura 3: Estrutura da acilada. quimotripsina
  9. 9. A coleção de trêsaminoácidos presentes nasproteases (Serina, Histidina eAspartato) é de fundamentalimportância na clivagem deproteínas, e, portanto, nopapel biológico daquimotripsina. Figura 4
  10. 10. SUA IMPORTÂNCIA... O estudo da quimotripsina éimportante para a aprendizagemdo mecanismo do corpo humano. É uma protease especifica para quebrar ligações adjacentes a resíduos de aminoácidos aromáticos.
  11. 11. Referencias: HTTP://WWW.RCSB.ORGH T T P : / / P T . S C R I B D . C O M / D O C / 4 1 1 7 1 5 5 6 / Q U I M O T R I P S I N A NELSON,DAVID L., COX, MICHAEL M, PRINCIPIOS DEBIOQUIMICA DE LEHNINGER. 2011. QUINTA EDIÇÃO,EDITORA ARTMED

×