Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Arte Nova- Arquitetura de Antoni Gaudi

4,759 views

Published on

Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de História, no ano letivo 2013/2014. No seu conteúdo encontramos a influência da arquitetura de Antoni Gaudi na Arte Nova e algumas das suas obras mais importantes.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Arte Nova- Arquitetura de Antoni Gaudi

  1. 1. ARTE NOVA A INFLUÊNCIA DE ANTONI GAUDÍ NA ARQUITETURA DA ARTE NOVA Ana Sofia Pereira Nº5 11ºJ
  2. 2. ÍNDICE Contexto; Contexto da Arte Nova em Barcelona; A influência de Antoni Gaudí na arquitetura da Arte Nova: - Biografia de Antoni Gaudí i Cornet (1852-1926); - A arquitetura de Gaudí; - Novas técnicas da arquitetura de Gaudí; - Obra de Gaudí Conclusão; Bibliografia/Webgrafia
  3. 3. CONTEXTO O desejo por um novo estilo artístico iniciou-se no século XIX, uma vez que os artistas e arquitetos queriam inovar, de forma a individualizar a arte do seu tempo. Este desejo, na viragem no século, levou à criação da Arte Nova, que se afirmou por negar os estilos antigos que continuavam a inspirar a arte académica. A Arte Nova deu origem a múltiplas vertentes nacionais, no entanto todas partilhavam a preocupação decorista, o predomínio da linha ondulada e o recurso aos motivos florais e femininos. Este estilo destacou-se nas artes aplicadas e na arquitetura.
  4. 4. CONTEXTO DA ARTE NOVA EM BARCELONA Entre 1850 e 1900, Barcelona distinguia-se por ser a verdadeira metrópole industrial do país. Adquiriu e assegurou a sua fama com a Exposição Universal que organizara, em 1888. Predominava culturalmente, graças ao seu número de equipamentos científicos e, também, pelo célebre Liceo, Barcelona possuía a maior Ópera do país. Distinguiu-se na arquitetura, devido a Antoni Gaudí que suscitou uma verdadeira polémica na sua época, mas que na verdade teve um impacte que ultrapassou o seu valor real. E foram as suas obras que responderam aquilo que era esperado da Arte Nova. Representação de Barcelona no início do século XX
  5. 5. A INFLUÊNCIA DE ANTONI GAUDÍ NA ARQUITETURA DA ARTE NOVA
  6. 6. ANTONI GAUDÍ I CORNET (1852-1926) → Antoni Gaudí i Cornet nasceu em Reus, Catalunha, em 25 de Junho de 1852. → Depois de concluir o seu bacharelato na “Escuelas Pías de Reus”, mudou-se para Barcelona com o objetivo de estudar no “Instituto de Enseñanza Media” e na “Facultad de Ciencias”. → Em 1873, ingressou na “Escuela Provincial de Arquitetura”, em Barcelona, onde se formou em 1878, em Arquitetura. → Após ter aprendido inúmeras fontes artísticas como o neogótico, o modernismo e até mesmo, movimentos orientais, no princípio do século XX, Gaudí conseguiu criar um estilo pessoal, baseado na observação da natureza e em formas geométricas como o paraboloide hiperbólico, o hiperboloide, o helicoide e o conoide. → Durante grande parte de sua vida, Gaudí esteve intimamente ligado à família Güell, de grande prestígio dentro do cenário industrial e artístico da época, em Barcelona. → Faleceu a 10 de Junho de 1926, aos 74 anos de idade.
  7. 7. ARQUITETURA DE GAUDÍ A arquitetura de Gaudí ultrapassou algumas fases, no entanto ele procurava aproximar-se bastante do gosto do seu público, introduzindo o familiar entre o bizarro- realizava construções de consonância gótica de forma a evocar o apogeu da Catalunha, quer dos elementos “mouriscos” quer das realizações naturalizantes. Apesar das suas construções serem fascinantes, elas tinha a sua lógica e coerência. Eram conhecidas pelo seu caráter provocador, que marcou a Arte Nova. Antoni Gaudí encontrava-se mais avançado que os outros artistas, uma vez que era dez a vinte anos mais velho que os que viviam a cena revolucionária por volta de 1900. É, no entanto, apenas no início do século que as suas criações atingem um patamar elevado no que diz respeito à coerência e rigor. O Parque de Güell, em Barcelona, representou o pico da fase madura da obra de Gaudí, uma vez que ele passou a visar a globalidade. Parque Güell em Barcelona, 1900-1914
  8. 8. NOVAS TÉCNICAS DA ARQUITETURA DE GAUDÍ O arco parabólico catenário foi uma das suas técnicas mais importantes e revolucionárias daquilo que era usual, um dos melhores exemplos da aplicação desta técnica é a Sagrada Família. As suas construções destacaram-se ainda pela utilização da liberdade de forma, cor, texturas voluptuosas e materiais como o vidro, o azulejo e o ferro. Podemos ver estas técnicas aplicadas, por exemplo, à Casa Batlló.
  9. 9. OBRA DE ANTONI GAUDÍ Barcelona: Igreja de St. Pacià (1879) Candeeiros de iluminação pública da Praça Real e da Praça de Palau (1878) Casa Vicens (1883-1888) Templo Expiatório da Sagrada Família (1883-1926) Pabellones de La Finca Güell (1884-1887) Palácio Güell (1886-1889) Colégio Teresiano (1888-1889) Casa Calvet (1898-1899) Torre de Bellesguard (1900-1909) Parque Güell (1900-1914) Porta Finca Miralles (1902) Casa Batlló (1904-1906) Casa Milá, ou La Pedrera (1906-1912) Palácio Güell (1886-1889) Porta Finca Miralles (1902)
  10. 10. Catalunha: Cooperativa La Obrera Mataronense, em Mataró (1883) Cellers Güell, em Garraf (1895-1901) Primeiro Mistério da Glória Do Rosário Monumental, em Montserrat (1900-1907) Jardins Artigas, em La Pobla de Lillet (1905) Refúgio Catllarás, em La Pobla de Lillet / Catllaràs (1905) Cripta Güell, em Sta. Coloma de Cervelló – Igreja da Colônia Güell (1908-1917) Outras cidades da Espanha: Casa de 'Los Botines', em Leon (1891-1892), com fachadas para quatro ruas, tem uma torre em cada ângulo. Vila 'El Capricho', em Comillas (1883-1885) Palácio Episcopal de Astorga (1889-1893), mandado construir pelo bispo Juan Bautista Grau Vallespinós. Foi declarado conjunto histórico- artístico, em 1978. Intervenções na Catedral de Palma de Mallorca (1903-1914) Jardins Artigas, em La Pobla de Lillet (1905) Vila 'El Capricho', em Comillas (1883-1885) http://youtu.be/vHOPdddnLCc
  11. 11. CONCLUSÃO A Arte Nova durou pouco tempo, no entanto, mostrou-se revolucionária e inovadora. Nela destacou-se a arte plástica e a arquitetura. Na arquitetura destacou-se Antoni Gaudí, que foi fundamental para as transformações artísticas da arquitetura da Arte Nova. As suas criações excêntricas e dotadas de um estilo muito próprio, marcaram a história da arte com novas técnicas como a utilização do arco parabólico catenário, a liberdade de formas, cores e até a utilização de novos materiais nas construções, como o vidro. A Arte Nova, foi então nada mais que o início da descolagem da arte académica, para uma arte inovadora e de criações fantásticas.
  12. 12. WEBGRAFIA http://clientes.netvisao.pt/fuiememo/web%206.htm http://www.infopedia.pt/$antoni-gaudi http://canalbio.com/pt/biografias/Antoni-Gaudi.html;jsessionid=7D2478E62588B4D74E41778C3B7CF769 http://aartemoderna.blogspot.pt/2006/10/gaud.html http://www.girafamania.com.br/artistas/personalidade_gaudi.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Antoni_Gaud%C3%AD http://pt.wikipedia.org/wiki/Obras_de_Antoni_Gaud%C3%AD
  13. 13. BIBLIOGRAFIA COUTO, Célia Pinto, O Tempo da História, Porto Editora (da página 175 à 177) SEMBACH, Klaus-Jürgen, Arte Nova, Taschen (da página 72 à 79)

×