Seminário alzheimer.

6,548 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,548
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
331
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seminário alzheimer.

  1. 1. A doença de Alzheimer (DA) é uma doença degenerativa progressiva do cérebro, caracterizada por uma perda das faculdades cognitivas superiores, manifestando-se inicialmente por alterações da memória episódica. A DA é uma forma de demência. A demência caracterizase por um declínio geral em todas as áreas da atividade mental, não sendo uma característica apenas da velhice nem sequer um destino inelutável. É conhecida pela população como “esclerose” e “caduquice”.
  2. 2.  O que ocorre na doença? -Atrofia causada pela degeneração dos neurônios principalmente do córtex cerebral, lobo temporal (hipocampo, amígdala) e sistema límbico. - Déficit colinérgico pré-sináptico demonstrado pela perda neuronal no núcleo basal de Meynert, origem dos neurônios colinérgicos com projeções para muitas regiões do cérebro (esses neurônios têm a acetilcolina como seu transmissor) A perda de neurônios é o principal acontecimento neurofisiopatológico subjacente aos sintomas da DA.
  3. 3. Alguns estudos informam que a presença dos Novelos Neurofibrilares e das Placas Senis ocorre em pessoas idosas sadias: “As alterações observadas nos cérebros dos afetados podem também ser encontradas em idosos sadios, porém não conjuntamente e em tal intensidade.” Esses fatores vão indicar o grau da doença existente, a gravidade da perda cognitiva e a severidade dos sintomas.
  4. 4.  Estágio 1 (2 a 4 anos)  Perda da memória recente  Perda da espontaneidade  Alterações sutis de personalidade  Desorientação quanto ao tempo e data • Estágio 2 (Estágio confusional de demência)         Cognição e pensamento abstrato comprometidos Desassossego e agitação Perambulação, ”síndrome do pôr do sol” Incapacidade de realizar atividades da vida diária Comportamento social inadequado Falta de discernimento, raciocínio abstrato Comportamento repetitivo Apetite voraz
  5. 5.  Estágio 3 ou Estágio terminal (1 a 2 anos) Emaciação, indiferença a alimento Incapacidade de comunicação Incontinência urinária e fecal Convulsões
  6. 6. Critérios do NINCDS-ADRDA1       Por critério de exclusão de outras doenças Presença de demência estabelecida por exame clínico e neuropsicológico Anamnese Exame físico Avaliação cognitiva Exames complementares: 1- Análises laboratoriais; 2- Tomografia Computadorizada 3- Ressonância magnética Nuclear 4- Biópsia do tecido cerebral 5- Autópsia
  7. 7.  Infelizmente ainda não há cura para a DA; portanto, o principal objetivo do tratamento é minimizar os danos e a progressão da doença.  Fármacos comerciais para o tratamento da DA - Donepezil (1, Aricept®); - Rivastigmina (2, Exelon®); - Galantamina (3, Reminyl®).
  8. 8.  Com o envelhecimento da população, a prevalência da demência vem aumentando.  A prevalência de demência moderada a gravae em diferentes grupos populacionais atinge 5% das pessoas acima de 65 anos e 20 a 40% das pessoas acima de 85 anos. 15 a 20% dos pacientes em geral e 50% dos pacientes crônicos dependentes de cuidados.  De todos os pacientes com demência, 50 a 60% apresentam o tipo mais comum, Mal de Alzheimer, que aumenta a sua prevalência com a idade. Acima dos 65 anos, homens têm uma taxa de prevalência de 0,6% e mulheres de 0,8%. Aos 90 anos as taxas são de 21%. Para todas as pessoas acima, os casos são de moderados a graves.
  9. 9.             Proporcione um sistema de comunicação efetivo. Use um tom de voz tranquilo e um modo de falar lento e calmo ao se dirigir ao cliente. Permita tempo suficiente para o cliente responder às perguntas. Proteja o cliente contra lesão. Proporcione período de repouso. Ingestão de liquido e nutrição adequada. Institua um programa de exercícios físicos. Estimule a independência do cliente. Ofereça toalete frequente Auxilie o cliente na higiene e no vestir. Administre fármacos prescritos. Forneça objetos familiares para ajudar na orientação e no controle do comportamento.
  10. 10. FATORES DE RISCO  IDADE  HISTORICO FAMILIAR  BAIXA ESCOLARIDADE  LESÕES CEREBRAIS
  11. 11. CUIDADOS DIARIOS PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADE DIARIAS DICAS QUE PODEM AJUDAR AJUDAR NOS CUIDADOS PESSOAIS ( vestirse,banho e tomar os medicamentos)
  12. 12.      Protocolo clínico e Diretrizes Terapêuticas: http://www.opas.org.br/medicamentos/docs/pcdt/do_d09_01.pdf Portal Ciência e Vida: ->acessados em 09/04/2013 http://filosofiacienciaevida.uol.com.br/ESPS/Edicoes/38/imprime128076.asp : ->acessados em 09/04/2013 MAL DE ALZHEIMER: UMA VISÃO FISIOTERAPÊUTICA: http://www.nead.unama.br/site/bibdigital/pdf/artigos_revistas/114.pdf : ->acessados em 09/04/2013 DOENÇA DE ALZHEIMER - Perfil Neuropsicológico e Tratamento: http:// www.psicologia.com.pt BRASIL, Ministério da Saúde. Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. Brasilia: Ministério da Saúde, 2007.

×