Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Os neologismos estão presentes nos bate-papos pela internet!
O próprio significado da palavra neologismo o define: nova pa...
eologismo
• Exemplo de linguagem natural: conversação espontânea do dia a dia.
• Exemplo de linguagem artificial: bate-pap...
Segundo o autor, "hipotrélico" significa "indivíduo pedante", "falto de respeito para com a opinião
alheia."
Classificação...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Neologismo definição

1,457 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Neologismo definição

  1. 1. Os neologismos estão presentes nos bate-papos pela internet! O próprio significado da palavra neologismo o define: nova palavra. Os neologismos são muito comuns na mídia e também com os recém-chegados como, por exemplo, a internet. Nesta, encontramos vários termos que acabaram se tornando cotidianos em nosso vocabular: deletar, printar, escanear, mouse, site e etc. Esses termos surgem como um modo de suprir uma necessidade vocabular momentânea, transitória ou permanente. Momentânea: surge bruscamente em um diálogo entre amigos. Pode até ter uma repercussão maior, mas acaba sendo esquecida com o tempo: somatoriar. Transitória: aparece em um determinado grupo e se espalha para os demais. Pode tanto ser esquecida, como pode se tornar parte do vocabulário da língua: mensalão. Permanente: surge rapidamente, mas por ser muito utilizada, acaba por se estabelecer de vez no idioma e se tornar parte do léxico: deletar. Geralmente, os neologismos são criados a partir de processos que já existem na língua: justaposição, prefixação, aglutinação e sufixação. Podemos dizer que neologismo é toda palavra que não existia e passou a existir, independente do tempo de vida. Pode ser ainda a aquisição de palavras pertencentes à outra língua, como em alguns dos termos na informática, já citados acima. Ainda pode ser um novo sentido que damos a termos já existentes, como por exemplo, a palavra burro, que ganhou novo significado: pessoa que não é inteligente! O neologismo está presente na representação de sons (puf!, Vrum!, miar, piar, tibum, chuá, cataplaft, etc) e na linguagem do msn (blz, flw, t+, qq, vc, ker, abc, xau, bju, etc). Nesta última, até mesmo os próprios símbolos são neologismos, uma vez que estes representam a linguagem não verbal e são considerados como parte da língua: =) (feliz), =( (triste). Nós, como falantes, sentimos necessidade em criar e recriar palavras e sentidos, pois a língua é viva e apresenta muitas possibilidades de transformações, inovações. Um exemplo muito citado de neologismo está no poema de Manuel Bandeira que possui este mesmo título: Beijo pouco, falo menos ainda. Mas invento palavras Que traduzem a ternura mais funda E mais cotidiana. Inventei, por exemplo, o verbo teadorar. Intransitivo: Teadoro, Teodora. Por Sabrina Vilarinho Graduada em Letras Equipe Brasil Escola Veja mais!
  2. 2. eologismo • Exemplo de linguagem natural: conversação espontânea do dia a dia. • Exemplo de linguagem artificial: bate-papo eletrônico (chat) via internet. Existem várias formas de classificar os neologismos de acordo com diferentes estudiosos da área, eis aqui algumas delas: NEOLOGISMO SEMÂNTICO: a palavra já existe, mas ganha uma nova conotação, um novo significado. Ex: Estou a fim de Fulano. (estou interessado). Beltrano, não vai dar, deu zebra. (algo não deu certo). Vou fazer um bico. (trabalho temporário). NEOLOGISMO LEXICAL: é criada uma palavra nova, com um novo conceito. Ex: deletar (eliminar), abobado (aquele que é “bobo”, sonso), internetês (a língua da internet). NEOLOGISMO SINTÁTICO: são resultados da organização de um novo vocábulo. Supõem a combinatória de elementos já existentes na língua como a derivação ou a composição. Ex: “A não-informação conduz o homem à caverna”. “João Paulo II reinventa a Igreja papalizando com exito”. “A operação-desmonte é uma invenção política mentirosa” Fontes: http://www.paulohernandes.pro.br/glossario/n/neologismo.html http://usuarios.cultura.com.br/jmrezende/neologismos.htm http://www.alunosonline.com.br/portugues/neologismo.html Observe ainda um trecho de Guimarães Rosa em que ele alude a essa questão: "(...) Já outro, contudo, respeitável, é o caso - enfim - de 'hipotrélico', motivo e base desta fábrica diversa, e que vem do bom português. O bom português, homem de bem e muitíssimo inteligente, mas que, quando ou quando, neologizava, segundo suas necessidades íntimas. Ora, pois, numa roda, dizia ele, de algum sicrano, terceiro, ausente: -E ele é muito hiputrélico... Ao que, o indesejável maçante, não se contendo, emitiu o veto: -Olhe, meu amigo, essa palavra não existe. Parou o bom português, a olhá-lo, seu tanto perplexo: -Como? ... Ora ... Pois se eu a estou a dizer? -É. Mas não existe. Aí, o bom português, ainda meio enfigadado, mas no tom já feliz de descoberta, e apontando para o outro, peremptório: -O senhor também é hiputrélico... E ficou havendo." (Tutameia - Terceiras estórias)
  3. 3. Segundo o autor, "hipotrélico" significa "indivíduo pedante", "falto de respeito para com a opinião alheia." Classificação dos neologismos • Neologismo léxico: aquisição de uma nova palavra no vocabulário da língua. É o que ocorre com muitas palavras ligadas à Informática: mouse, site (importadas do Inglês), infovia. • Neologismo Semântico: empréstimo de um novo sentido a uma palavra já existente: azular = fugir; pistolão = proteção; curtir = aproveitar. Neologismos formados por onomatopeia Onomatopeia é o recurso que consiste em criar palavras para registrar sons, ruídos, vozes de animais: miar, piar, cataplum, pingue-pongue. Observe como Manuel bandeira, em seu poema "Os Sapos" registra, com vocábulos que nada têm de onomatopeicos, na estrutura, mas que imitam a coisa significada, ou seja, a voz da saparia: Urra o sapo-boi: • "Meu pai foi rei!" - "Foi!" • "Não foi!" - "Foi" - "Não foi!"

×