Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Regina embrapa milho e sorgo regina

636 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Regina embrapa milho e sorgo regina

  1. 1. > 6.000 OLHARES SOBRE A DEFESA AGROPECUÁRIA
  2. 2. Resumo da apresentação• Projeto InovaDefesa• Ameaças Fitossanitárias• Workshop Análise de Risco Aplicada à Defesa Agropecuária
  3. 3. InovaDefesa• CT-Agro• CNPq• UFV• Parcerias: decisivas• Início: Junho de 2008• Fase 1: até Maio de 2011• Fase 2: até Maio de 2012 (sem suplementação de recursos)• Fase 3: até Maio 2013 (com suplementação de recursos)
  4. 4. Eixos de Ação• Capacitação• Indução de inovação tecnológica• Agregação de massa crítica• Estímulo à visão estratégica
  5. 5. Resultados: Capacitação• Mestrado Profissional UFRB• Mestrado Profissional UFV• Mestrado Profissional UFRA• + 3 em implantação• > 300 horas de cursos de curta duração
  6. 6. Resultados: Inovação• 10 Encontros de Inovação• Indução de projeto estruturados no IMA
  7. 7. Resultados: Agregação de massa crítica• Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária www.inovadefesa.ning.com• Conferências Nacionais sobre Defesa Agropecuária• Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e Revista Brasileira de Defesa Agropecuária
  8. 8. De onde veem os acessos? 146 países Google Analytics: Abril 2009 a Agosto 2012)
  9. 9. Wagner Meira (ICEX/UFMG)
  10. 10. Wagner Meira (ICEX/UFMG
  11. 11. Wagner Meira (ICEX/UFMG)
  12. 12. Certificação de membros
  13. 13. Resultados: Visão estratégica• 1 pesquisa Delphi• Análise agendas estratégicas MAPA• 4 workshops – Ameaças Fitossanitárias – Ameaças Sanitárias para setores produtores de carne – Ameaças à Sanidade Apícola – Análise de Risco Aplicada à Defesa Agropecuária
  14. 14. Ameaças Fitosssanitárias• Entender o passado para prever o futuro
  15. 15. Eventos recentes de invasão 1995 20111. Carambola fruit fly; 2. Codling moth; 3. Citrus leaf miner, 4. Cochineal, 5. Zaprionus indianus, 6.Soybean rust; 7. Blackfly, 7. Red palm mite, 8. Orange rust of sugarcane, 9. citrus hindu mite; 10. pinkmealybug
  16. 16. José Henrique Sadok (2010)
  17. 17. Pragas quarentenárias• > 140 espécies de pragas quarentenárias para o Brasil já foram relatadas na América do Sul
  18. 18. 10 26 11 31 8 720 39 23 4 36 30 12
  19. 19. Número de espécies vírus procarionteplanta infestante ou parasita nematoide inseto fungo ácaro 0 10 20 30 40 50
  20. 20. ExemplosStriga gesnerioides Moniliophthora Bactrocera Sternochetus roreri carambolae mangiferae (present only in Amapá)
  21. 21. Risco = probabilidade x perigo• Hipótese: aumento do trânsito de pessoas e mercadorias aumentará a probabilidade de ingresso de pragas quarentenárias
  22. 22. Risco = chance que ocorra o perigo
  23. 23. O que é risco?• Prejuízo • Probabilidade• Perda • Possibilidade• Perigo • Chance• Dano• Impacto
  24. 24. Variável: Tempo (Iterações*)Qual o risco de um motoqueiro se acidentar?• Se ele faz 1 viagem por mês?• Se ele faz 30 viagens por mês?• Se ele faz 300 viagens por mês? *Repetições
  25. 25. Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco de uma praga entrar no Brasil em bagagem de passageiros?• Entrando 1 passageiro por dia?• Entrando 100 passageiros por dia?• Entrando 1.000 passageiros por dia?
  26. 26. Variável: Tempo (Iterações)Qual o risco da monília entrar em RO?• Em uma semana?• Em um mês?• Em um ano?• Em 10 anos?
  27. 27. Workshop ‘Análise de RiscoAplciada á Defesa Agropecuária’
  28. 28. ANÁLISE DE RISCOAvaliação de Gerenciamento Riscos de RiscosProcesso científico Controle e prevenção independente de perigos Comunicação de Riscos Integração de informações
  29. 29. Visão da Secretaria de Defesa Agropecuária• Análise de Risco é um novo paradigma para a Defesa Agropecuária
  30. 30. Serviços• Departamento de Sanidade Vegetal: Análise de Risco de Pragas• Coordenação Geral de Agrotóxicos e Afins: Avaliação e manejo de risco de agrotóxicos• Coordenação Geral de Sanidade Pesqueira: Avaliação de risco para importação de pescado e demais commodities de animais aquáticos• (Departamento de Saúde Animal)• (ANVISA)
  31. 31. Análise de Risco de Pragas• Segue norma internacional• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Departamento de Sanidade Vegetal/ MAPA• Comunicação:
  32. 32. Avaliação e manejo de risco de agrotóxicos• Avaliação: CGAA• Gerenciamento: CGAA• Comunicação:
  33. 33. Avaliação de risco para importação de pescado• Avaliação: Centros Colaboradores• Gerenciamento: Coordenação Geral de Sanidade Pesqueira• Comunicação
  34. 34. Considerações finais• Análise de Risco é um tema estratégico para a Defesa Agropecuária• Necessidade de envolver mais a academia e pesquisa na fase de avaliação• Necessidade de uma estrutura supraministerial para realizar estudos de avaliação de risco
  35. 35. Obrigada!Evaldo Vilela (evaldovilela@gmail.com)Regina Sugayama (regina.sugayama@gmail.com)

×