Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Social BrasilisSocial Brasilis
RELATÓRIO DE IMPACTO
2016
RELATÓRIO DE IMPACTO
2016
www.socialbrasilis .com.brwww.socialbra...
foi o que causou a verdadeira transformação social. Assim, em 2015, então
professora da rede pública de educação cearense,...
EM 2016, estimulamos a formação de novos protagonistas Sociais
O Social Brasilis acredita que todos os individuos tem o po...
MISSÃO
VISÃO
VALORES
Ser uma organização inovativa de empoderamento
deindivíduoscomusodetecnologiasparapotencializar
o imp...
A Formação empreendedora de base tecnológica: da construção de projetos ao
protagonismo é uma metodologia de 80h que condu...
A metodologia possui cinco módulos:
Os módulos compõem um ciclo que significa a jornada empreendedora do participante
em m...
Objetivo de impacto geral
Fomentar novos protagonistas sociais através do estímulo a educação empreendedora
casada à tecno...
Relatorio Anual 2015
Tecnologias sociais
INTERESSES EM FAZER O CURSO
SASTIFICAÇÃO EM RELAÇÃO AO CURSO.
Execelente
ou ótimo...
“A formação está muito proveitosa pra mim. Enfim,
surgiu esse curso, havia procurado muito, pois moro
no interior e não ti...
O Game Olhares é um jogo que traz o incentivo a descoberta de habilidades e
incentivo ao protagonismo através de atividade...
Conhecendo o
novo mundo 3º ATO
Enfrentando a
adversidade
1º ATO
Oficina dos Heróis
2º ATO
O jogo pode ter uma duração máxi...
OJOGOJÁTEVE90JOGADORESDURANTEASAPLICAÇÕESEMESCOLA
PÚBLICA DEFORTALEZA.
O social brasilis trabalha em 3 eixos de atuação: Formação , na construção de
nossosprogramasemetodologias,informação,ques...
- Roda de conversa sobre Africanidades - Cristiano Sanca -
Feira agroecológica Fortaleza-CE -Fev/2016
- I Open Space - con...
A comunicação do Social Brasilis em 2016 teve como objetivos disseminar e
estimular a informação sobre o empreendedorismo ...
E o artigo especial sobre o empoderamento feminino e o empreendedorismo
social, conversamos com 3 mulheres empreendedoras ...
CLIPPING RELATÓRIO ANUAL 2016
Em 2016, O Social Brasilis aumentou a sua captação de recurso e realiza a devida
prestação de contas com os parceiros ao f...
Assim, concluímos nosso 2016: repletos de atividades, conexões e de, principalmente,
resultados positivos. Não esperávamos...
Social BrasilisSocial Brasilis
Empoderar para empreenderEmpoderar para empreender
Apoio
Relatório de impacto 2016 - Social Brasilis - Empoderar para empreender
Relatório de impacto 2016 - Social Brasilis - Empoderar para empreender
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Relatório de impacto 2016 - Social Brasilis - Empoderar para empreender

3,880 views

Published on

O relatório das ações realizados pelo Social Brasilis no ano de 2016. Com cursos, formações, workshop, palestra e muito mais o Social Brasilis reforça o compromisso com o empoderamento de pessoas através da educação, usando o empreendedorismo social e tecnologia para fomentar novos protagonista sociais.

Published in: Government & Nonprofit
  • Be the first to comment

Relatório de impacto 2016 - Social Brasilis - Empoderar para empreender

  1. 1. Social BrasilisSocial Brasilis RELATÓRIO DE IMPACTO 2016 RELATÓRIO DE IMPACTO 2016 www.socialbrasilis .com.brwww.socialbrasilis .com.br
  2. 2. foi o que causou a verdadeira transformação social. Assim, em 2015, então professora da rede pública de educação cearense, em minha sala de aula, na comunidadedoPirambuemFortaleza-CEosonhoressurgiu,tãoaindanecessário, e a ideia do Social Brasilis veio à tona, um projeto para o empoderamento de pessoas através da educação. Um ano depois, estamos comemorando nossos primeiros números. Foram 02 metodologias desenvolvidas esse ano, 240 alunos impactados diretamente em dois pólos de ensino e em escolas, um impacto indireto de mais de oito mil pessoas que passaram em nossas campanhas, seleções e ações orga- nizadas por nossos alunos em seus contextos sociais. Foram inúmeros desafios, mas resultados fantásticos. Agradeço a todos que confiaram em nosso trabalho e contribuíram para nosso crescimento esse ano, que continuem conosco em 2017. Emanuelly Oliveira Fundadadora e Diretora executiva SOCIAL BRASILIS: EMPODERAR PARA EMPREENDER O Social Brasilis nasceu de um sonho de infância, da minha infância. Nasci no sertão cea- rense e desde dos 09 anos de idade trabalho desenvolvendo projetos em comunidades e desde lá o processo educativo, do acesso e desenvolvimento das habilidades e potencialidades de quem é da comunidade ou dos interiores do nosso país sempre foi difícil. Sempre acreditei que potencializar essas habilidades da juventu- de, gerando protagonismo nos sujeitos sempre APRESENTAÇÃO RELATÓRIO ANUAL 2016
  3. 3. EM 2016, estimulamos a formação de novos protagonistas Sociais O Social Brasilis acredita que todos os individuos tem o potencial para gerar impacto social positivo em seus contextos sociais, sendo pessoas ativas e colaborando para a mudança social, assumindo um papel de protagonista . Desenhamosmetodologias,projetos,jogoseformaçõescujabaseéoempreendedorismo social casado à tecnologia de modo que possa fomentar uma gama de novos protagonistas sociais contemplando nossa visão social de que toda pessoa é um protagonista social em potencial e pode impactar seu meio positivamente.
  4. 4. MISSÃO VISÃO VALORES Ser uma organização inovativa de empoderamento deindivíduoscomusodetecnologiasparapotencializar o impacto social positivo. Toda pessoa é um protagonista social em potencial e pode impactar seu meio positivamente. Ética partilha, inovação transparência sustentabilidade solidariedade empatia. IDENTIDADEIDENTIDADE RELATÓRIO ANUAL 2016
  5. 5. A Formação empreendedora de base tecnológica: da construção de projetos ao protagonismo é uma metodologia de 80h que conduz o participante a vivenciar um cicloempreendedorcujosujeitoéelemesmo,ouseja,umametodologiadesenvolvida para o desenvolvimento de habilidades e do potencial de cada participante, o conduzindo ao protagonismo. A formação é baseada em teorias como a do ciberespaço e a aprendizagem coletiva do filósofo francês Pierry Levy com a educação libertadora e significativa do educador brasileiro Paulo Freire, em metodologias ativas e no modelo da sala de aula invertida, que resultam em uma metodologia onde o centro é o aluno, o desenvolvimento de sua visão crítica, de seus projetos de vida, com aulas que utili- zam recursos tecnológicos ou abordagens dinâmicas de interação e aprendizagem, além de todo aprendizagem ser baseado em projetos que devem resultar em um projeto final elaborado pelo próprio participante para seu contexto social. DÁ CONSTRUÇÃO DE PROJETOS AO PROTAGONISMO 1º AULA PRESENCIAL EM SOBRAL-CE TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  6. 6. A metodologia possui cinco módulos: Os módulos compõem um ciclo que significa a jornada empreendedora do participante em meio a era digital e de como utilizar bem os recursos e interações sociais nas redes. O primeiro passo é colocá-lo nesse mundo digital, na era da tecnologia e da informação, conduzindo-o para as redes, o ciberespaço e suas potencialidades para em seguido centra-lo em seu próprio mundo, no desenvolvimento de seu ser social em projetos de vida, levando-o a concretude de seus projetos em empreendedorismo social, ao mesmo tempo que, o desafia a inserir a tecnologia em seu projeto para ela- borar a primeira intervenção social com seu público-alvo ou comunidade no último módulo, a ação. Assim, temos o sujeito protagonista ciente de seus sonhos e projetos realizando um ação social com impacto social múltiplos pois utiliza a tecnologia a seu favor para gerar resultados positivos para a sociedade. 1 2 4 5 3 Introdução a era tecnológica ciberespaço einteraçõessociais Projetodevida Empreendedorismo social ação TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  7. 7. Objetivo de impacto geral Fomentar novos protagonistas sociais através do estímulo a educação empreendedora casada à tecnologia que desenvolva habilidades, a visão crítica e social do participante através de uma aprendizagem significativa que resulte em ações reais de impacto po- sitivo para o contexto social do participante.” 35% dos alunos avaliaram como execelente o uso da plataforma 74% dos alunos alegaram que a plataforma facilitava o acesso ao conteúdo. A metodologia foi disponibilizada no Ambiente virtual de aprendizagem (AVA)SolardaUniversidadefederaldoCeará(UFC) namodalidadede Semipresencial em 2 polos : Fortaleza e região metropolitana em parceria com a Rede Cuca e na Região norte por meio do centro de educação á distância ( CED/Seduc) Os alunos tem a faixa étaria de 17 aos 46 anos , divididos em : - 50% professores e educadores sociais – 40% de estudantes de ensino médio e universitários – 10% de administradores e demais profissões. 38% dos alunos querem criar um projeto ou empreendimento próprio 52% dos alunos querem conhecer e/ou aplicar habilidades empreen- dedoras em negocios digitais. 130 10 Alunos Cidades , 20INICIATIVASCOMAÇÕESDEIMPACTOSOCIALJÁVALIDADAS 83%SÃONEGOCIOSOUPROJETOSSOCIAIS ALCANCE 1º vez com aulas EAD 86% Querem Empreender 65% 50 IDEIASDEPROJETOS,NEGOCIOSSOCIAIS ESTARTUP IMPACTANDO MAIS DE4.500 PESSOAS INDIRETAMENTE ENGAJADASNASAÇÕESPROMOVIDASPELOOSALUNOSDURANTEOCURSO TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  8. 8. Relatorio Anual 2015 Tecnologias sociais INTERESSES EM FAZER O CURSO SASTIFICAÇÃO EM RELAÇÃO AO CURSO. Execelente ou ótimo 88% 15% ver novas abordagem do empreendedorismo com tecnologia. 35% Criar e gerenciar projetos sociais. Os pontos positivos considerados mais relevantes: material didático, uso da tecnologia, horarios flexivéis Aulas interativas e práticas. PRODUTO FINAL Um projeto para implementar 70% 30% veem o curso com potencial para enxergar novos rumos profissionais . Desenvolver habilidades empreendedoras 48% TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  9. 9. “A formação está muito proveitosa pra mim. Enfim, surgiu esse curso, havia procurado muito, pois moro no interior e não tinha acesso a esse tipo de forma- ção. Sempre tive o sonho de desenvolver minha ideia, que é um sonho e estou tendo oportunidade agora. ” RaimundoSantos,AlunoCED/Sobral,Amontada-CE. “Estou amando o curso, ele me ajudou a expandir o meus conhecimento e expandir a minha cabeça parafazercoisasqueantesachavaimpossivel, como criar um projeto para ajudar mulheres da minha comunidade” Lucilene Florencio, Aluna CUCA,Fortaleza-CE “Realmente esse curso superou todas as expecta- tivas, so tenho a agradecer a vocês pela confiança em nosso projetos obrigado.” Mesley Portela,Aluno CED/Sobral, Abaúna-CE . TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  10. 10. O Game Olhares é um jogo que traz o incentivo a descoberta de habilidades e incentivo ao protagonismo através de atividades e desafios que vão levar a constru- ção de ações pelos participantes . O objetivo do jogo é estimular um processo empreendedor dentro do ambiente escolar e criar um ambiente mais cooperativo e com os alunos no centro do seu processo de apredizagem. O jogo é uma metodologia baseada na jornada do herói deJoseph Campbell e metodologias cooperativas que a partir de um chamado (convite para a ação) o educando é levado em uma jornada lúdica de aprendizado e construção de ações para que possam resultar em trabalhos de impacto positivo para a vida dos próprios participantes. Ele está em fase de prototipagem*, Passando ainda por testes e reformulações mas, é uma metodologia que acreditamos que possam gerar um grande impacto positivo na formação de futuros empreendedores e protagonista sociais. A DESCOBERTA DOS HERÓIS 1º FASE DO JOGO - OFICINA DE HERÓIS *Primeira forma de um protudo ou serviço feito em baixo custo; assim, é possível perceber rapidamente a visão dos usuários sobre o ele. TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  11. 11. Conhecendo o novo mundo 3º ATO Enfrentando a adversidade 1º ATO Oficina dos Heróis 2º ATO O jogo pode ter uma duração máxima de cinco meses, conduzindo a turma para a entrega de produtos e desenvolvimento de habilidades. O educador social acompa- nha a turma quinzenalmente, alternando um encontro de vivência (oficina lúdica) e uma semana de produção da turma para a entrega do desafio de cada fase, a cada desafio entregue pelas turmas uma fase é avançada 1° Momento - Descobrir habilidades e inspirar o processo de protagonismo! 2° Momento - Toda história se passa em mundo que precisa ser desbravado, nessa etapa o participante recebe uma missão de apresentar esse mundo onde ele está inserido, o contexto a qual faz parte. 3° Momento - A hora de enfrentar a maior adversidade dentro da jornada do herói (Joseph Campbell), no momento mais importante da história onde o herói vai usar as suas habilidades e o seu conhecimento que possui do seu contexto social para realizar uma primeira ação pratica para a comunidade/instituiçãoI TECNOLOGIAS SOCIAIS RELATÓRIO ANUAL 2016
  12. 12. OJOGOJÁTEVE90JOGADORESDURANTEASAPLICAÇÕESEMESCOLA PÚBLICA DEFORTALEZA.
  13. 13. O social brasilis trabalha em 3 eixos de atuação: Formação , na construção de nossosprogramasemetodologias,informação,quesãoosconteúdosquealimentam nosso site /blog e nossos redes sociais e Inspiração para levar a pessoas as histórias de vida sobre a jornada de empreender. No Ano de 2016, reforçamos o nosso compromisso no fomento e difusão do acesso a informação e conhecimento e abertura de espaço que contemple os mais diferentes publicos de interesse para promover a discussão e prática do conceitos de empreendedorismo social, tecnologias, negocioas sociais, questões etcnicos-raciais e diversidade. Distribuído em palestras, formações, mini-cursos, seminários, encon- tros, rodas de conversas, espaços abertos para discução . Como um forma de colaborar e compartilhar conhecimentos e experiências o Social brasilis investiu na publicações de artigos cientificos , periódicos e crônicas afim de documentar e internacionalizar ações, no âmbito praticas sociais do estado, experiências e pesquisas que tem como o foco os conceitos acima referidos. DA INSPIRAÇÃO A PARTICIPAÇÃO AÇÕES/INSPIRAÇÃO RELATÓRIO ANUAL 2016
  14. 14. - Roda de conversa sobre Africanidades - Cristiano Sanca - Feira agroecológica Fortaleza-CE -Fev/2016 - I Open Space - conversa com ong de fortaleza - Fortaleza-CE -mar/2016, - Palestra de Projetos de vidas - professor Dr. Trancredo Lobo Urca Fortaleza-CE - mar/2016 - 2º workshop de empreendedorismo social- Fortaleza-CE - mar/2016 - Formação online para voluntarios - mar/2016 - IIOpen Space - a importância Educação comunitária - Fortaleza-CE -Abr/2016, - Webinar sobre o empreendedorismo social- Projeto Empreenda mais Enactus Leão Sampaio - Mar/2016 - Oficina de Projetos de vidas e trabalho e equipe - Projeto Renascer da esperança Fortaleza-CE - Abr/2016 - Palestra “Da inspiração do empreendimento tecnologico” - Unice Ensino superior- Fortaleza-CE - Abr/2016 - I Workshop projetos de vidas - Coletivo bom viver- Fortaleza Abr/2016 - 1º Imersão Incubação PDE - São paulo-SP - Maio/2016 - II Workshop projeto de vida - Coletivo bom viver- Fortaleza-ce - jun/2016 - 1° Imersão SGB LAB 2016 Se joga - Florianópolis -SC jun/2016 - Participação no Media Day no Centro de educação a distância - CED Sobral-CE - Jul/2016 - Apresentação de artigo - Simpósio de Empreendedorismo Social Enactus Brasil - fortaleza-CE Jun/2016 - Apresentação de Trabalho prático - Expocom Ne - intercon norderes - Caruaru - PE - Jul/2016 - Formação sobre os avanços do Terceiro Setor para os educadores sociais do Instituto Beatriz e Lauro Fiuza - Fortaleza-CE -Ago/2016 - 2° Imersão SGB LAB 2016 #VaiPraRua - Florianópolis -SC Ago/2016 - Participação no Seminário Empreender do Jornal O Povo - Fortaleza-CE - Set/2016 - 2º Imersão Incubação PDE - São paulo-SP - Set/2016 - Evento Circuito RIA - São paulo-SP - Set/2016 - EJT - Encontro de Jovens Transformadores - São Paulo-SP - Set/2016 - Realização “Oficina de herois” Fase 01 Game olhares - Fortaleza-CE - Out/2016 - 3° Imersão SGB LAB 2016 #MostraPromundo - Florianópolis -SC Out/2016 - Palestra “ Da inspiração ao empreendimento Tecnologico - II Feira do empreendedor digital - Tauá-CE- Fortaleza - Nov/2016 - Oficina Descobrindo habilidades - 3° encontro jacques klein - Fortaleza -CE- Nov/2016 ATIVIDADESREALIZADAS RELATÓRIO ANUAL 2016
  15. 15. A comunicação do Social Brasilis em 2016 teve como objetivos disseminar e estimular a informação sobre o empreendedorismo social, potencializar a visibilidade das nossas ações e projetos e expandir o alcance orgânico de público em nossas redes sociais, Site/blog e procurando aumentar o engajamento com nosso público-alvo. Então realizamos ações de comunicação online em sua maioria, sendo os destaques as crônicas e textos dos nossos colaboradores Ramon Suassuna (Assasré – CE), Fernanda Barbosa (Juazeiro do norte – CE), Vanessa Cavalcante (Terezina- PI) eAdawilcifranTeles(Terezina-PI)queexploramtemasdouniversodoempreendedorismo social como também relatos, dicas e sobre suas experiências pessoais. INFORMAR PARA EMPREENDER! COMUNICAÇÃO RELATÓRIO ANUAL 2016
  16. 16. E o artigo especial sobre o empoderamento feminino e o empreendedorismo social, conversamos com 3 mulheres empreendedoras Daiany França do instituto Esporte mais, Cinthia Rodriguês do Quero na Escola e Beatriz Fiuza do instituto Bea- triz e Lauro fiuza que nos relatam como o empreendedorismo social foi importante em suas vidas. ; Paraconheceressaeoutrasações: www.socialbrasilis.com.br hashtag #10diasempreendedorismosocial, onde se acompanhou todos os eventos, ações e formação que o social brasilis participoudurante uma imersão no universo empreendedor em São Paulo no mês de setembrode 2016,através de fotos, As entrevistas realizadas com empreendedores e lideres comunitários, como com o professor e escritor do livro “Sonhos como projetos de vidas” Prof DR. Tancredo lobo e Eliane Serafim do Movimento Encrespa geral que apresentaram historias inspiradoras dos desafios de quem empreende. vídeos e texto disponibilizado em tempo real nas redes sociais e blog COMUNICAÇÃO RELATÓRIO ANUAL 2016
  17. 17. CLIPPING RELATÓRIO ANUAL 2016
  18. 18. Em 2016, O Social Brasilis aumentou a sua captação de recurso e realiza a devida prestação de contas com os parceiros ao final de cada ciclo do projeto. A transpa- rência e ética são uma posturas que o Social Brasilis adota na relação com os par- ceiros e com a sociedade em geral. Arrecadação : R$ 20.250,00 Incubação PDE /fundação telefônica vivo – R$ 17.500,00 Global Giving /Social Good Brasil– R$ 1.500,00 Parcerias - R$ 3250,00 Aplicação : Realização de projetos: Despesas Administrativas: Recursos Humanos: Comunicação: Logísticas: R$ 15.060,00 R$ 2.500,00 R$ 2.750,50 R$ 800,00 R$ 1.890,00 GESTÃOFINANCEIRA RELATÓRIO ANUAL 2016
  19. 19. Assim, concluímos nosso 2016: repletos de atividades, conexões e de, principalmente, resultados positivos. Não esperávamos um ano tão próspero e cheio de descobertas, que nos proporcionaram muito aprendizado. Aprendemos com cada aluno, cada feedback, críticas, sugestão de mudança, histórias de vida, projetos criados e com cada desafio e dificuldade ao longo do percurso. Por falar nesses desafios, que tivemos muitos, nos deixamos conduzir pelo processo, a pedir ajuda e sugestões para quem tinha mais estrada que nós, para quem tinha apoio e um caminho que gentilmente nos apontassem e quão cheio está nosso mundo dessas pessoas do bem. Nosso profundo agradecimento. Em janeiro de 2016 tínhamos apenas ideias e mil lacunas para preencher, abraçamos esse sonho e fizemos inúmeras renúncias e sacrifícios de vida para vos trazer esses resul- tados, mas isso não poderia ter sido possível sem nossos parceiros, amigos e familiares que nos apoiaram para fazer isso real e concreto. Nosso muito obrigad@ a Fundação Telefônica Vivo e Aliança Empreendedora pelo apoio e assessoria, por ter feito esse sonho possível e por ter nos ajudado a atingir muitos jovens através da educação. A todas as 14 iniciativas e projetos da Incubação Pense Grande 2016, vocês são nossa inspiração em todos os momentos. Ao Prof. Dr. Herbert Lima quem primeiro nos recebeu e confiou em nosso trabalho, juntamente com toda equipe do CED – Centro de Educação à Distância do Ceará em Sobral. A todos do Instituto UFC Virtual, nas pessoas do Prof. Dr. Aires Castro, Prof. Henrique Pequeno e Prof. Nídia Barone por nos ajudar a proporcionar uma formação por intermédio da tecnologia para jovens e líderes comunitários em Fortaleza. A Rede Cuca e prefeitura municipal de Forta- leza por acreditar no potencial empreendedor e no protagonismo da juventude e nos apoiar em um projeto piloto. Ao Nick Pereira da coordenadoria de relações étnico-raciais da prefeitura de Fortaleza, pela presença, amizade e apoio de sempre. A Bia Fiuza e Helena Campelo do Instituto Beatriz e Lauro Fiuza, pela parceria, conexões e apoio excepcional. Ao Social Good Brasil que nos apoiam e acompanham nossa cami- nhada desde quando o Social Brasilis em só um sonho quase impossível e quem nos conectaram neste ano ao Global Giving para alavancar nossas ações futuras. Enfim, a nossos amigos e familiares que acompanharam do comecinho nossa história e apoiam os sonhos mais malucos que temos. Obrigad@ e Feliz 2017! Soci AGRADECIMENTOS RELATÓRIO ANUAL 2016
  20. 20. Social BrasilisSocial Brasilis Empoderar para empreenderEmpoderar para empreender Apoio

×