Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

CONVITE TMA SANTA JOANA DOS MATADOUROS

364 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

CONVITE TMA SANTA JOANA DOS MATADOUROS

  1. 1. INFORMAÇÃO CULTURAL DO SINAPSA – EDIÇÃO DA DELEGAÇÃO REGIONAL SUL SINAPSA Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins NOVEMBRO 2011 Depois do sucesso de A mãe, com encenação de Joaquim Benite, estreada em Janeiro de 2010 no TMA e reposta este ano no teatro da trindade, a Companhia de Teatro de Almada volta a estrear uma peça de Bertolt Brecht: Santa Joana dos matadouros, com encenação do célebre director francês Bernard Sobel e interpretação dos alunos finalistas do conservatório Nacional e da ACT – Escola de Actores. Escrita por Bertolt Brecht entre 1929 e 1932, imediatamente antes da sua fuga aos nazis que o levou ao exílio nos EUA, Santa Joana dos matadouros aborda a crise do capitalismo motivada pelo crash da bolsa de Nova Iorque, em 1929. É-nos contada a história de Joana Dark, uma jovem católica, ligada a uma organização de beneficência (os Chapéus Negros), mas que acaba por se integrar nas lutas dos operários dos matadouros de Chicago contra os seus patrões: os ne- gociantes de carne que apostam na especulação bolsista para a ob- tenção de lucros fáceis.Mais do que uma análise dos mecanismos que levaram a um dos maiores desastres económicos – e sociais – da História,neste texto Brecht expõe os limites do capitalismo, pensando, na altura em que escreveu o texto, na Alemanha do seutempo, com o falhanço da política social-democrata da República de Weimar e a ascensão do nazismo, que lançou omundo na II Guerra Mundial.Sobre a actualidade deste espectáculo, Sobel afirma: “Este é o texto ideal para trabalhar com jovens actores. A própriarealidade que se vive hoje em Lisboa, e no resto da Europa, parece saída desta peça. A partir do crash de 1929, Brechtquestiona-se sobre a fatalidade do sistema em que vivemos. E tentar perceber essa fatalidade é, desde já, dominá-la”. SÓCIO: 3,00€ - ACOMPANHANTE (S): 6,00€ [PREÇO BILHETEIRA: 15,00€ - 4.ª A SÁBADO ÀS 21:00 E DOMINGO ÀS 16:00] NOTA: Os bilhetes requisitados são obrigatoriamente pagosCONTAMOS COM A TUA RESERVA IMPRETERÍVELMENTE ATÉ AO PRÓXIMO DIA 15 DE NOVEMBRO, através do telefone n.º21 886 10 24, telemóvel n.º 91 861 60 88, e-mail: lisboa@sinapsa.pt ou directamente ao Delegado Sindical do SINAPSA, na tua em-presa. ATELIER DE TEMPOS LIVRES O Teatro Municipal de Almada dispõe de instalações onde os adultos poderão deixar as suas crianças enquan- to assistem às representações, o que permite resolver os problemas daquelas famílias que não têm com quem deixar os filhos e se vêem, por isso, muitas vezes, impedidas de frequentar espectáculos nocturnos. Durante esse período as crianças disporão de actividades lúdicas como jogos de expressão dramática e ateliers plásti- cos. NOVO HORÁRIO: de terça a Sexta, das 18H00 às 20H00, sábados, das 15h00 às 20h00. Em dias de espectáculo o atelier permanece em funcionamento até ao final da sessão. Aos Domingos só funciona em dias de espectáculo. Contacto: Ana Patrícia Santos (Tel.: 21 273 93 60 | geral@ctalmada.pt ) Sindicato, órgão reivindicativo na essência e também via de valorização profissional e cultural Escadinhas da Barroca, 3 A – 1150-062 LISBOA(Ao Largo S. Domingos/Rossio) –Tel./ Fax 21 886 10 24 lisboa@sinapsa.pt - www.sinapsa.pt facebook.com/sinapsa.sindicatodeseguros

×