Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Upcoming SlideShare
O iluminismo
O iluminismo
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 34 Ad
Advertisement

More Related Content

Slideshows for you (20)

Viewers also liked (20)

Advertisement

Recently uploaded (20)

Advertisement

Iluminismo

  1. 1. Iluminismo foi um movimento intelectual que surgiu durante o século XVIII na Europa, que defendia o uso da razão (luz) contra o antigo regime (trevas) e pregava maior liberdade econômica e política.
  2. 2. • O Iluminismo surgiu na França do século XVII e propunha o domínio do pensamento racional sobre o teocentrismo (Deus no centro de todas as explicações) que predominava na Europa desde a época Medieval. • De acordo com os filósofos iluministas, esta forma de pensamento tinha o propósito de jogar luzes nas trevas em que se encontrava grande parte da humanidade.
  3. 3. • Os Iluministas defendiam a liberdade de pensamento e eram contrários aos dogmas religiosos e ao absolutismo • O pensamento cientifico era caracterizado como o mais importante entre as formas de pensar.
  4. 4. Este movimento promoveu mudanças políticas, econômicas e sociais, baseadas nos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade. O Iluminismo tinha o apoio da burguesia, pois os pensadores e os burgueses tinham interesses comuns e até mesmo de alguns reis e rainhas.
  5. 5. Princípios do Iluminismo • Universalidade- visava a todos os seres humanos sem barreiras nacionais ou étnicas. • Individualidade- cada um é único. • Autonomia- os homens são aptos a pensar por si mesmos sem a interferência da religião ou da ideologia (crenças, tradições, mitos)
  6. 6. • O modo de pensar dos iluministas se difundiu por muitos países da Europa. • Manifestou-se na Holanda, na Inglaterra e na França onde tornou-se uma Doutrina. • Seus pensadores não propunham uma revolução, mas uma ampla reforma.
  7. 7. Os iluministas defendiam um Estado Constitucional, ou seja, a existência de uma autoridade nacional central com poderes bem definidos e limitados e ampla margem de liberdade civil.
  8. 8. Mentalidade ilustrada • John Locke: (1632-1704), ele acreditava que o homem adquiria conhecimento com o passar do tempo através do empirismo; • Considerado Pai do Liberalismo Político • Em sua obra Segundo tratado sobre o governo civil , afirmava que o poder monárquico era um contrato entre povo e governo, regido por uma constituição.
  9. 9. John Locke Voltaire
  10. 10. • Voltaire: (1694-1778), ele defendia a liberdade de pensamento e não poupava crítica à intolerância religiosa; • Foi o mais destacado filósofo iluminista. Durante sua estada na Inglaterra, publicou as Cartas Filosóficas. • Elogiava as liberdades inglesas, atacava o Absolutismo e a intolerância. • Notabilizou-se por combater a ignorância, a superstição, o fanatismo religioso e por defender a razão, a tolerância e a monarquia constitucional. • A escrita e os livros eram suas principais armas contra a ignorância. Escreveu: Cartas inglesas e Trato sobre a tolerância. • Seus discípulos se espalharam pela Europa, divulgando suas idéias. Voltaire, ao longo de sua vida, celebrizou-se por suas contundentes críticas à tradições e à religião.
  11. 11. Denis Direrot Rousseau
  12. 12. • Denis Direrot: Foi o responsável pela organização da grande Enciclopédia, publicada entre 1751 e 1752, que continha as novas ideias. • O governo condenou a obra, proibindo sua divulgação em duas oportunidades. Diderot foi auxiliado por um matemático, d'Alembert, tendo como colaboradores a maior parte dos novos pensadores e escritores.
  13. 13. • Jean jacques Rousseau; (1712- 1778), ele defendia a ideia de um estado democrático que garanta igualdade para todos; • foi um democrata convicto. • Suas ideias foram expostas num tratado de educação e, principalmente, no Contrato Social, sua obra máxima.
  14. 14. • Jean jacques Rousseau; • Uniu-se ao enciclopedistas, procurou analisar as razões das desigualdades sociais, para ele, o ser humano é naturalmente bom, mas a sociedade o corrompe, gerando desigualdades sociais, escravidão e tirania. • Suas ideias foram seguidas por Robespierre e outros líderes da Revolução Francesa.
  15. 15. • Montesquieu: (1689-1755), ele defendeu a divisão do poder político em Legislativo, Executivo e Judiciário; • Em 1721, publicou as Cartas Persas, nas quais satirizava os costumes e a instituições
  16. 16. • Montesquieu: • Em 1748 publicou sua grande obra O Espírito das Leis, dedicada ao estudo de diversas formas de governo. Dava grande destaque à Monarquia inglesa, preconizando a separação dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, única forma capaz de garantir a liberdade.
  17. 17. • Montesquieu: Montesquieu foi um dos mais brilhantes filósofos do século XVIII, passou em revista as diferentes formas de governo em sua obra O Espírito das Leis.
  18. 18. • Principais filósofos iluministas: • David Hume: (1711-1776) - foi um importante historiador e filósofo iluminista escocês. Refutou o princípio da casualidade e defendeu o livre-arbítrio e o ceticismo radical. • Adam Smith: (1723-1790) - economista e filósofo inglês. Grande defensor do liberalismo econômico. • Immanuel Kant: (1724-1804) - importante filósofo alemão, desenvolveu seuspensamentos nas áreas da epistemologia, ética e Metafísica. • Benjamin Constant: (1767-1830) - escritor, filósofo e político francês de origem suíça. Defendeu, principalmente, ideal de liberdade individual.
  19. 19. Enciclopédia Coordenada por D'Alembert e Diderot, "Encyclopédie" foi elaborada entre 1751 e 1780. Com base nos ideais iluministas, filósofos pretendiam, através do saber, criar o "cidadão esclarecido". Empreendeu uma crítica das concepções cientificas, intelectuais, políticas e sociais vigentes na Europa.
  20. 20. Economistas Liberais Os pensadores do séc. XVIII pregaram o fim da intervenção do Estado na vida particular dos indivíduos e na vida pública. Promoveram a crítica ao mercantilismo, propondo o fim da intervenção do Estado na Economia.
  21. 21. Economistas Liberais Os pensadores iluministas que se ocuparam de questões econômicas deram origem a duas grandes correntes de pensamento: • Fisiocracia • Liberalismo
  22. 22. Fisiocracia • acreditavam que as atividades econômicas naturais como a agricultura, a mineração e o extrativismo eram mais importantes para a prosperidade do país do que o comércio. • As demais atividades econômicas (a manufatura e comércio) seriam mera conseqüência da riqueza produzida das atividades agrícolas.
  23. 23. Pensadores Fisiocratas François Quesnay (1694 – 1774) Turgot (1727 – 1781)
  24. 24. Pensadores Fisiocratas Mirabeau (1694 – 1774) Dupont de Nemours
  25. 25. Pensadores Fisiocratas Vincent de Gournay Autor da célebre frase: ”Deixe fazer, deixe passar, o mundo vai por si mesmo” (Gournay), a mais famosa frase do liberalismo econômico. É a expressão que designa o ideário fisiocrata contra a política intervencionista do mercantilismo.
  26. 26. Liberalismo Adam Smith é considerado o Pai da moderna teoria econômica.
  27. 27. Liberalismo • Adam Smith afirmava que o trabalho era a verdadeira fonte de riqueza. • Acreditava que certa interferência governamental na economia eram toleráveis, desde que se destinasse a prevenir a injustiça e a opressão ou a incentivar a educação e proteger a saúde pública.
  28. 28. Pensadores Liberais John Stuart Mill Thomas Malthus Economista e filósofo, • Ficou conhecido pela teoria defendia a limitação do da qual o crescimento da crescimento populacional e população segue uma a criação de cooperativas, progressão geométrica e entre outras medidas para minorar os efeitos das tende sempre a superar a contradições do produção de alimentos, que capitalismo. Esse sistema obedece a uma progressão condenava as classes aritmética. trabalhadoras a uma • Por isso defendia o controle existência miserável. da natalidade.
  29. 29. Despotismo esclarecido Forma de Estado absolutista que dominou certos países atrasados da Europa, no século XVIII. Caracterizou-se por utilizar os ensinamentos propostos pelas teorias Iluministas, mas sem abrir mão do absolutismo na prática política.
  30. 30. Despotismo esclarecido Os países ligados ao Despotismo apresentavam problemas estruturais: suas economias baseavam-se nos princípios mercantilistas, tinham sociedades pouco diversificadas, sem capital, sem pessoal técnico, e, com uma burguesia emergente.

×