Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Tendência de custos das obras como acompanhar e analisar através do sienge

437 views

Published on

Para as empresas da indústria da construção, atingir o que foi orçado é indispensável. Quanto mais detalhado e preciso for o orçamento, em relação aos quantitativos e preços unitários previstos, mais eficaz será o controle e o acompanhamento. Para que seja possível acompanhar e controlar a evolução da obra, é fundamental que a empresa possua processos operacionais bem definidos e que permitam a alimentação adequada do sistema de gestão. Além disso, os dados cadastrados devem ser tabulados e transformados em informações úteis, possibilitando a previsão de possíveis distorções relacionadas ao orçamento e ao cronograma.

Nesta palestra, vamos abordar como as ferramentas Gerencial de Obras e de Suprimentos do Sienge viabilizam o acompanhamento do projeto, considerando os custos e quantitativos cadastrados, e auxiliam na percepção de possíveis estouros nos orçamentos de obras antes que ocorram.
Assista também o vídeo: http://goo.gl/P9H2mF

Published in: Engineering
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Tendência de custos das obras como acompanhar e analisar através do sienge

  1. 1. Tendência de Custos das Obras: Como acompanhare analisar atravésdo Sienge?
  2. 2. PALESTRANTE ANAURIMARAFON EngenheiroCivil,Coordenadorde ProdutodoSienge,há15anosno mercadodaTecnologiadaInformação comfoconaIndústriadaConstrução.
  3. 3. ◦ Apalestrateráduraçãodevinteecincominutos. ◦ Oeventoserágravado. ◦ Osquestionamentosdeverãoserenviados,aofinal dapalestra,viabate-papo. ◦ Osquestionamentosselecionadosserãorespondidos nos10minutosfinais. ◦ Asdúvidasnãoesclarecidasserãorespondidas posteriormentepore-mail. ORIENTAÇÕES
  4. 4. ROTEIRO ◦ Apropriação de Obra: flexível e essencial para o controle. ◦ Distorções de apropriações: Há custos de obra não computados? ◦ Custo por nível: tendência de custos durante a obra. ◦ Gerencial Suprimentos: evidências de possíveis estouros.
  5. 5. Apresentarferramentasdeanálisede tendênciadecustosdeobraseos principaisrequisitosparasua operacionalizaçãonoSienge. OBJETIVO
  6. 6. APROPRIAÇÃODEOBRA:FLEXÍVELEESSENCIALPARAOCONTROLE
  7. 7. APROPRIAÇÃODEOBRA:FLEXÍVELEESSENCIALPARAOCONTROLE
  8. 8. DISTORÇÃODEAPROPRIAÇÕES:HÁCUSTOSNÃOCOMPUTADOS?
  9. 9. DISTORÇÃODEAPROPRIAÇÕES:HÁCUSTOSNÃOCOMPUTADOS?
  10. 10. DISTORÇÃODEAPROPRIAÇÕES:HÁCUSTOSNÃOCOMPUTADOS?
  11. 11. DISTORÇÃODEAPROPRIAÇÕES:HÁCUSTOSNÃOCOMPUTADOS?
  12. 12. CUSTOPORNÍVEL:TENDÊNCIADECUSTOSDURANTEAOBRA
  13. 13. CUSTOPORNÍVEL:TENDÊNCIADECUSTOSDURANTEAOBRA
  14. 14. GERENCIALSUPRIMENTOS:EVIDÊNCIASDEPOSSÍVEISESTOUROS
  15. 15. GERENCIALSUPRIMENTOS:EVIDÊNCIASDEPOSSÍVEISESTOUROS
  16. 16. GERENCIALSUPRIMENTOS:EVIDÊNCIASDEPOSSÍVEISESTOUROS
  17. 17. GERENCIALSUPRIMENTOS:EVIDÊNCIASDEPOSSÍVEISESTOUROS
  18. 18. GERENCIALSUPRIMENTOS:EVIDÊNCIASDEPOSSÍVEISESTOUROS
  19. 19. Escrevasuadúvidapelobate-papoouenvieparaoe-mail: ciclosienge@softplan.com.br DÚVIDAS *Osmicrofonespermanecerãofechados. *Asdúvidasnãoesclarecidasserãorespondidaspore-mail.

×