Portfólio 2013 mais educação1

17,293 views

Published on

Portfólio 2013 mais educação1

  1. 1. E.E PROFESSORA MARIA CÉLIA FALCÃO RODRIGUES PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO Educando gerações para a transformação social PORTFÓLIO GUARULHOS, SP. 2013
  2. 2. E.E PROFESSORA MARIA CÉLIA FALCÃO RODRIGUES PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO Educando gerações para a transformação social PORTFÓLIO GUARULHOS, SP. 2013
  3. 3. NÚCLEO DE MONITORES E GESTORES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO DIRETOR ESCOLAR Vagner Candido COORDENADORA PEDAGÓGICA Katia Fonseca Soares MONITORA OFICINA DE LETRAMENTO Suzara Ferreira MONITORES OFICINA DE MATEMATICA André Ávila Gomes Valquíria Gomes MONITOR OFICINA DE VIOLÃO José Wilsom de Oliveira MONITOR OFICINA DO JORNAL ESCOLAR Sheila Monteiro MONITOR OFICINA DE CAPOEIRA Rafael Carneiro MONITOR OFICINA DE XADREZ José Gomes Carvalho
  4. 4. Programa Mais Educação Histórico de atuação O Programa mais educação está sendo desenvolvido desde o ano de 2011. Este ano nossa escola está atendendo aproximadamente 125 alunos divididos em seis oficinas. Todas as oficinas são desenvolvidas no contra turno o que permite aos nossos alunos uma permeância maior na escola. Os alunos foram selecionados a partir do próprio interesse demostrado por cada um durante a divulgação do programa, já outros, foram indicados através de sugestões dos professores que ministram aulas regulares para os mesmos, esses alunos foram indicados por apresentarem algumas inadequações como: problemas de defasagem escolar, vulnerabilidade social, participantes da Bolsa Família e pouco rendimento escolar. O Programa acontece em todos os espaços da escola: refeitório, salas de aula, informática, sala de leitura, sala de multimídia, quadra poliesportiva, pátio, entre outros. Diversificando e aprimorando o trabalho dos nossos monitores. Quanto às oficinas, temos: Oficina de Matemática, desenvolvida pelos monitores Valquíria Gomes e André, tendo com objetivo o lúdico, jogos, atividades em grupos, desenvolvendo o raciocínio e o aprendizado dos alunos. Oficina de Letramento com a monitora Suzara Ferreira, envolvendo os alunos na leitura e escrita de forma lúdica, diversificada, coletiva e prazerosa. Oficina de xadrez com o monitor José Gomes, buscando estimular habilidades como: memória, concentração, planejamento, tomadas de decisões, além de promover a inclusão social. Oficina de Capoeira com o monitor Rafael Carneiro, buscando a disciplina, o respeito um com o outro, o movimento do corpo e a interação social. Oficina Jornal Escolar e Teatro, com a monitora Sheila Monteiro, o jornal é desenvolvido com o intuído de ensinar a pensar e escrever sobre assuntos ligados ao cotidiano, bem como redigir matérias a partir das informações adquiridas com visitas, pesquisas, coletas de reportagens, observando a importância das normas gramaticais e sua estrutura ao digitá-las. O teatro busca o desenvolvimento integral e harmônico do aluno, a descoberta de si mesmo, no que concerne ao aluno, em relação ao seu mundo social; autovalorização no conjunto grupal das participações; e a auto realização. O objetivo geral das oficinas é propiciar a estes alunos momentos de lazer, aprendizado e uma formação diversificada e prazerosa em nossa Unidade Escolar.
  5. 5. Ações do Projeto Mais Educação 2013- 1º Semestre Oficina de Letramento Monitora: Professora Suzara Ferreira Produção de cordel Oficina de Matemática Monitores: Professores André Ávila Gomes e Valquíria Gomes Jogos matemáticos e informática
  6. 6. Oficina de Teatro Monitora: Professora Sheila Monteiro Ensaios e Apresentação da peça o Auto da barca do Inferno e Visita Cultural ao teatro Commune.
  7. 7. Oficina Jornal Escolar Monitora: Professora Sheila Monteiro 1º Publicação Primeira página do jornal
  8. 8. Trabalho de campo- visitas, pesquisas, coletas de reportagens. Oficina Xadrez Monitor: José Gomes de Carvalho Treino
  9. 9. Oficina de Capoeira Monitor: Rafael Carneiro 1º Batizado
  10. 10. Ações do Projeto Mais Educação 2013- 2º Semestre Oficina de Teatro Monitora- Professora Sheila Monteiro A oficina de teatro é organizada pelos próprios alunos sob a orientação da monitora Sheila Monteiro. Após a primeira apresentação no 1º semestre observou- se resultados extremamente positivos, a prática do Teatro no meio escolar promoveu um maior desenvolvimento dos alunos, destacando-se: formação do grupo, socialização, contato entre os sujeitos, superação da timidez, superação dos limites, troca de experiências, busca dos próprios objetivos, responsabilidade, comprometimento, respeito, ouvir o outro, entender melhor as pessoas, saber dividir, pensar no outro, solidariedade, interação, enfrentar os problemas, ouvir as críticas construtivas, compartilhar, saber trabalhar em grupo, resolver os problemas do grupo, participação, resgate da autoestima e da autoconfiança. Dentro da oficina de teatro, outras são criadas, pois são os próprios alunos quem escrevem seu roteiros de falas, elaboram o folder de divulgação do evento, criam seus figurinos, convidam a comunidade, organizam o espaço a ser utilizado. Todas estas atividades têm contribuído para uma aprendizagem mais real e significativa. Folder de divulgação do evento- criado pelos alunos
  11. 11. Organização do evento teatral- Confecção dos figurinos e divulgação
  12. 12. Apresentação da peça teatral – “Life House”
  13. 13. Apresentação da peça teatral- “O auto da barca do Inferno” adaptação
  14. 14. Apresentação da peça teatral- “Todos os Medos juntos” Halloween
  15. 15. Apresentação da peça teatral- “Um grito de liberdade”
  16. 16. Oficinas Letramento e Jornal Escolar Monitoras- Professoras Sheila Monteiro e Suzara Ferreira Letrar é mais que alfabetizar. É ensinar a ler e escrever dentro de um contexto. É saber interpretar o mundo e o que está em sua volta. Ao contrário do tradicional conceito de alfabetização, em que os alunos deveriam dominar as habilidades de leitura e escrita de forma mecânica, sem a preocupação com a capacidade de interpretar, compreender, criticar; o Letramento apresenta-se como um processo em que o ensino da leitura e da escrita acontece dentro de um contexto social e que essa aprendizagem faça parte da vida dos alunos efetivamente. As habilidades adquiridas na escola devem fazer parte das relações comunicativas dos indivíduos. Nesse sentido, Letramento não significa necessariamente o resultado de ler e escrever. “É o estado ou condição que adquire um grupo social ou um indivíduo como consequência de ter-se apropriado da escrita” (SOARES, 2003). Fonte: http://blogs.odiario.com/odiarionaescola/2012/07/02/especial-o-conceito-de-letramento-e-a-educacao-escolar/ Acesso: 13/12/13. A oficina de letramento ocorre em paralelo com a oficina do Jornal escolar. Nela os alunos participam de subprojetos, que corroboram no desenvolvimento da função social da língua portuguesa, na comunicação verbal, na leitura e escrita. Diversos textos são trabalhados procurando contribuir na melhoria da leitura e na compreensão dos mais diversos gêneros em diferentes situações comunicativas. Todas as produções dos alunos são selecionadas pelos próprios participantes do projeto, que em acordo, são publicadas no Jornal da Escola. Dentro das oficinas letramento e jornal escolar também são trabalhados leitura de imagens, confecção de cartazes, painéis de divulgação, artesanato, reciclagem, teatro, confecção de enfeites para decoração da escola nas datas comemorativas, utilização de mídias para divulgação e diagramação do jornal. Subprojetos • • • • • Cordel Centenário de Vinicius de Moraes Cinema: “ Um sonho possível” Interpretação e debate Projeto: Consciência Negra Projeto: Natal Solidário
  17. 17. Desenvolvimento do projeto “Centenário de Vinicius de Moraes” OBJETIVO GERAL Refletir sobre a importância do legado de Vinicius de Moraes para a cultura brasileira, e oportunizar aos educandos, o acesso ao seu universo literário, mobilizado pela poesia, música, encenações, jograis, danças, etc.; levando-os a constituírem uma relação diferenciada com linguagem literária e, consequentemente, tornarem-se futuros leitores e produtores de textos competentes.
  18. 18. Culminância do projeto “Centenário de Vinicius de Moraes” Mais Educação e o Dia D
  19. 19. Cinema: “Um sonho possível” Interpretação e debate. PROJETO: VENCENDO PRECONCEITOS OBJETIVO: Realizar a apreciação e análise do filme “Um sonho possível”, para posicionar-se frente às realidades, valorizando a cooperação e a solidariedade como instrumento de formação do caráter do ser humano. Conscientizar os jovens da necessidade do cuidado com o outro e a importância de se construir um mundo mais justo e fraterno. Promover a conscientização crítico-social dos nossos alunos como forma de mudança da realidade, tornando-os verdadeiros cidadãos. COMPETÊNCIAS DESENVOLVIDAS: - Despertar o senso crítico e a expressão oral. - Despertar a consciência crítico-social dos alunos, visando a posicionamentos de fraternidade e resgate da dignidade humana, possibilitando uma ação solidária junto a comunidades carentes mais próximas. - Descobrir o valor das ações solidárias, voluntárias e que eles possam perceber que não há recompensa maior nessas atividades do que compartilhar a alegria, mesmo que por alguns instantes, com aquelas pessoas que além de sentir fome, são abandonadas. - Reconhecer que eles são a nova força capaz de humanizar o mundo.
  20. 20. Desenvolvimento do projeto “Consciência Negra”
  21. 21. Confecção dos convites para peça teatral “Um grito de liberdade”
  22. 22. Oficina Jornal Escolar Monitora: Professora Sheila Monteiro O jornal escolar tem como objetivo principal tornar a escrita na escola um ato prazeroso, não pretendemos fazer jornalismo, mas esta é uma forma criativa de incentivar a leitura e a escrita. Aqui, uma poesia vale tanto quanto um artigo de opinião. O jornal pode não trazer nenhum texto jornalístico, pois são os próprios alunos quem escolhem o que será ou não publicado. A ideia é aproximar à escola a vida e aos interesses dos alunos, propondo acolher, incentivar e alimentar a expressão comunicativa, através de processos que permitam a aquisição de competências leitoras e escritoras.
  23. 23. Edição – Acontecimentos e eventos gerais da Escola
  24. 24. Edição – Ação Grêmio Estudantil
  25. 25. Edição: Criação de reportagens e noticias fictícias e reais
  26. 26. Edição- Noticiários gerais sobre os eventos da escola
  27. 27. Edição Especial “Centenário de Vinicius de Moraes”
  28. 28. Edição sobre o “Dia da Consciência Negra”
  29. 29. Oficina Xadrez Monitor: Professor José Gomes A oficina de xadrez tem como objetivo auxiliar os alunos no desenvolvimento de algumas habilidades básicas para a melhoria do seu desempenho educacional, como a concentração, raciocínio, além de auxiliá-los no desenvolvimento da Inteligência LógicoMatemática e Inteligência Espacial. No projeto utilizamos diferentes tipos de jogos de xadrez, quer sejam esses, off line ou on line. Dessa maneira, nossos alunos podem participar de jogos internos, onde apenas os alunos da escola participam e jogos externos com pessoas do mundo inteiro. A ideia também é fazer com que eles participem de campeonatos externos. Treino e Campeonato Interno
  30. 30. Participação nas Olímpiadas Colegial Guarulhense Campeã Larissa Borges- 7º Ano A
  31. 31. Oficina de Matemática Monitores: Professores André Ávila Gomes e Valquíria Gomes Oficina de matemática tem como objetivo principal estimular o desenvolvimento do raciocínio lógico, melhorando significativamente a sua aprendizagem através de diversas atividades lúdicas, tais como: confecção de figuras geométricas planas e jogos envolvendo os conteúdos trabalhados em sala de aula pelos professores.
  32. 32. Oficina de Violão Monitor: José Wilsom Na oficina de violão busca-se a fusão das aulas teóricas e práticas a fim de facilitar o aprendizado dos alunos. Os ritmos aprendidos são variados, assim o aluno tem a oportunidade de desenvolver-se no estilo que mais gosta. Objetivo: aprendizado do instrumento, qualificação, desenvolvimento e conhecimento na cultura musical.
  33. 33. Oficina de Capoeira Monitor: Rafael Carneiro Desenvolvida pelos escravos, que a utilizavam para se defender de seus senhores e capatazes na época da escravatura, a capoeira nasceu da necessidade que não parecesse uma luta. Foi acrescentada música aos movimentos que davam a impressão de ser apenas uma dança. Em aula os participantes aprenderão a parte técnica e se exercitarão em grupo. Objetivo: Valorizar a cultura brasileira, ter maior coordenação motora, qualidade de vida e resistência física.
  34. 34. Participação nas Olímpiadas Colegial Guarulhense Medalha de prata Neemias Nascimento- 2º Ano Ensino Médio B
  35. 35. Passeio Cultural- Galeria do rock Aquisição do primeiro instrumento de capoeira
  36. 36. Projeto de intervenção- Vinicius de Moraes e a Capoeira
  37. 37. Diploma conferido aos alunos do projeto Mais Educação 2013 Todas as atividades que são oferecidas e desenvolvidas na escola pelos alunos podem ser acompanhadas por todos que quiserem através do blog http://mariaceliafalcaorodriguesprojetos.blogspot.com.br/ ou pelo site maiseducacao5.webnode.com. Disponibilizamos também de grupos fechados no face book.
  38. 38. MAIS EDUCAÇÃO 2013 “É preciso estimular os nossos alunos a cultura e arte. Mais educação não é só trazer o aluno a escola, mas preparar artistas e atletas para o futuro”. Professora Sheila Monteiro Portfólio elaborado pela Professora Sheila Monteiro Coordenadora da Oficina de Teatro e Jornal Escolar

×