Membrana plasmática slides COMPLETO

69,709 views

Published on

estrutura, funções, transportes ativo e passivo e muito mais :D

Published in: Education
1 Comment
81 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
69,709
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
48
Actions
Shares
0
Downloads
3,475
Comments
1
Likes
81
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Membrana plasmática slides COMPLETO

  1. 1. Membrana celular ouPlasmalema
  2. 2. ENVOLTÓRIO CELULARMEMBRANA PLASMÁTICAFunçõesProteçãoPermeabilidadeSeletivaComposiçãoQuímicaLipídeosProteínasPropriedadesElasticidadeRegeneração
  3. 3. Cabeça Hidrofílica = temafinidade com a águaCauda Hidrofóbica = não temafinidade com a água
  4. 4. SINGER NICHOLSONProteínaLipídeosMODELOMOSAICO FLUÍDOMEMBRANA PLASMÁTICA glicocálixINTEGRALPERIFÉRICA
  5. 5. MICROVILOSIDADESCélula do canal renalcom invaginações de base.INVAGINAÇÕESMICROVILOSIDADES INVAGINAÇÕES DE BASECélula do epitélio intestinalCom microvilosidades.ESPECIALIZAÇÕESMEMBRANA PLASMÁTICAAumentam a superfície de absorçãoReabsorvem água dos rins.
  6. 6. JUNÇÕES CELULARESDESMOSSOMOS ricos emsubstâncias adesivasINTERDIGITAÇÕESampliam a superfície decontato entre as célulasMEMBRANA PLASMÁTICAAumentam a aderência e ajudam na sustentação das célulasPROTEGEM OORGANISMOCONTRA APENETRAÇÃO DECORPOSESTRANHOS
  7. 7. MEMBRANA PLASMÁTICAJUNÇÕES CELULARESZÔNULA OCLUSIVA NEXOS COMUNICANTES
  8. 8. A MEMBRANA PLASMÁTICAESTRUTURAO modelo do mosaico fluido afirma que moléculasprotéicas estão em dupla camada lipídica, mas com livremovimentação.FUNÇÃO Permeabilidade seletiva e reconhecimento celular.ESPECIALIZAÇÕESMicrovilosidadesOcorrem no epitélio intestinal eservem para aumentar a superfíciede absorção.Invaginações debasePromovem o transporte de águanos canalículos renais.Desmossomos einterdigitaçõesServem para promover a adesãoentre as células epiteliais.R E S U M OMEMBRANA PLASMÁTICA
  9. 9. NÃO GASTAENERGIAGRANDESMOLÉCULASGASTAENERGIATRANSPORTESPassivo Ativo QuantidadeMEMBRANA PLASMÁTICA
  10. 10. Pelo fato de permitir apassagem de certassubstâncias, mas não deoutras, diz-se que amembrana plasmática ésemipermeável ou quepossui permeabilidadeseletiva.
  11. 11. Transporteatravés damembranaTransportePassivoNão há gastode energiaTransporteAtivoHá gasto deenergia
  12. 12. O transporte passivo é o transporte que ocorre entre duassoluções que tem por objetivo igualar as concentrações. Eleocorre sem o gasto de energia e se divide em dois tipos: difusãoe osmose.Esquema de transporte passivoDifusão SimplesMembrana Semi-permeávelTempo
  13. 13. Difusão simplesO soluto penetra na célula quando sua concentração é menorno interior celular do que no meio externo e sai da célula nocaso contrário. Neste processo não há consumo de energia.Ocorre a favor do gradiente.Difusão facilitadaAlgumas substâncias como a glicose, galactose e algunsaminoácidos são grandes em relação aos poros da membranae não são solúveis em lipídios, o que também impede a suadifusão pela matriz lipídica da membrana. No entanto, essassubstâncias passam através da matriz, por transportepassivo, contando, para isto, com o trabalho de proteínascarregadoras (proteínas transportadoras.)
  14. 14. (osmos= empurrar)É um fenômeno de difusão em presença de uma membranasemipermeável.Nele, duas soluções de concentrações diferentes estão separadaspor uma membrana que é permeável ao solvente e praticamenteinsolúvel ao soluto.Há, então, passagem do solvente de onde está em maiorquantidade (solução hipotônica) para onde está em menorquantidade (solução hipertônica.)
  15. 15. Hipertônico Isotônico HipotônicoCélulas doSangueCélulas VegetaisPlasmolizado Flácido TurgidoCRENAÇÃO
  16. 16. É a passagem de uma substância de um meiomenos concentrado para um meio maisconcentrado (contra o gradiente), que ocorrecom gasto de energia.
  17. 17. Bomba de NA+ (sódio) e K+ (potássio)Este tipo de transporte se dá, quando íons como o sódio (Na+) e opotássio (K+), tem que atravessar a membrana contra um gradiente deconcentração.• Encontramos concentrações diferentes, dentro e fora da célula, para osódio e o potássio.• Na maioria das células dos organismos superiores a concentração dosódio (Na+) é bem mais baixa dentro da célula do que fora desta.• O potássio (K+) apresenta situação inversa. A sua concentração émais alta dentro da célula do que fora desta.
  18. 18. Esquema da bomba de sódio (Na) e potássio (K)
  19. 19. Transporteatravés damembranaEndocitoseFagocitosePinocitoseExocitose Exocitose
  20. 20. É um processo em que bolsas se formam por invaginações damembrana e englobam materiais externos.Imagem:LadyofHats/Publicdomain.Traduçãonossa.
  21. 21. Fagocitose• É o nome dado ao processo pelo qual a célula, graças àformação de expansões citoplasmáticas denominadaspseudópodes, engloba, no seu citoplasma, partículassólidas .Pinocitose• É o nome dado ao processo pelo qual a célula, graças adelgadas expansões do citoplasma, engloba gotículas delíquido.
  22. 22. FagocitosePinocitoseEsquema de Fagocitose e Pinocitose
  23. 23. Exocitose• Certas substâncias que devem ser eliminadas dacélula são temporariamente armazenadas nointerior de bolsas citoplasmáticasmembranosas, as quais se aproximam damembrana plasmática e se fundem aela, expelindo seu conteúdo. Esse processo échamado de EXOCITOSE.
  24. 24. Envoltórios externos à membrana plasmática: Glicocálix; Paredes celulares:Parede bacteriana e Parede celulósica
  25. 25. As células animais podem apresentar um revestimentoexterno intimamente associado à membrana plasmática,constituído por glicoproteínas (moléculas de glicídiosassociados a proteínas) e por glicolipídios (moléculas deglicídios associados a lipídios.)As glicoproteínas e os glicolipídios associados seentrelaçam, formando uma espécie de malha protetoraexterna à membrana , chamada glicocálix.
  26. 26. Parede BacterianaA parede da célula bacteriana é uma estrutura complexa eresistente, responsável pela forma das bactérias.Sua principal função é evitar que a bactéria “estoure”quando submetida a ambientes hipotônicos.
  27. 27. As células vegetais apresentam um envoltórioexterno espesso e resistente denominado paredecelulósica.A principal função das paredes das células vegetaisé dar rigidez ao corpo das plantas.

×