Avaliação da credibilidade da informação WEB: competências e desafios no 3º ciclo e

3,586 views

Published on

Apresentado na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco
V. N. de Famalicão - 07.12.2013

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,586
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,193
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avaliação da credibilidade da informação WEB: competências e desafios no 3º ciclo e

  1. 1. Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco V. N. de Famalicão 07.12.2013 Avaliação da credibilidade da informação WEB: competências e desafios no 3º ciclo e secundário Ana Lúcia Terra ESEIG – Instituto Politécnico do Porto CETAC.MEDIA (UP-UA) Salvina Sá Biblioteca Municipal de Vila do Conde 1
  2. 2. Sumário 1. Dimensões da credibilidade da informação 2. Modelos de avaliação da credibilidade 2. Metodologia da recolha de dados e constituição da amostra 3. Critérios usados na avaliação da credibilidade da informação digital 4. A avaliação da credibilidade no modelo Big6 5. Considerações finais 2
  3. 3. 1. Dimensões da credibilidade da informação Credibilidade atribuída por endossamento Credibilidade conferida Credibilidade votada Credibilidade por reputação Credibilidade emergente 3
  4. 4. 2. Metodologias de avaliação da credibilidade Julgamento de previsão // Julgamentos de avaliação (Rieh, 2002) Modelo da autoridade cognitiva (Fritch; Cromwell, 2001) 1. Competência do autor e confiabilidade 2. Validade do documento 3. Afiliação evidente 4. Afiliação encoberta 4
  5. 5. Listas de verificação (Kapoun, 1998; Flanagin&Metzger, 2000, 2007; ….) 1. Exatidão 2. Autoridade 3. Objetividade 4. Atualidade 5. Abrangência Modelo contextual (Meola, 2004) 1. Divulgação e explicação de recursos de informação da biblioteca 2. Comparação e análise 3. Corroboração 5
  6. 6. 3. Metodologia da recolha de dados e constituição da amostra • Estudo de caso em escolas do 3º ciclo e secundário do concelho de Vila do Conde. Participaram nesta pesquisa sete escolas: cinco EB23 e duas secundárias. • Aplicação de um inquérito on-line. 6
  7. 7. a) Inquérito on-line Objetivo: conhecer o processo e as escolhas presentes na atribuição de credibilidade às fontes de informação em ambiente digital, numa faixa etária que faz um uso muito intenso e quase exclusivo deste meio para o contato com a informação. Estrutura: Questionário tipo, comum aos dois ciclos, com 25 perguntas de respostas múltiplas e uma questão aberta, onde os inquiridos podiam deixar comentários acerca da temática do questionário. Distribuição: questionário acessível na Internet através de um link enviado aos professores bibliotecários das escolas que constituíram a amostra. Os alunos usaram os PCs das Bibliotecas Escolares para consultar e responder ao questionário, entre 2 a 31 de maio de 2012. 7
  8. 8. b) As nossas interrogações à procura de resposta Que estratégias são usadas para criar confiança nos recursos digitais? Como são avaliadas as componentes objetivas e subjetivas das fontes de informação consultadas? Que sentimentos são vividos pelas crianças e jovens face à quantidade avassaladora de informação disponível na Internet? Haverá sentimentos de desnorte no oceano da informação digital? De ansiedade de uma busca permanente nunca satisfeita? Ou um acomodar tranquilo junto dos primeiros resultados fornecidos pelos motores de busca? 8
  9. 9. b) As nossas interrogações à procura de resposta (cont.) Como é que as crianças e os jovens usam o poder conferido pela facilidade de busca de informação na Internet para escolherem as suas fontes de informação sem a intervenção de adultos mediadores? Que relações estabelecem (ou não) estas crianças e jovens com os seus pares para selecionarem os sítios web consultados? Haverá alguma influência de grupo e dinâmica de rede nesta matéria? Como é que as crianças e jovens articulam (se é que articulam) os julgamentos de previsão, de avaliação e de verificação? 9
  10. 10. 2. Metodologia da recolha de dados e constituição da amostra  Questionários por inquérito on-line.  Aplicados em horário letivo no mês maio de 2012  Amostra: 195 alunos.  Idades: 12-18 anos.  Níveis de escolaridade: 3º Ciclo e Secundário. Ano Escolaridade % 8º ano 62 31,8 9º ano 64 32,8 10º ano 17 8,7 11º ano 29 14,9 12º ano Total n 23 11,8 195 100 Tabela 1: Constituição da amostra por ano de escolaridade 10
  11. 11. 3. Estratégias usadas para avaliar a credibilidade: resultados preliminares Resultados parcelares do inquérito no que respeita: - à escolha das estratégias para a realização de um trabalho proposto em ambiente de aula, - aos fatores que influenciam a escolha de um sítio web, - ao grau de valorização da autoria dos conteúdos, - aos critérios usados na verificação da autoria. 11
  12. 12. Estratégias dos alunos para elaborar um trabalho de pesquisa proposto pelo professor 12
  13. 13. Combinações das duas estratégias escolhidas pelos alunos para elaborar um trabalho de pesquisa proposto pelo professor % (n195) Orientações professor+Pesquisa Internet 48,2 Orientações professor+Pergunta bibliotecário 4,6 Orientações professor+Pergunta colegas 4,1 Orientações professor+Pergunta familiares 2,1 Pesquisa Internet+Pergunta bibliotecário 5,1 Pesquisa Internet+Pergunta colegas 19,5 Pesquisa Internet+Pergunta familiares 15,4 Pergunta bibliotecário+Pergunta colegas ,5 Pergunta colegas+Pergunta familiares ,5 13
  14. 14. Critérios para a escolha dos sítios web 14
  15. 15. Combinações dos dois critérios selecionados pelos inquiridos para escolher um sítio web   Design apelativo+Facilidade circular no site Design apelativo+Autor identificado Design apelativo+Data atualização indicada Design apelativo+Música Facilidade circular no site+Autor identificado Facilidade circular no site+Data atualização indicada Facilidade circular no site+Música Autor identificado+Data atualização indicada Autor identificado+Data atualização indicada Data atualização indicada+Música % (n195) 40,0% 4,6% 7,2% 5,6% 8,7% 25,6% 1,5% 5,6% 0,5% 0,5% 15
  16. 16. or ia Au t a Us od Gráfico 1: Quando consultas um sítio web, procuras saber quem é o seu autor? (P8) 16
  17. 17. or ia eA ut so br çõ es Pe rc e Gráfico 2: Como achas que se deve verificar a autoria de um site web? Escolhe DUAS opções (P9) 17
  18. 18. ade alid Or igin re sob ões c eç Pe r Gráfico 4: Como achas que deve ser avaliada a originalidade da informação num site web? Escolhe DUAS opções (P11) 18
  19. 19. t ur a str u Pe rce çõ es so br eE Gráfico 6: Quais são os critérios que achas mais importantes para avaliar a forma como os conteúdos estão organizados num site web? Escolhe DUAS opções (P13) 19
  20. 20. de lid a re At ua so b Pe rce çõ es Gráfico 8: Quais são os critérios que achas mais importantes para avaliar a atualidade dos sites web? Escolhe DUAS opções (P14) 20
  21. 21. Comparação Uso da Gráfico 9: Quantos sites web costumas consultar sobre um mesmo assunto quando tens de fazer um trabalho escolar? Escolhe UMA opção (P17) Import omparação ância da C Gráfico 10: Consideras importante comparar a informação sobre um mesmo assunto em vários sites web? (P18) 21
  22. 22. mparação sobre a Co Perceções Gráfico 11: É importante comparar a informação sobre um mesmo assunto em vários sites web, porquê ? (escolhe DUAS opções) (P19) 22
  23. 23. 4. A avaliação da credibilidade no modelo Big6 1 Definição da tarefa a realizar Qual é o problema a ser resolvido? Que informação é necessária para solucionar o problema? O que é necessário para executar a tarefa? Qual a sequência qual o tempo máximo para executar a tarefa? 2 Estratégias de pesquisa de informação Como e onde devo procurar? Quais as fontes de informação disponíveis, onde as pesquisar e localizar? 3 Localização e acesso Etapa onde se inicia a investigação propriamente dita 4 Utilização da informação Após a leitura atenta da informação recolhida, o aluno deve ler, visualizar, ouvir e interagir com a informação disponível e escolher o que é mais pertinente para o seu trabalho 5 Síntese O aluno procede à reestruturação e reorganização da informação 6 Avaliação A tarefa está completa? O trabalho corresponde ao que foi solicitado? O texto do trabalho não é uma simples cópia? As fontes da informação foram corretamente indicadas? Poderia ter feito melhor? O que foi que aprendi? 23
  24. 24. 5. Considerações finais -Os jovens da amostra inquirida não atribuem relevo significativo à autoria para determinar a credibilidade das fontes de informação disponíveis na web, ainda que saibam genericamente identificar os critérios aplicáveis à avaliação desta componente; -Valorizam acentuadamente a originalidade, apesar de pertencerem à designada geração copy&paste, e evidenciam saber usar os aspetos relevantes para avaliar este critério; -A componente estrutural da apresentação da informação dos recursos web também é tida em conta, ainda que as componentes da possibilidade de pesquisar no sítio web ou do sítio apresentar um mapa não tenham sido escolhidas por percentagens significativas 24
  25. 25. - A atualidade da informação representa também um critério tido em conta na avaliação da credibilidade, sendo considerados aspetos não apenas de indicação de datas mas também de validade de hiperligações, o que evidencia uma atenção especial a um aspeto característico dos recursos da web; - A comparação de vários sítios web sobre um mesmo assunto é considerada relevante pela quase totalidade dos inquiridos que declaram consultar 2/3 ou mais de 4 fontes. - Os jovens da amostra parecem dominar os elementos a ter em conta na avaliação da credibilidade da informação. Contudo, na prática, existem algumas dúvidas sobre a sua efetiva utilização. Assim o modelo Big6, com a inclusão explícita de aspetos relacionados com a avaliação da credibilidade da informação digital, pode constituir um bom patamar para as Bibliotecas Escolares portuguesas trabalharem estratégias de aferição dos recursos web. 25
  26. 26. Gratas pela atenção! Ana Lúcia Terra anaterra@eu.ipp.pt Salvina Sá salvina.sa@cm-viladoconde.pt 26

×