12. O Livro de Rute

13,599 views

Published on

1 Comment
12 Likes
Statistics
Notes
  • No ponto de vista do livro de Rute, ali existia uma família Noemi sogra de Rute,perdeu seu esposo e e seus dois filhos, quando Noemi decidiu ir embora,sua nora Rute disse a ela espera ai não vai não pois somos uma família
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
13,599
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
631
Actions
Shares
0
Downloads
666
Comments
1
Likes
12
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

12. O Livro de Rute

  1. 1. O Livro de Rute Palavra-chave: “RESGATE” Escrito por Samuel Período dos Juízes
  2. 2. DIVISÃO HISTÓRICA DA BÍBLIA OS 12 LIVROS HISTÓRICOS Josué Juízes Rute I e II Samuel I e II Reis I e II Crônicas Esdras Neemias Ester
  3. 3. Autor do livro • “Samuel” A tradição Judaica atribui a Samuel a autoria deste livro. 1:1 – De Belém de Judá a Moabe
  4. 4. PROPÓSITO DO LIVRO • Apresentando uma linda história de amor e fidelidade, em que uma jovem (moabita) tem a virtude de viver acima dos padrões do seu povo e do seu tempo, este livro tem como propósitos: 1.1 - traçar a genealogia de Davi, de quem descende o Messias. Rute ("amizade"), é bisavó do rei Davi;
  5. 5. 1.2 - levar-nos a compreender os caminhos da providência de Deus, tão sábia, e que tece inúmeras "coincidências" para fazer-nos vislumbrar: 1.2.1 - o Seu amor por nós; 1.2.2 - o fato de que Ele tem o controle de todas as circunstâncias da nossa vida; 1.2.3 - o fato de que Ele cuida de nós! 1.3 - mostrar que os gentios não estão excluídos do amor resgatador do nosso Deus! PROPÓSITO DO LIVRO
  6. 6. Versículo-chave do Livro "Então Noemi disse a sua nora: Bendito seja ele do SENHOR, que ainda não tem deixado a sua benevolência nem para com os vivos nem para com os mortos. Disse-lhe mais Noemi: Esse homem é nosso parente chegado, e um dentre os nossos resgatadores" (2.20).
  7. 7. Esfera de Ação – 10 anos O Livro abrange um período de 10 anos, provavelmente durante o período de Gideão – ano: 1050 a.C.
  8. 8. Esboço do Livro 1. A morte de Elimeleque e seus dois filhos - 1:1-5; 2. Noemi e Rute retornam para Belém - 1:6-22; - Noemi e sus noras deixam Moabe – 1:6,7 - Noemi orienta Orfa a voltar para casa – 1:8-14 - A promessa solene de Rute – 1:15-18 - O amargo regresso de Noemi – 1:19-22 3. Rute rebusca espigas nos campos de Boaz – 2 - Rute vai ao campo rebuscar espigas – 2:1-3 - Boaz encontra rute – 2:4-16 - Noemi avalia Boaz – 2:17-23
  9. 9. Esboço do Livro 4. Rute visita Boaz na Eira – 3 - o plano de Noemi – 3:1-5 - Boaz descobre Rute – 3:6-13 - Rute volta a Noemi – 3:14-18 5. Boaz redime a Rute - 4 - O parente próximo apresenta a sua justificativa – 4:1-6 - Rute e Boaz casam-se perante testemunhas – 4:7-12 - O primeiro filho é bem-vindo e abençoado – 4:13-17 - A genealogia de Perez a Davi – 1:19-22
  10. 10. Personagens do Livro Casal: Elimeleque e Noemi Filhos: Malom e Quilom Orfa Rute Noemi e Rute (1:16,17) Boaz O resgatador 2:20, 3:9 Genealogia: Boaz e Rute Obede Jessé Davi
  11. 11. Significado dos nomes Será interessante conhecermos o significado do nome de alguns personagens citados neste livro: mulheres Noemi ("agradável"); Mara ("amarga"); Orfa ("teimosia"); Rute ("amiga") homens - Elimeleque ("O meu Deus é rei"); - Malom ("doente"); - Quiliom ("morte")
  12. 12. CONTEXTO HISTÓRICO - Rute apresenta um contraste com o livro dos juízes : • Sendo ela uma estrangeira, Moabita, pode entender a bondade do Deus de Israel, enquanto os judeus desprezavam a aliança; • Sua história nos apresenta um quadro luminoso do caráter firme, belo e fiel de alguém, em contraste com a desobediência de Israel; o remanescente fiel... • Uma das mais formosas histórias da Bíblia em que uma gentia é a heroína;
  13. 13. PARTICULARIDADES DO LIVRO 1 - Este é um dos dois únicos livros da Bíblia que recebem o nome de uma mulher! Que contraste interessante há entre ambas (Rute e Ester)! Rute é uma gentia (moabita, descendente de Ló; seu povo adorava, dentre outros, o deus Camos). Ela foi levada a viver no meio do povo judeu. Ester é uma judia, que foi levada a viver no meio dos gentios! 2 - este livro faz seqüência ao livro de Juizes; porém, cronologicamente, faz parte da época dos juizes (1.1). E se sobressai como um lírio branco e puro que nasceu em meio a uma água estagnada e fétida! Em Juizes, vemos a infidelidade campeando; em Rute, a fidelidade. Em Juizes, a imoralidade; em Rute, a pureza. Em Juizes, campos de batalha e morte; em Rute, campos de colheita e vida! 3 - o livro de Rute, estando colocado entre Juizes e 1 Samuel, serve como suplemento para aquele, e como introdução para este (pois em 1 Samuel não temos qualquer menção aos ancestrais de Davi).
  14. 14. Lições do livro 1 - (1.1) - uma das conseqüências da desobediência à Palavra de Deus é a fome (Dt 28.15,23-24,31,33,38-40,47-48). Já sabemos qual era a condição espiritual de Israel nos dias dos Juizes. Por isso mesmo, a Palavra de Deus se cumpriu, e em Belém, a "Casa do Pão”, houve fome! 2 - (1.1,2) - é curioso pensarmos que Elimeleque, cujo nome proclama o reconhecimento da soberania, governo e direção do SENHOR, tenha deixado de viver à Sua sombra, para procurar abrigo à sombra de Moabe! Quando deixamos de nos abrigar à sombra do Onipotente, tentando fugir, quem sabe, das conseqüências do nosso próprio pecado, acabamos encontrando refúgio à sombra do inimigo. Nesse caso, o nosso fim é a morte. (Não foi o que aconteceu com Elimeleque e seus dois filhos?!). Interessante o contraste: Elimeleque foi buscar refúgio entre os moabitas, e encontrou a morte. Rute, a moabita, foi procurar refúgio sob as asas do Altíssimo (2.12), e lá encontrou vida (4.13)!
  15. 15. Lições que precisamos aprender: 3 - o livro todo faz transparecer o amor profundo que havia entre Rute e sua sogra Noemi. Um fato raro! alguns textos mostram- nos a riqueza desse relacionamento entre nora e sogra: 1.15-18; 2.2,11,18-22; 3.1-5,16-18; 4.13-17). 4 - (2.4) - que maneira linda de interagir com os empregados! Quando o SENHOR é colocado entre o patrão e seus servidores, tudo é abençoado! Não há conversas maldosas, nem desconfiança, nem competição. Há respeito mútuo. E bondade (2.5-7). 5 - Ec 11.1, diz: "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás". E não foi exatamente isso o que aconteceu com Rute?! Leiamos o seu primeiro diálogo com Boaz: 2.8-19; 3. E seu diálogo posterior: 3.9-13,15. Também: 4.9-13.
  16. 16. Cristo no livro dos Juízes Boaz ("nEle há força"), é o grande tipo de Cristo neste livro. Ele é: 1 - o dono do campo onde é feita a colheita - (2.3; Mt 13.30,38); 2 - o resgatador - (2.20; Gl 3.13; 4.4,5).Como tal: • 2.1 - precisa ter relações de sangue com aqueles a quem vai resgatar (Dt 25.5,7-10; Jo 1.14; Rm 1.3; Fp 2.5-8; Hb 2.14,15); • 2.2 - ter condições de pagar o preço do resgate - (2.1; 1 Pe 1.18,19); • 2.3 - estar disposto a efetuar o resgate - (3.11; Mt 20.28; Jo 10.15,18; Hb 10.7); • 2.4 - ser ele mesmo uma pessoa livre (o Senhor Jesus estava livre da maldição do pecado, pois nunca pecou - Jo 8.46; 1 Pe 2.22).

×