Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Matrizes da Linguagem e Pensamento sonora, visual, verbal   aplicações na hipermídia Lúcia Santaella   resumo livre
Maria Lucia Santaella Braga <ul><li>Catanduva-SP, 1944 </li></ul><ul><li>Pesquisadora </li></ul><ul><li>Professora: Escola...
Charles Sanders Peirce <ul><li>EUA:  1839 – 1914 </li></ul><ul><li>Filósofo </li></ul><ul><li>Cientista </li></ul><ul><li>...
Peirce As categorias fenomenológicas <ul><li>Filósofos:   Aristóteles, Kant e Hegel  </li></ul><ul><li>Fenomenologia:  exp...
Categorias universais dos SÍGNOS Primeiridade  - icônico A ideia de azul Secundidade  - indicial O céu como o lugar e temp...
As Matrizes da Linguagem e Pensamento <ul><li>Matriz:  lugar onde algo se gera ou se cria </li></ul><ul><li>Matrizes da li...
<ul><li>Sonora:  do sentido da audição, realiza a primeiridade, por ser qualidade pura, fugacidade.   Tem como propriedade...
As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz sonora <ul><li>Todo e qualquer tipo de som. </li></ul><ul><li>Tem como eixo f...
As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz visual <ul><li>Formas visuais fixas: </li></ul><ul><li>Primeiridade:   formas...
As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz verbal escrita <ul><li>Tem como eixo fundamental o discurso verbal, que está ...
As Matrizes da Linguagem e Pensamento <ul><li>Toda secundidade pressupõe uma primeiridade, e toda terceiridade as duas cat...
Linguagens Híbridas <ul><li>As matrizes não são puras.  </li></ul><ul><li>Não há linguagens puras.  Todas as linguagens sã...
As Linguagens da Hipermídia <ul><li>Hipermídia: linguagem que convergem: </li></ul><ul><li>o texto escrito (livros, periód...
As Linguagens da Hipermídia <ul><li>A hipermídia é uma linguagem eminentemente  interativa , ao final de cada página ou te...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Matrizes da linguagem e pensamento

13,712 views

Published on

Published in: Education, Technology, Design

Matrizes da linguagem e pensamento

  1. 1. Matrizes da Linguagem e Pensamento sonora, visual, verbal aplicações na hipermídia Lúcia Santaella resumo livre
  2. 2. Maria Lucia Santaella Braga <ul><li>Catanduva-SP, 1944 </li></ul><ul><li>Pesquisadora </li></ul><ul><li>Professora: Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas </li></ul><ul><li>Professora: PUC-SP </li></ul><ul><li>Doutoramento: Teoria Literária </li></ul><ul><li>Livre-docência: Ciências da Comunicação </li></ul><ul><li>Fundadora: &quot;CS games“ - Grupo de Pesquisa em Games e Semiótica da PUC-SP </li></ul>
  3. 3. Charles Sanders Peirce <ul><li>EUA: 1839 – 1914 </li></ul><ul><li>Filósofo </li></ul><ul><li>Cientista </li></ul><ul><li>Matemático </li></ul><ul><li>Estudou: </li></ul><ul><ul><li>Linguística </li></ul></ul><ul><ul><li>Filologia </li></ul></ul><ul><ul><li>História </li></ul></ul><ul><ul><li>Psicologia Experimental. </li></ul></ul>
  4. 4. Peirce As categorias fenomenológicas <ul><li>Filósofos: Aristóteles, Kant e Hegel </li></ul><ul><li>Fenomenologia: explicar a diversidade dos fenômenos experienciados </li></ul><ul><li>Fenômeno: tudo aquilo que é percebido pelo homem, seja real ou não, qualquer fenômeno físico como a chuva, ou psíquico como sonho, idéia, etc. </li></ul><ul><li>Semiótica Peirciana: filosofia científica da Linguagem </li></ul>
  5. 5. Categorias universais dos SÍGNOS Primeiridade - icônico A ideia de azul Secundidade - indicial O céu como o lugar e tempo em que o azul se encarna Terceiridade - argumental O céu num contexto pessoal de experiência de vida A semiótica peirceana pressupõe a percepção quando define o interpretante como um dos elementos constituintes da tríade.
  6. 6. As Matrizes da Linguagem e Pensamento <ul><li>Matriz: lugar onde algo se gera ou se cria </li></ul><ul><li>Matrizes da linguagem e do pensamento: objetivam explicitar a origem das múltiplas linguagens existentes, denominadas como híbridas, por serem uma mescla das três matrizes primordiais: </li></ul><ul><li>A classificação das matrizes de linguagem e pensamento baseia-se na percepção humana. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Sonora: do sentido da audição, realiza a primeiridade, por ser qualidade pura, fugacidade. Tem como propriedade a sintaxe (combinação dos elementos a fim de formar unidades mais complexas); </li></ul><ul><li>Visual: do sentido da visão, realiza a secundidade, por haver uma presentificação, uma singularidade existente. Tem como propriedade a forma (aspecto exterior dos corpos materiais); </li></ul><ul><li>Verbal: da faculdade de verbalização própria do homem, realiza a terceiridade, por ser o reino das abstrações e estar amparada na convencionalidade. Tem como propriedade o discurso (organização da sequencialidade discursiva). </li></ul>As Matrizes da Linguagem e Pensamento
  8. 8. As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz sonora <ul><li>Todo e qualquer tipo de som. </li></ul><ul><li>Tem como eixo fundamental a sintaxe (syn = junto/com, taxis = arranjo) </li></ul><ul><li>Combina sons, alturas, durações... para formar elementos mais complexos. </li></ul><ul><li>Primeiridade: sintaxes do acaso (vento, espirro...) </li></ul><ul><li>Secundidade : sintaxes dos corpos sonoros (pandeiro, buzina...) </li></ul><ul><li>Terceridade : sintaxes das convenções musicais (ritmo, melodia e harmonia) </li></ul>
  9. 9. As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz visual <ul><li>Formas visuais fixas: </li></ul><ul><li>Primeiridade: formas não-representativas, abstratas: Kandinsky, Mondrian, Pollock... </li></ul><ul><li>Secundidade: formas figurativas , imagens que apenas fazem uma referência ao objeto, tais como as pinturas e esculturas mais realistas. </li></ul><ul><li>Terceridade: as formas representativas, simbólicas, Imagens que necessitem de um conhecimento prévio, de um código para sua interpretação: os alfabetos, os símbolos matemáticos, musicais, químicos </li></ul>
  10. 10. As Matrizes da Linguagem e Pensamento Matriz verbal escrita <ul><li>Tem como eixo fundamental o discurso verbal, que está sempre dirigido para os efeitos interpretativos que é capaz de produzir em processos comunicativos. </li></ul><ul><li>Primeiridade : descrição: apreende e apresenta as qualidades das coisas, pessoas, ambientes e situações. </li></ul><ul><li>Secundidade : narração: traduz ações, eventos e conflitos que se desenrolam e impulsionam a história. </li></ul><ul><li>Terceridade : dissertação: apresentação de argumentos e passagem de premissas para uma conclusão. </li></ul>
  11. 11. As Matrizes da Linguagem e Pensamento <ul><li>Toda secundidade pressupõe uma primeiridade, e toda terceiridade as duas categorias anteriores, sejam elas as próprias matrizes, sejam suas subdivisões. </li></ul><ul><li>Quanto mais tendemos para o universo da primeiridade, maior poder evocador, pois há menos convencionalidade. </li></ul><ul><li>Quanto mais caminhamos para a terceiridade, por outro lado, menores são as possibilidades interpretativas, pois vigora um código que se deve compreender a fim de delimitar a determinar o objeto a que o signo se refere. </li></ul>
  12. 12. Linguagens Híbridas <ul><li>As matrizes não são puras. </li></ul><ul><li>Não há linguagens puras. Todas as linguagens são híbridas. </li></ul><ul><li>Apenas a sonoridade alcançaria um certo grau de pureza se o ouvido não fosse e se não se ouvisse com o corpo todo. </li></ul><ul><li>A visualidade, mesmo nas imagens fixas, também é tátil, além de que absorve a lógica da sintaxe, que vem do domínio do sonoro. </li></ul><ul><li>A verbal é a mais misturada de todas as linguagens, pois absorve a sintaxe do domínio sonoro e a forma de domínio verbal. </li></ul><ul><li>As linguagens híbridas são predominantes em detrimento das linguagens puramente sonoras, visuais e verbais. </li></ul><ul><li>Cinema Poesia </li></ul><ul><li>Música com letra Libras </li></ul>
  13. 13. As Linguagens da Hipermídia <ul><li>Hipermídia: linguagem que convergem: </li></ul><ul><li>o texto escrito (livros, periódicos científicos, jornais, revistas) </li></ul><ul><li>o audiovisual (televisão, vídeo, cinema) </li></ul><ul><li>e informática (computadores e programas informáticos).  </li></ul><ul><li>Linguagem inaugural em um novo tipo de meio ou ambiente de informação no qual ler, perceber, escrever, pensar e sentir, adquirem características inéditas. </li></ul><ul><li>Através do acasalamento da informática com a televisão e as telecomunicações, deverão aparecer sistemas híbridos em co-evolução acelerada. </li></ul>
  14. 14. As Linguagens da Hipermídia <ul><li>A hipermídia é uma linguagem eminentemente interativa , ao final de cada página ou tela, é preciso escolher para onde seguir. </li></ul><ul><li>Hipermídia: enorme concentração de informação que pode se transformar em desorientação se o receptor não for capaz de formar um mapa cognitivo . </li></ul><ul><li>Necessidade de criar roteiros e programas que sejam capazes de guiar o receptor no seu processo de navegação. No entanto, a opção pelo didatismo pode tolher a curiosidade e a vontade da descoberta que deve impulsionar as ações do leitor. </li></ul><ul><li>A hipermídia é um espaço composto de matrizes sonoras, visual e verbal e, em determinados momentos, alguma delas se destaca, utilizando as outras como apoio. </li></ul><ul><li>Exemplo: </li></ul><ul><li>https://prezi.com/secure/adeaf8138fb2adf87b365be165813ebe512762eb/ </li></ul>

×