Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
METODOLOGIA MINIATURIZADA PARA ENUMERAÇÃO DE Escherichia
          coli e coliformes totais EM CARNE BOVINA E DE AVES.

  ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Metodologia Miniaturizada Para EnumeraçãO De Escherichia Coli E Coliformes Totais Em Carne Bovina

1,500 views

Published on

Minhas publicações na II Mostra UFF em Higiene e Tecnologia de Alimentos
2009

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

Metodologia Miniaturizada Para EnumeraçãO De Escherichia Coli E Coliformes Totais Em Carne Bovina

  1. 1. METODOLOGIA MINIATURIZADA PARA ENUMERAÇÃO DE Escherichia coli e coliformes totais EM CARNE BOVINA E DE AVES. SAMIRA PIROLA SANTOS MANTILLA1; ANALY MACHADO DE OLIVEIRA LEITE2; EDUARDO BRUNO NOGUEIRA3; ROBSON MAIA FRANCO4 1 Doutoranda em Higiene Veterinária e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal - Universidade Federal Fluminense, Niterói-RJ. samiramantilla@yahoo.com.br 2 Doutoranda em Ciência de Alimentos - Universidade Federal do Rio de Janeiro- Rio de Janeiro-RJ 3 Aluno de Graduação em Medicina Veterinária- Universidade Federal Fluminense, Niterói-RJ. 4 Prof. Dr. do Departamento de Tecnologia de Alimentos - Universidade Federal Fluminense, Niterói-RJ. RESUMO A Escherichia coli é considerada um patógeno emergente e pode ocasionar doenças de origem alimentar de sintomas brandos até quadros mais graves como a colite hemorrágica. A metodologia tradicional de enumeração de coliformes em alimentos é muito demorada e dispendiosa, por conseguinte, métodos miniaturizados vêm sendo pesquisados por diversos cientistas na área de microbiologia. Nesta pesquisa, objetivou- se enumerar coliformes totais e Escherichia coli, a partir de carne bovina e de aves, comparando os resultados obtidos frente aos padrões de identidade e qualidade nacionais vigentes, constantes na Resolução RDC nº 12 e avaliar a eficiência da metodologia rápida e miniturizada e do meio fluorogênico para enumeração destas bactérias. Analisaram-se 30 amostras de acém (inteiro e moído) e 30 de carne de aves, através de metodologia miniaturizada, onde os tubos de ensaio foram substituídos por “eppendorf” e preenchidos com 1 mL do meio caldo seletivo “Fluorocult”. Nas amostras de carne bovina inteira o número de coliformes totais variou de 2,8x10 2 NMP/ g a >1,1x107 NMP/g, e o de coliformes termotolerantes variou de <3 NMP/g a 1,5x10 5 NMP/g e todas as amostras apresentavam-se contaminadas por E. coli patogênicas. Para a amostra moída o número de coliformes totais variou de 2,1x102 NMP/g a > 1,1x107 NMP/g, e o de coliformes termotolerantes variou de 4,0x10 NMP/g a 7,5x105 NMP/g. O NMP de coliformes termotolerantes nas amostras de carne de aves variou de <3NMP/g a 2,9x107 NMP/g, ocorrendo em doze amostras e o de coliformes totais variou de < 3NMP/g a > 2,4x108 NMP/g. Das amostras de carne bovina inteira e de aves analisadas, 13,33 % e 20 % respectivamente, apresentaram-se fora do padrão estabelecido, podendo representar risco para a saúde pública. Em relação às amostras moídas, não existe um padrão específico para este grupo bacteriano, entretanto, 26,66% mostraram-se contaminadas com número acima do máximo permitido. A metodologia rápida e miniaturizada apresentou vantagens sobre a metodologia tradicional com diminuição dos custos e menor tempo de análise, proporcionando um diagnóstico fidedigno e com maior rapidez.

×