COMPORTAMENTO
DO CONSUMIDOR

TRIBOS URBANAS
DANÇA
DE SALÃO
A dança de salão é
uma dança popular
que engloba várias
modalidades, onde
é necessário um
casal para se
dançar.
HISTÓRICO
Considerado
patrimônio cultural
do Estado do Rio de
Janeiro, a dança de
salão entrou
oficialmente no
Brasil com ...
A TRIBO E A SOCIEDADE
A sociedade tem a
visão de tribo
desde de a sua
diversidade, que
dá o colorido da
cidade, a uma
visã...
A TRIBO E A SOCIEDADE
A cidade abriga diferentes tribos. Há pessoas
que só vão dançar nas gafieiras tradicionais e
outras ...
A TRIBO E A SOCIEDADE
Há códigos próprios de
comportamento, inclusive,
rivalidades. Quando toca
uma música de forró, você
...
CANAIS DE COMUNICAÇÃO
A cobertura sobre a tribo nos meios de comunicação tradicionais, como
jornais, revistas ou sites de ...
CANAIS DE COMUNICAÇÃO
O jornal especializado Falando de
Dança é um periódico mensal.
Além de notícias e matérias, tem
rote...
CANAIS DE COMUNICAÇÃO

O Prêmio Cultura da Dança de Salão no Rio
de Janeiro, foi criado em 2011 com
patrocínio da Secretar...
CANAIS DE COMUNICAÇÃO

Nas redes sociais a tribo se comunica
divulgando eventos e cursos e marcando
encontros.

Há diversa...
A Casa de Dança
Carlinhos de Jesus é
uma tradicional
academia do maior
nome da Dança de
Salão brasileira e
iniciou suas
at...
O local oferece aulas de dança
(turma e particular) de todos os ritmos
com diversos professores e níveis.

A Casa possui c...
Há ainda uma programação semanal de bailes, como a
Prática de Dança as sextas-feiras e eventos pontuais, como
Festa Junina...
ENTREVISTA
Há algum evento ou reunião da tribo? Quando isso
acontece? Qual a importância dessa reunião para a
tribo?

Os alunos entre...
A tribo que conversamos
sim, porque se reúne na
Academia do CJ.
Se esta academia não
existisse, poderiam se
conhecer em ou...
Quais são as “regras” da tribo?

Frequentar a aula, dançar com diversos pares na turma,
frequentar (na medida do possível)...
Como as pessoas da tribo se
comunicam (quais os canais de
comunicação)? Usam internet (email ou redes sociais – discrimina...
Como é a
relação com os
outros
participantes
da tribo? Eles
se tornam
amigos?
Convivem fora
dos momentos
de encontro da
tr...
As pessoas se identificam como
pertencentes da tribo? Se o
entrevistado visse uma pessoa
na rua – ou conversasse com ela
–...
Os elementos que as caracterizam como
uma tribo de consumo em termos de:

Símbolos
Pessoas felizes, saudáveis, de bem com ...
Os elementos
que as
caracterizam
como uma tribo
de consumo em
termos de:

Expressões artísticas
Música, ritmos variados (s...
Os elementos que as
caracterizam como uma tribo de
consumo em termos de:

Roupas
Camisas com imagens de dança, fotos
de ba...
Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de:

Jargões
Contagem para início da dança 7,8
(“essa...
Os elementos que as caracterizam
como uma tribo de consumo em
termos de:

Rituais
Alongamento e aquecimento antes
de dança...
PRODUTOS
Os elementos que as caracterizam como uma
tribo de consumo em termos de:

Influência na vida de seus membros
Começam a ado...
A Spa do Pé, foi criada em 1990, para atender o público
que, além da preocupação estética e cosmética, desejava
cuidar da ...
SERVIÇO
Na primeira parte do trabalho, podemos observar
que os alunos adotam uma vida mais saudável.
Uma parte fundamental...
REFLEXOTERAPIA

Reflexoterapia é uma técnica oriental de massagem onde se
aplica pressão em pontos e áreas específicas dos...
REFLEXOTERAPIA
Para a tribo de dança de salão foi
pensado em utilizar a refloxoterapia
podal, que além de ser a mais difun...
O resultado
periódico desse
tratamento também
é para a eliminação
de dores agudas,
melhorar a
circulação do
sangue, alivia...
ESTRATÉGIAS DE VENDAS
A Spa do Pé faria parceria
com os principais centros de
dança do estado do Rio de
Janeiro, com o obj...
Alunos antigos: Para presentear os alunos mais antigos, a
SPÉ daria a cada um ano de matrícula na escola, brindes da
empre...
ANIVERSARIANTES DO MÊS
Nas escolas associadas a
SPÉ, todos os meses,
enviaria brindes aos
aniversariantes com
descontos no...
CONCURSOS DE DANÇA
Mensalmente, a Spa do
Pé promoveria
concursos de dança
envolvendo as escolas
da categoria. Como
premiaç...
FESTA E CONCURSO DE
FINAL DE ANO
A SPÉ, promoveria um concurso
voltado para os melhores alunos das
escolas de dança do Bra...
COMUNICAÇÃO

No site da empresa, seria
explicando as ações da
dela nas escolas, com um
floating na página inicial.
No site...
Através da página da empresa, seria divulgada as parcerias com as escolas. Na
página também utilizaríamos promoções com de...
Escolas Associadas
Nas escolas, seria utilizado
um banner de divulgação
da SPÉ e seu tratamento.
Nas novas matrículas
tamb...
REVISTAS ESPECIALIZADAS

O tratamento
teria maior foco
nos anúncios,
porém seria
comunicado que
a SPÉ tem
convênio com as
...
COMPORTAMENTO
DO CONSUMIDOR

TRIBOS URBANAS
Comportamento do consumidor  - Tribo da Dança de Salão
Comportamento do consumidor  - Tribo da Dança de Salão
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Comportamento do consumidor - Tribo da Dança de Salão

1,705 views

Published on

Trabalho acadêmico dos alunos Bruno Arraes, Caio Freitas, Carolina, Juliana Goes, Leonardo Simões e Luana Reis, da disciplina Comportamento do Consumidor, do MBA em Marketing Estratégico da ESPM-RJ. Trabalho sobre a tribo da Dança de Sal

Published in: Business
3 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Olá, abençoada juliana goés, será que pode liberar esse slideshare para mim, eu adoro dançar!!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Olá STUDIO WK CABELO & BELEZA! Desculpe a demora. Gostei muito do seu comentário e vc tem razão. O trabalho sobre tribos urbanas foi uma pesquisa qualitativa e em seguida uma sugestão de produto e/ou serviço para atender as necessidades da tribo estudada. O grupo deveria ter foco apenas nos alunos da turma avançada da Casa de Dança Carlinhos de Jesus, o trabalho foi um pouco amplo, partes do trabalho mencionava a tribo de dança de salão como um todo e depois mencionamos muito pouco sobre os alunos da Casa de Dança. Foi muito gratificante participar deste trabalho acadêmico, como leque de possibilidades de oportunidades de negócios. Agradeço o apoio!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Parabéns pelo trabalho, o assunto é facinante, e a estratégia para o Spé muito interessante... Só achei que faltou alguns dados, como por exemplo, faixa etária dos participantes da tribo, classes sociais, etc, acho que seria interessante para o trabalho, mas essa é a opnião de um leigo no assunto, ok! Abraços e sucesso ao grupo!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
1,705
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
3
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Comportamento do consumidor - Tribo da Dança de Salão

  1. 1. COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR TRIBOS URBANAS
  2. 2. DANÇA DE SALÃO
  3. 3. A dança de salão é uma dança popular que engloba várias modalidades, onde é necessário um casal para se dançar.
  4. 4. HISTÓRICO Considerado patrimônio cultural do Estado do Rio de Janeiro, a dança de salão entrou oficialmente no Brasil com a chegada da corte portuguesa ao Rio de Janeiro em 1808. Em julho de 1811, saiu dos círculos aristocráticos e passou a ser acessível a qualquer pessoa. A valorização de danças populares, oriundas de regiões mais pobres de grandes centros urbanos não é uma exclusividade do Rio de Janeiro. O maior exemplo deste fenômeno seria a explosão do `breakdance` e do hip-hop nos Estados Unidos a partir da década de 1980, estes ritmos eram inicialmente exclusivos dos “ghetos” urbanos, se espalhou para as demais regiões, alcançando a classe média.
  5. 5. A TRIBO E A SOCIEDADE A sociedade tem a visão de tribo desde de a sua diversidade, que dá o colorido da cidade, a uma visão que condena a variação de grupos que são estigmatizados. Quanto as tribos da dança de salão, há um circuito enorme de lugares com bailes regulares, tanto na Zona Sul e no Centro quanto na Zona Norte.
  6. 6. A TRIBO E A SOCIEDADE A cidade abriga diferentes tribos. Há pessoas que só vão dançar nas gafieiras tradicionais e outras que só vão a determinados clubes. E existem grupos próprios para cada ritmo, como por exemplo, a tribo do Tango e a tribo do Zouk.
  7. 7. A TRIBO E A SOCIEDADE Há códigos próprios de comportamento, inclusive, rivalidades. Quando toca uma música de forró, você vê muitos dançarinos tradicionais saírem da pista de dança. Para eles, o forró é visto como uma espécie de dança menor. No Rio, o tango se tornou quase que uma dança clássica dentro das danças de salão. As pessoas dizem: “eu não vou me atrever a dançar tango”. É como se fosse uma coisa só para especialistas, para show.
  8. 8. CANAIS DE COMUNICAÇÃO A cobertura sobre a tribo nos meios de comunicação tradicionais, como jornais, revistas ou sites de noticias, é muito baixa. Porém, há uma mídia especializada cobrindo a tribo, como blogs, facebook etc. No site da Associação nacional de dança de salão ANDANÇAS se encontra o estatuto da tribo e os objetivos da entidade, que servem como uma introdução ao mundo da dança de salão.
  9. 9. CANAIS DE COMUNICAÇÃO O jornal especializado Falando de Dança é um periódico mensal. Além de notícias e matérias, tem roteiro de bailes, shows e passeios dançantes e possui uma parceria com o site Agenda de Dança de Salão Brasileira para divulgação de conteúdo relacionado com o mundo da tribo escolhida.
  10. 10. CANAIS DE COMUNICAÇÃO O Prêmio Cultura da Dança de Salão no Rio de Janeiro, foi criado em 2011 com patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e do jornal Falando de Dança. Cada ano são escolhidos diferentes profissionais de dança a serem homenageados.
  11. 11. CANAIS DE COMUNICAÇÃO Nas redes sociais a tribo se comunica divulgando eventos e cursos e marcando encontros. Há diversas páginas no Facebook que cobrem o assunto no país. No Youtube pode-se encontrar diversos vídeos ensinando os diferentes ritmos que constituem a dança de salão.
  12. 12. A Casa de Dança Carlinhos de Jesus é uma tradicional academia do maior nome da Dança de Salão brasileira e iniciou suas atividades há 28 anos.
  13. 13. O local oferece aulas de dança (turma e particular) de todos os ritmos com diversos professores e níveis. A Casa possui cerca de 500 alunos (média de 15 por turma), que frequentam as aulas em horários regulares, pelo menos uma vez na semana.
  14. 14. Há ainda uma programação semanal de bailes, como a Prática de Dança as sextas-feiras e eventos pontuais, como Festa Junina, Festa de Halloween, Bailes de Aniversário de Professores e outros.
  15. 15. ENTREVISTA
  16. 16. Há algum evento ou reunião da tribo? Quando isso acontece? Qual a importância dessa reunião para a tribo? Os alunos entrevistados frequentam a turma aos sábados, de 15h30 as 17h30. Vão para se exercitar, encontrar os amigos, dançar e se sentir bem. Muitos frequentam os bailes da Casa e alguns vão ainda nos bailes de outras academias.
  17. 17. A tribo que conversamos sim, porque se reúne na Academia do CJ. Se esta academia não existisse, poderiam se conhecer em outra aula ou em bailes, mas talvez não formariam um grupo. Além dos alunos da Casa de Dança do Carlinhos de Jesus, a Tribo se estende a alunos de dança de salão em outras academias da cidade. A tribo existe em função de alguma marca ou instituição?
  18. 18. Quais são as “regras” da tribo? Frequentar a aula, dançar com diversos pares na turma, frequentar (na medida do possível) os mesmos bailes de dança de salão, usar roupas adequadas nas aulas e nos bailes.
  19. 19. Como as pessoas da tribo se comunicam (quais os canais de comunicação)? Usam internet (email ou redes sociais – discriminar quais), usam ligações de telefone, sms etc.? Majoritariamente a comunicação é presencial nas aulas. Quando fora, eles se comunicam muito por telefone. Alguns são mais conectados, utilizam os grupos no Facebook (a própria academia possui um grupo grande e existem outros grupos de fora).
  20. 20. Como é a relação com os outros participantes da tribo? Eles se tornam amigos? Convivem fora dos momentos de encontro da tribo? A maioria se torna “amigos de dança”, combinam de ir aos bailes, ou fazer atividades relacionadas à dança, depois das aulas. Não costumam fazer muitas atividades que não sejam associadas à dança juntos. Alguns só frequentam a aula e não se interessam em ir aos bailes.
  21. 21. As pessoas se identificam como pertencentes da tribo? Se o entrevistado visse uma pessoa na rua – ou conversasse com ela – o que o faria saber que esta pessoa é da mesma tribo que a dele? Sim, através de roupas e adereços para aula de dança.
  22. 22. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Símbolos Pessoas felizes, saudáveis, de bem com a vida, ativas.
  23. 23. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Expressões artísticas Música, ritmos variados (samba, bolero, swing, salsa, forró, zouk, tango, etc).
  24. 24. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Roupas Camisas com imagens de dança, fotos de bailarinos/dançarinos, sapatos de dança (sapatilhas baixas e altas), bolsas Capézio.
  25. 25. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Jargões Contagem para início da dança 7,8 (“essa pessoa é 7,8” significa que é alguém ágil que está sempre pronto), tempo e contratempo para dar noção de velocidade (“nem termina o tempo direito e já emenda no contratempo”, pessoa muito acelerada).
  26. 26. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Rituais Alongamento e aquecimento antes de dançar, trocar o sapato de rua pelo sapato de dança, algumas mulheres prendem o cabelo, passar parafina no sapato ou no chão para não deslizar demais.
  27. 27. PRODUTOS
  28. 28. Os elementos que as caracterizam como uma tribo de consumo em termos de: Influência na vida de seus membros Começam a adotar uma vida mais saudável, fazem mais “amigos de dança”, preocupam-se mais com a alimentação e a postura, começam a integrar na sua agenda as aulas e bailes, começam a consumir os produtos voltados para dança, fazem aulas de outros ritmos e níveis.
  29. 29. A Spa do Pé, foi criada em 1990, para atender o público que, além da preocupação estética e cosmética, desejava cuidar da saúde de seus pés e encontrar produtos específicos para o bem estar desta parte tão importante do corpo. Com profissionais experientes e equipamentos de primeira linha, a Spé se tornou sinônimo de qualidade na categoria. O trabalho da Spé é exclusivo para saúde e estética dos pés. A empresa prima pela satisfação de seus clientes, resultado da prestação de serviços e produtos de qualidade. Para isso, além dos melhores produtos, equipamentos e profissionais do mercado, preza um conceito inovador, cobrando um preço justo.
  30. 30. SERVIÇO Na primeira parte do trabalho, podemos observar que os alunos adotam uma vida mais saudável. Uma parte fundamental que não podemos esquecer é que deve-se dar uma maior atenção ao corpo e a mente. Com essa ideia embasada, buscamos várias alternativas que pudessem agregar algum tipo de benefício para os alunos de dança de salão ligados ao bem estar e a atenção para o corpo e a mente, e assim chegamos à conclusão de estudar os benefícios da reflexologia na vida de um estudante de dança de salão.
  31. 31. REFLEXOTERAPIA Reflexoterapia é uma técnica oriental de massagem onde se aplica pressão em pontos e áreas específicas dos pés, mãos ou orelhas. Cada região necessita de uma pressão diferente para serem ativadas, a fim de trazer benefícios, como aliviar dores e relaxar a tensão.
  32. 32. REFLEXOTERAPIA Para a tribo de dança de salão foi pensado em utilizar a refloxoterapia podal, que além de ser a mais difundida é também a mais efetiva. Todos os órgãos e sistemas do corpo estão espalhados pelas zonas reflexas da planta, dorso e lateral dos pés. Os benefícios provenientes a essa terapia são tantos que, até em uma recente pesquisa divulgada por um famoso jornal inglês, o Daily Mail, mostrou que a terapia pode ser tão eficaz quanto analgésicos para dores nas costas e artrite.
  33. 33. O resultado periódico desse tratamento também é para a eliminação de dores agudas, melhorar a circulação do sangue, aliviar o estresse, a fadiga e outras tensões. Além disso, por ser na região dos pés, a circulação fica um pouco prejudicada, onde estamos propensos a sentir mais frios e ter mais edemas.
  34. 34. ESTRATÉGIAS DE VENDAS A Spa do Pé faria parceria com os principais centros de dança do estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de divulgar sua marca através da tribo. Os benefícios nessas ações seriam na divulgação da marca e a reflexoterapia, que proporcionam aos alunos de dança o bem estar, o alívio do estresse, a melhora na circulação, tendo um melhor proveito em suas aulas e na sua vida pessoal.
  35. 35. Alunos antigos: Para presentear os alunos mais antigos, a SPÉ daria a cada um ano de matrícula na escola, brindes da empresa e um desconto de 40% na reflexoterapia. Novos alunos: Para os alunos iniciantes das escolas associadas, a SPÉ entregaria um cartão de desconto. A cada 6 tratamentos de reflexologia, um sairia de graça.
  36. 36. ANIVERSARIANTES DO MÊS Nas escolas associadas a SPÉ, todos os meses, enviaria brindes aos aniversariantes com descontos no tratamento de reflexologia. 10%
  37. 37. CONCURSOS DE DANÇA Mensalmente, a Spa do Pé promoveria concursos de dança envolvendo as escolas da categoria. Como premiação utilizariam os produtos da marca e o tratamento de reflexologia.
  38. 38. FESTA E CONCURSO DE FINAL DE ANO A SPÉ, promoveria um concurso voltado para os melhores alunos das escolas de dança do Brasil, com o intuito de promover sua marca. O casal vencedor, ganharia além de um pacote do tratamento de reflexologia, um intercâmbio na Argentina ou Cuba para aulas de tango ou salsa.
  39. 39. COMUNICAÇÃO No site da empresa, seria explicando as ações da dela nas escolas, com um floating na página inicial. No site das escolas, entraria a comunicação da parceria com a SPÉ. Nos melhores sites de dança, entraria chamadas com os benefícios da Reflexologia e a parceria da SPÉ com as escolas.
  40. 40. Através da página da empresa, seria divulgada as parcerias com as escolas. Na página também utilizaríamos promoções com descontos para os visitantes interessados em dança e no tratamento de reflexolgia. Também seria divulgada nas principais páginas de danças e de grupos, todas as ações da SPÉ com o tratamento de reflexologia.
  41. 41. Escolas Associadas Nas escolas, seria utilizado um banner de divulgação da SPÉ e seu tratamento. Nas novas matrículas também seria entregue o panfleto da SPÉ com o cartão de desconto.
  42. 42. REVISTAS ESPECIALIZADAS O tratamento teria maior foco nos anúncios, porém seria comunicado que a SPÉ tem convênio com as melhores escolas de dança do Brasil.
  43. 43. COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR TRIBOS URBANAS

×