Relatório Síntese de Avaliação do PT (1º Período)

7,287 views

Published on

Relatório de Avaliação de Atividades desenvolvidas no 1º Período de 2013/2014
Sala Amarela EB1/JI de S. Miguel
Enxara do Bispo

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Relatório Síntese de Avaliação do PT (1º Período)

  1. 1. Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena Relatório Síntese de Avaliação Trimestral Estabelecimento Sala Amarela Período Letivo EB1/JI de S. Miguel 1º período Educador(a): Data do relatório Ano letivo Henrique Santos 23.12.2013 2013/2013 Avaliação sumária Aqui deve classificar, de 1 (menor adequação) para 5 (maior adequação), o Plano de Turma. 1 2 3 4 5 Planeamento das atividades Execução das atividades Avaliação das atividades 1 Cumprimento das atividades do PAA Aqui deve discriminar os obstáculos e os fatores positivos para o desenvolvimento das atividades e estratégias previamente definidas, bem como a sua avaliação como elemento de preparação das próximas atividades (600 carateres) As atividades propostas em Plano de Turma (PT) e em Plano Anual de Atividades (PAA) foram realizadas na globalidade, e, no âmbito da reunião de avaliação do 1º período com Encarregados de Educação, realizada no passado dia 17 de Dezembro, mereceram um louvor especial pela sua pertinência e adequação, tal como consta em ata da referida reunião. Foi também referido pelos encarregados de educação a muito interessante e eficaz utilização da internet e das redes sociais como espaço de divulgação e comunicação de práticas, tendo sido referenciada como muito positiva no sentido de envolver as famílias na vida da sala. As atividades desenvolvidas no âmbito do PAA do estabelecimento, e tal como referido no Relatório de Avaliação do 1º Período de Estabelecimento também tiveram avaliação de Excelente, de acordo com o procedimento de avaliação em vigor no Agrupamento. Mantêm-se as dinâmicas de envolvimento e participação das famílias na “vida da escola” com muito sucesso e com o surgimento de propostas pedagógicas e letivas de elevado interesse educativo. Como pontos fracos, o educador referiu as alterações de horário observadas nas escolas integradas, com o desfasamento de horários a tornar muito difícil a colaboração e articulação entre níveis, bem como sendo provocadores de dificuldades na gestão e organização das atividades de sala. Ao nível da articulação com os serviços de Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF), o início do ano foi também atribulado, decorrente da mudança de assistentes operacionais efetuada no início do ano letivo, que, apesar de minimizada pela dinâmica da escola, contribuiu para uma alteração grave do comportamento e atituides das crianças, em virtude de terem perdido uma parte importante de referências pessoais (adultos cuidadores) tendo estes sido substituídos por outros adultos sem conhecimento prévio das dinâmicas letivas e não letivas e, em alguns casos, com pouca ou nenhuma experiência na função. Em alguns casos, os comportamentos pouco esperados das crianças mantiveramse até ao final do período letivo e manifestaram-se em períodos de forte influência nas atividades (recomeço das atividades no período da tarde, almoço, etc.). No âmbito das reuniões de avaliação, a situação tem vindo a ser monitorizada e as condições de atendimento às crianças têm vindo a ser melhoradas, com o envolvimento ativo de todos os envolvidos. 2 Articulação Educativa, Estratégias e Metodologias Aqui deve referir as incidências relativas à organização documental e de recursos - humanos e materiais - e a forma como influenciou o desenvolvimento das atividades inscritas no Plano de Turma. Deve ainda caracterizar o sucesso obtido nas aprendizagens das crianças e a adequação das estratégias e metodologias ao grupo (600 caracteres). As escolhas metodológicas basearam-se na apreensão da dinâmica do grupo e, tal como plasmado no PT, consideraram‐se “prioritárias” as vertentes de educação cívica e social, com base no reconhecimento e organização de um ambiente educativo potenciador de uma adequação cultural e etnológica dos alunos, na qual, paralelamente fosse possível atingir uma adequada proficiência na utilização de novos instrumentos educativos, bem como na utilização de novas linguagens e códigos, que potenciem uma verdadeira integração sócio educativa de todos os alunos. Também na base da observação do grupo, foi feito um acompanhamento específico, onde, por exemplo, a adequação do registo alimentar (refeições, hábitos, tipo de alimentos, etc.) ou dos registos de envolvimento e calma, foram primordiais na construção de respostas educativas de qualidade. As questões ligadas à alteração dos horários do 1º ciclo e a forma como elas influenciam negativamente as atividades e estratégias da sala de atividades, bem como as dificuldades criadas pela alteração de assistentes operacionais no início do ano letivo, alterações essas da responsabilidade da Câmara Municipal de Mafra (como já referido), alteraram e condicionaram determinantemente algumas dinâmicas e estratégias pedagógicas e didáticas. Na reunião de avaliação com encarregados de educação, os efeitos positivos das metodologias escolhidas e as evidências do trabalho nos alunos foram referidas pelos presentes, bem como evidenciadas dinâmicas de sucesso, através da apresentação de situações particulares, vividas, sobretudo, em casa (ver ata nº 2 da reunião com Encarregados de Educação). Foi notório, nos alunos de continuidade educativa, uma constante e crescente melhoria, na globalidade, dos itens e indicadores de aprendizagem. Nos alunos de frequência inicial, e após a respetiva adequação e avaliação diagnóstica, proceder-se-á a um acompanhamento constante e próximo, que, contudo, manterá as lógicas e dinâmicas escolhidas, que, no âmbito de avaliação conjunta, se verificaram como
  2. 2. Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena adequados e pertinentes. 3 Alterações a introduzir no Plano de Turma em resultado da avaliação feita Aqui deve discriminar a forma como adequou e modificou o trabalho planificado ao grau de desenvolvimento e às necessidades do grupo e das crianças e que alterações introduzirá no Plano de Turma em resultado dos procedimentos de Avaliação (600 carateres) Após avaliação constante e permanente, manter-se-á a estrutura global das opções pedagógicas, sendo evidente, neste âmbito, que o trabalho até aqui desenvolvido serve as intenções do grupo, das famílias e das escolhas pedagógicas da escola. De forma geral, os resultados obtidos nas avaliações diagnósticas e sumativa, designadamente no âmbito da formação pessoal e social dos alunos bem como os procedimentos de avaliação das metodologias e modelos de desenvolvimento utilizados reforçaram a ideia de que as crianças necessitam de sentir que, entre a Escola e a Família deve existir um espaço de coerência, construído com base na gestão da informação e na definição de comportamentos esperados. Nesse sentido, manter-se-ão as dinâmicas de comunicação efetiva e constante, utilizando os instrumentos tecnológicos e as redes de apoio já existentes. Por último, e por sugestão dos encarregados de educação, a realização de visitas de estudo congruentes com as idades dos alunos e adequadas às suas dinâmicas poderãos ser eficazes no sentido de tornar o conhecimento do seu mundo proximal, bem como as referências locais de pertença, mais valorizadas no âmbito do trabalho pedagógico. 4 Desempenho Global Docente Aqui deve classificar, de 1 (menor adequação) para 5 (maior adequação),o seu desempenho relativamente a: 1 2 3 4 4.1. Coerência das escolhas pedagógicas 4.2. Planeamento e adequação das propostas educativas 4.3. Coordenação e Colaboração (com parceiros, de articulação, etc.) O(a) Educador(a) Henrique Santos em 23/12/2013 5

×