Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

3 guerra

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 24 Ad
Advertisement

More Related Content

Advertisement

3 guerra

  1. 1. A 3ª guerra mundial Vem aí prepare-se...
  2. 2. Entenda • A 3ª guerra mundial, não será em solo europeu, americano, ou no extremo oriente. • A última conflagração ocorrerá no berço das 2 maiores religiões do mundo.
  3. 3. Antes de tudo tenha em mente que... • A 3ª guerra mundial, será provocada pelas mesmas instituições e organizações que provocaram a 1ª e a 2ª.  Leia e o mais importante..  Ore, Pesquise, estude...  “Fiquem alertas e orem sempre para que tenham a força e escapem de todas as coisas que acontecerão, e fiquem em pé na presença do Filho do Homem...” Lucas 21.36. BJC.
  4. 4. A dinâmica e “o teatro das operações”  Tanto o profeta Ezequiel, quanto o profeta Daniel [contemporâneos] predizem o mesmo evento:  A espada virá contra o Egito, e a Etiópia ficará angustiada, quando os mortos caírem no Egito, quando levarem suas riquezas, e seus alicerces forem quebrados.  Etiópia, Put e Lud, todo o povo misto e Kuv, e o povo das terras aliadas morrerão pela espada com o Egito. Ezequiel 30. 4-5  A Etiópia aqui é o Sudão, Put, a Líbia, e Lud a Turquia. Estes se aliarão ao “rei do norte” na guerra.
  5. 5. Ezequiel 38...  ..Detalha a imensa confederação de nações que no tempo do fim manipuladas pelo “rei do norte” [Roma] invadirá Israel  “...Eu sou contra você, príncipe maior de Meshekh e Tuval.” v 3.  “Paras, Etiópia e Put estão com eles...” v.5.  “Gomer, com todas as suas tropas; a casa de Togarmah no extremo norte...” v. 6.  Meshekh pai da nação Turca e Tuval [Tubal] povos de ascendência turca dos Balcãs, do Cáucaso e parte da Europa mediterrânea, Espanha, Portugal e Itália. [OTAN]  Paras-Pérsia, atual Irã, Etiópia-Sudão [norte] e Put a Líbia. Gomer e a casa de Togarmah, Iraque, Armênia e Azerbaijão [povos de asc. Turca]
  6. 6. Daniel 11. 40-45 ⁴⁰Quando o tempo do fim chegar, o rei do sul se lançará contra ele, enquanto o rei do norte o atacará como um redemoinho, com carruagens, cavaleiros e uma grande armada. Ele invadirá países, os arrasará e seguirá adiante. ⁴¹Entrará também na terra da glória [Israel] e muitos serão afligidos, mas Edom, Mo’av e o povo de Amon serão salvos do poder dele. ⁴²Ele estenderá sua mão para alcançar outros países. A terra do Egito não escapará ⁴³Ele controlará os tesouros de ouro e prata, bem como todas as outras coisas de valor do Egito. Put e Etiópia serão sujeitos a ele. ⁴⁴Entretanto, notícias do leste e do norte o amedrontarão, de modo que ele sairá com grande fúria para arruinar muitos por completo. ⁴⁵Por fim quando ele armar as tendas de seu palácio entre os mares e a montanha da glória santa [Israel], chegará seu fim, e ninguém poderá ajudá-lo.
  7. 7. Analisemos Dan. 40-45  O tempo do fim iniciou-se em 1798.  Os últimos versos de Daniel 11 cumprem-se após 1798. Um estudo acurado destes versos indica tratar-se de um conflito de grande magnitude no norte da África e no Oriente Médio (referência à "terra da gloria" – v. 41). Uma guerra com essas características ainda não ocorreu, portanto, está no futuro.  A profecia indica o início desta conflagração quando o rei do sul [Líder islâmico] atacar o “rei do norte”, [papado].  Como e por que a Igreja Romana se envolveria em uma guerra no Oriente Médio, sendo que não possui mais os exércitos das Cruzadas...?
  8. 8. A estratégia de Roma revelada  Na verdade, houve uma mudança na tática de Roma após 1798.  Com a prisão do papa Pio VI pelas tropas de Napoleão, o surgimento dos EUA como país defensor da liberdade civil e religiosa, e a adesão de vários países aos ideais liberais de governos democráticos, Roma precisou mudar sua estratégia.  A partir do século XIX, Roma passou a usar a camuflagem, infiltrando seus agentes (jesuítas*, cavaleiros de Malta, cavaleiros de Colombo, Opus Dei e outras ordens religiosas e militares, leais, ao Vaticano) em quase todos os países ao redor do mundo.  *“Os jesuítas começaram a trabalhar imediatamente, infiltrando-se em todos os grupos protestantes, suas famílias, locais de trabalho, hospitais, escolas, colégios e demais instituições. Atualmente, têm sua missão praticamente concluída.” A história secreta dos jesuítas”. De Edmond Paris.
  9. 9. A estratégia de Roma revelada  O objetivo da infiltração: assumir posições estratégicas na política, economia, educação, justiça, mídia, forças armadas, e agências de inteligência para manipular e influenciar os acontecimentos e os governos a fim de destruir a liberdade civil e religiosa dos países (em especial EUA), e atuar para restaurar o poder medieval do Papa.  Um dos métodos preferidos por Roma para alcançar esse fim, é instigar guerras e revoluções nos países. Uma década antes da 1ª Guerra Mundial, um pensador e escritor francês já alertava:  "Se a guerra começar, ouçam vocês, homens que pensam que a Igreja Romana é o símbolo da ordem e da paz: Não procurem a culpa fora do Vaticano, pois ele será o provocador oculto, à semelhança da guerra de 1870". (Yves Guyot, Le Bilan Social et Politique de l’Église, p.139, 1901. Citado em A História Secreta dos Jesuítas, p. 172).
  10. 10. A ambição  Ou seja, a Igreja Romana adotou muito bem a arte de agir por trás da cortina, longe dos holofotes, no palco dos acontecimentos mundiais. Ao mesmo tempo em que parece um cordeiro, na verdade, por trás dos bastidores, age como um dragão. Como diz o Apocalipse.  Porque Roma se interessaria pelo oriente médio.? A resposta está no verso 45 de Daniel 11:  “Por fim, quando ele [papa] armar as tendas de seu palácio entre os mares e a montanha da glória santa...".  A ambição de Roma é transferir seu trono para Jerusalém, e governar o mundo a partir desta cidade! (Eric J. Phelps - veja subtítulo "El General Jesuíta 2").
  11. 11. Rei do sul XRei donorte  Logo, quando a profecia afirma que o rei do sul fará um ataque ao rei do norte, entende-se que esse ataque poderá acontecer em Roma, ou em qualquer capital ou grande cidade dos países ocidentais (membros da OTAN).  EUA e esses outros países do ocidente atualmente são marionetes e trabalham (conscientemente ou não) para os interesses de Roma.  Esse ataque poderá ser em terra, mar ou no ar.  Quando isso acontecer, os países ocidentais atacarão com todo seu poderio o norte da África e o Oriente Médio.  Parece claro, que o “ataque” virá de um país islâmico.
  12. 12. Jerusalém na  As forças militares do Ocidente manipuladas pelo rei do norte entrarão também na "terra gloriosa" (Israel):  “Entrará também na Terra da Glória, e muitos [países] serão afligidos; mas Edom, Mo’av, e o povo de Amom" serão salvos. (v. 41).  Os países que ocupam os territórios onde antigamente ficavam Edom, Moabe e Amom, são a Arábia Saudita e a Jordânia. [mapa na próxima página]  Ao que parece, eles não participarão desta guerra no Oriente Médio.
  13. 13. “... Mas Edom, M’oav e o povo de Amon serão salvos”.  Os atuais e antigos territórios de Edom [Arábia], Moabe e Amon [Jordânia].
  14. 14. “Primavera árabe”  "Ele estenderá sua mão para alcançar outros países. A terra do Egito não escapará" (Dan 11. 42). Para que essa profecia se cumpra o governo do Egito, em tese, não pode ser aliado do ocidente. Isso explica a queda de Hosni Mubarak, no passado deflagrada por protestos sociais no Egito.  Ele [papado] controlará os tesouros de ouro e prata, bem como todas as outras coisas de valor do Egito. Put [Líbia] e Etiópia Sudão[norte] serão sujeitos [aliados] a ele. (v. 43)  A invasão ao Egito, dar-se-á por motivos financeiros, por conta da ambição do Vaticano por propriedades, ouro, e prata, lançarão mão das riquezas arqueológicas de ouro do Egito, avaliadas em centenas de bilhões de dólares. Tanto o profeta Ezequiel quanto o profeta Daniel enfatizam as “riquezas do Egito”.
  15. 15. “A aliança”  Para que os Líbios apoiem uma invasão do ocidente ao Egito, foi necessário derrubar Muammar Kadafi, já que a diplomacia e o dinheiro não foram suficientes para torná-lo um vassalo, além do fato de que sua liderança sempre foi um problema às pretensões de poder mundial do Vaticano.  Os etíopes mencionados neste verso, na verdade, vivem hoje, no norte do Sudão. O que também explica porque o Ocidente dividiu e enfraqueceu este país.
  16. 16. A geografia da guerra..  Para invadir o Egito, o “rei do norte” precisará do apoio da Líbia [Put]  E do Sudão [Etíopes]...
  17. 17. A reação  Entretanto, notícias do leste [China] e do norte [Rússia] o amedrontarão, de modo que ele sairá com grande fúria para arruinar muitos por completo. Daniel 11.44
  18. 18. A pressão das potências Euroasiáticas  Com certeza, tamanha investida geoestratégica do Ocidente não poderia deixar caladas outras duas potências regionais: a China (leste) e a Rússia (norte). Sentindo-se ameaçadas, protestarão, não só com palavras, mas com ações.  China e Rússia firmaram parceria estratégica o que resultou na Organização de Cooperação de Xanghai. Até já realizaram exercícios militares em conjunto.
  19. 19. A intervenção Divina  O profeta Ezequiel e o profeta Daniel, afirmam de forma quase idêntica o fim “sobrenatural” da aventura militar do “rei do norte”, no tempo do fim. Ezequiel 38.18 diz:  “Quando esse dia chegar...”. “Minha furiosa ira ferverá. “... haverá grande terremoto na terra de Yisrael...”. “Convocarei a espada contra ele [rei do norte] em todas as minhas montanhas, diz Adonai Elohim...” v. 18-19  “Eu o julgarei [rei do norte] com praga e com sangue. Farei que caia sobre ele uma chuva torrencial, bem como sobre suas tropas...”. “... Imensos granizos, fogo e enxofre. V. 22.  Mostrarei minha grandeza e minha santidade e Me farei conhecido à vista de muitas nações; então saberão que eu sou Adonai. V.23
  20. 20. A intervenção Divina em Dan. 11.  Por fim, quando ele armar as tendas de seu palácio entre os mares e a montanha da glória santa [Israel], chegará seu fim, e ninguém poderá ajudá-lo. v.45.  Daniel encerra abruptamente a ousada aventura do rei do norte [Roma papal] no oriente médio, indicando intervenção inédita.  Os elementos e as circunstâncias envolvidas, indicam que essa guerra ocorrerá em um ponto extremo do tempo do fim, [não estamos longe disso] é o que afirmam tanto Ezequiel quanto o profeta Daniel.
  21. 21. 3 eventos em um versículo  Quando esse tempo chegar, Mikha’el, O grande príncipe, defensor do seu povo, Se levantará;  e esse será um tempo de aflição sem paralelo entre o momento em que eles [Israel] se tornarem uma nação e esse momento.  Nesse tempo, seu povo será libertado, todos os que tiverem o nome escrito no livro. Daniel 12.1. BJC  : O ato de levantar-se indica o fim de uma ação. Refere-se ao fim do tempo da misericórdia quando Mikha’el [Cristo] se levantará, após o fim do juízo pré advento. Indicando o fim da intercessão pela humanidade.  : Refere-se ao período de angústia em que será mergulhada a nação israelita com tamanha força militar ameaçando sua existência. [destaque para “o momento em que se tornarem uma nação (1948) e essa guerra.”]  : Aqueles que aceitaram a salvação em Cristo serão salvos e seus nomes estarão escritos no livro da vida. E Ele virá buscá-los.
  22. 22. a história se repetirá  O Senhor Jesus advertiu aos cristãos de seu tempo: “a aproximação dos exércitos romanos [70 D.C] à Jerusalém, será o sinal da iminente destruição da cidade”. E que a aproximação das tropas romanas, era um sinal para os cristãos saírem de Jerusalém. Mateus 24.15.  Da mesma forma, quando os exércitos liderados pelo “rei do norte” [Roma papal] se prepararem para invadir Jerusalém, será um claro e forte sinal da iminente destruição do mundo e da volta do Senhor Jesus.
  23. 23. “Olhem Ele vem com as nuvens! Todo olho o verá. Incluindo os que O traspassaram, e todas as tribos da Terra chorarão por causa Dele”. Revelação (Apoc. 1.7) Bjc.
  24. 24. Fontes e leituras adicionais... • Acesse • https://minutoprofetico.blogspot.com/2011/06/o-rei-do-norte-e-3-guerra- mundial-parte.html • https://www.youtube.com/watch?v=UD5c1N0nsG4 • https://www.youtube.com/watch?v=r3if9G5sN2Q

×