Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ginástica de aparelhos

15,579 views

Published on

aparelhos

Published in: Sports
  • Login to see the comments

Ginástica de aparelhos

  1. 1. Ginástica de aparelhos A ginástica é um conceito que engloba modalidades competitivas e não competitivas e envolve a prática de uma série de movimentos exigentes de força, flexibilidade e coordenação motora para fins únicos de aperfeiçoamento físico e mental. A ginástica de solo (de aparelhos) é realizada sobreum praticável, no entanto, é necessário materiais de apoio para as progressões pedagógicas.
  2. 2. Trave Olímpica: A trave olímpica ou trave de equilíbrio - popularmente chamada de trave - é um aparelho da ginástica artística, presente em todas as competições oficiais de senhoras. Este aparelho faz parte da ginástica feminina competitiva. Os exercícios de equilíbrio são tão antigos quanto os livres, no solo. É uma barra revestida com material aderente, situada a 1,25 metros do chão, com cinco metros de comprimento e dez centímetros de largura, onde a atleta deve equilibrar-se e realizar saltos e giros. Mini Trampolim: O Mini Trampolim descreve várias fases de execução: - Corrida preparatória: deve ser controlada, equilibrada e acelarada. - Pré-chamada: é executado com um pé, num salto amplo, iniciado a uma distância significativa. - Chamada: executada com os pés paralelos e em simultâneo na tela. - Fase aérea: é a fase do salto. -Receção: deve ser executada em equilíbrio, com o contacto simultâneo dos calcanhares no solo à largura dos ombros. Boque/Plinto: Devem ser consideradas as seguintes fases: -Corrida de balanço: em aceleração progressiva. -Pré-chamada: ultima passada, devendo ser rasante e alongada. -Chamada: impulsão simultânea dos dois pés. -Primeiro voo: fase aérea até ao apoio das mãos no plinto. -Apoio e repulsão: apoio das mãos no aparelho, exercendo força.
  3. 3. -Segundo voo: o mais alto possível. - Receção: contacto com o solo. Trabalho realizado por: Ana Lemos nº3, 8ºC

×