Hidrografia -Águas Oceânicas

1,610 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Hidrografia -Águas Oceânicas

  1. 1. Águas Oceânicas
  2. 2. Hidrografia  Para se conhecer a hidrografia de uma região é preciso saber o ciclo da água que provem da atmosfera ou subsolo. Quando ocorrem as chuvas, a água pode evaporar, escorre ou infiltrar-se no solo. Na evaporação ela volta a atmosfera na forma de vapor. A água que se infiltra no solo e a que escorre, dirigem-se para as depressões ou a parte mais baixa de um terreno, formando os rios, lagos e mares.  A densidade de rios se relaciona com o clima da região. Os rios perenes são os que nunca secam e possuem um bom volume de água nos leitos. Os rios temporários são aqueles que secam no período em que não chove, principalmente em áreas de clima árido ou semi-árido.  Quando um rio é perene e atravessa uma região desértica, como o rio Nilo, isto quer dizer que a nascente dele é em uma região chuvosa.  A variação da quantidade da água no leito do rio recebe o nome de regime. Regime pluvial é quando as cheias dependem da água da chuva; regime nível quando depende do derretimento da neve; se as cheias dependem das geleiras é glacial.  Quando o rio deságua no oceano por várias saídas, diz que a foz do rio é em delta; a foz do rio é em estuário, quando o rio deságua no oceano por uma única saída.
  3. 3. A maior parte de nosso planeta é ocupado pelas águas, sendo muitas vezes chamado de planeta água. A superfície total da Terra é de aproximadamente 510 milhões de km², sendo que, 361 milhões de km² dessa superfície são ocupados pelas águas.
  4. 4. Águas oceânicas A hidrosfera que é a parte liquida do planeta, é dividida em:  Águas oceânicas: que formam os oceanos e mares;  Águas continentais: incluem o lençol subterrâneo, geleiras, rios e lagos.  As águas oceânicas têm grande influencia no clima, nos transportes, no fornecimento de alimento (através da pesca) e na renovação do oxigênio do ar.  O hemisfério sul apresenta a maior parte da sua superfície encoberto pelas águas, cerca de 81%, e apenas 19% são ocupados pelas terras emersas. Daí o nome ao hemisfério sul de “hemisfério das águas”, e o hemisfério norte é chamado de “hemisfério das terras”, visto que 39% de sua superfície é encoberto pelas terras emersas.
  5. 5. Oceanos Na verdade, existe um único e grande oceano, que está dividido em: oceanos Pacífico, Índico,Atlântico e Ártico.  Oceano Pacífico: O maior de todos ,representando 50% da superfície total da água salgada É o mais extenso de todos os oceanos. Está situado entre as terras australianas, americanas e asiáticas, possui as maiores profundidades conhecidas.  Oceano Atlântico: É dividido em Norte e Sul Está localizado entre a África, América e Europa.  Oceano Índico: É o menor dos três . Fica localizado entre a Europa e a Índia (Por isso o nome), cobre aproximadamente 20% da água da superfície da terra.É limitada pela Ásia, incluindo a Índia, em que o oceano é chamado,no norte, a oeste pela África, a leste pela Austrália, e ao sul pelo oceano Antártico  Oceano Glacial Ártico: Permanecem congeladas a maior parte do ano .No verão ocorre o descongelamento de parte delas, o que origina os icebergs.
  6. 6. Mar Os mares são uma extensão natural dos oceanos, quando estão perto de entrar em contato com os continentes. Mares abertos ou costeiros: tem uma ampla comunicação com os oceanos. Ex. mar da China. Mares continentais: localizam-se no interior dos continentes e comunica-se com o oceano através de passagens chamadas estreitos. Ex. o mar Vermelho e Mediterrâneo Mares isolados: não tem nenhuma ligação com os outros mares ou oceanos. Ex. mar da Galiléia.
  7. 7. Mar Morto O Mar Morto, um grande lago situado entre Israel e Jordânia, é considerado o lugar habitado mais baixo do planeta, pois está a um pouco mais de 400 metros abaixo do nível do mar. A pressão atmosférica é a mais elevada do planeta e na sua atmosfera há uma taxa de oxigênio 15% superior a do nível do mar
  8. 8. Características do Mar Densidade Salinidade  A densidade das águas via depender dos sais minerais dissolvidos nela. Sendo que a água do mar é mais densa que a água doce. Se representarmos a densidade da água doce por 1, a do mar será de 1,3.  O cloreto de sódio é o responsável pelo sabor salgado das águas do mar. Não só ele, mais outros sais minerais, também foram transportados pelos rios até os oceanos, modificando a composição química das águas do mar. Todos os sais minerais encontrados nos continentes também são encontrados dissolvidos no mar.  Dependendo da temperatura, das chuvas e dos rios tributário a salinidade pode variar.  Em regiões onde a temperatura é alta, existem poucos rios e baixo índice de chuvas, a salinidade é maior.  A salinidade máxima é a do mar Morto, que é de 25%.
  9. 9. Temperatura Cor  As correntes marítimas, profundidade e latitude fazem variar a temperatura das águas do mar.  Na superfície, a temperatura é igual a da atmosfera em contato.  Abaixo de – 2 °C, a superfície oceânica passa a solidificar-se, isto é o que ocorre nos mares glaciais. Os cristais de gelo flutuam porque apresentam menor densidade.  Banquisa é nome que se dá a camada de gelo que cobre a superfície do mar.  Dependendo da quantidade e origem de sedimentos a coloração da água pode mudar. Quando está próximo às costas, apresentam cores esverdeadas, devido a sedimentos de vegetais e detritos de animais; são azul- escuros quando estão livres de sedimentos, em alto mar; nas proximidades da foz de grandes rios são avermelhadas ou amarelo-barrentas, devido aos sedimentos que chegam a foz. Características do Mar
  10. 10. As águas oceânicas apresentam três movimentos: ondas, marés e correntes marítimas.
  11. 11. OndasSão movimentos que ocorrem na parte de cima das águas oceânicas. As principais causas são ação do vento, que agita as águas, ou nos abalos sísmicos que ocorrem no fundo do mar. Os elementos de uma onda são: Cavado, a parte mais baixa; Crista, parte mas alta; Altura; Comprimento, a distância entre duas cristas;  Há três tipos de ondas:  Ondas oscilatórias: são encontradas em alto mar, existe apenas por ação do vento, um movimento circulatório das moléculas de água.  Ondas transladativas: ocorre quando o vento desloca a massa líquida em direção ao litoral. O cavado da onda esbarra no fundo e provoca um desequilíbrio entre a crista (parte superior) e o cavado (parte inferior), fazendo co quem a massa de água se direcione para frente, formando as rebentações.  Ondas tsunami: são originados por maremotos, e capazes de criar ondas que se propagam em grande velocidade, são de grande violência. Esse tipo de onda é comum no oceano Pacífico.
  12. 12. Marés Consistem no movimento regular de subida e de descida das águas oceânicas.Esse fenômeno ocorre duas vezes por dia ,aproximadamente,a Lua exerce maior influência.
  13. 13. Correntes Marítimas As correntes marinhas podem ser quentes ou frias, são massas de água que circulam nos oceanos. As correntes frias tem origem nas regiões polares, enquanto que as correntes quentes tem origem na zona tropical. Possuem uma grande influência no clima. Por exemplo: o corrente quente do Golfo impede o congelamento do mar do Norte e ameniza os rigores do clima de inverno no noroeste da Europa.
  14. 14. Curiosidades
  15. 15. Usina Hidrelétrica de Itaipu A Usina Hidrelétrica de Itaipu é uma usina hidrelétrica binacional localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Construída por ambos os países no período de 1975 a 1982, no qual tanto o Brasil quanto o Paraguai eram governados por ditaduras militares, Itaipu é a segunda maior produtora de energia do mundo, perdendo o posto para a Barragem das Três Gargantas
  16. 16. SUBMARINOS ALEMÃES NAUFRAGADOS NO BRASIL Muito já foi e será escrito sobre a 2a. Guerra Mundial no Atlântico Sul, este artigo é um breve histórico sobre os submarinos alemães que foram naufragados ao largo de nossa costa. Dos 1.168 submarinos alemães que combateram durante a 2a. Guerra Mundial pouco mais de 150 foram os que singraram nossas águas e alguns aqui permanecem até hoje.
  17. 17. Arquipélagos (Ilhas) Uma ilha pode ser formada de mais de uma forma existem as ilhas que são chamadas de vulcânicas, essas, aparecem depois do acúmulo de lava. Enquanto se falarmos de lhas continentais podemos dizer que elas são formadas através do acúmulo de sedimentos ou mesmo pela erosão do solo. Uma ilha, por definição, é um prolongamento do relevo, estando numa depressão absoluta preenchida por água em toda sua volta.Existem quatro tipos principais de ilhas continentais, ilhas oceânicas, ilhas fluviais e ilhas vulcânicas. Também existem algumas ilhas artificiais.
  18. 18. Turritopsis nutriculaa criatura misteriosa . Após examiná-la durante alguns dias, Sommer percebeu que a água- viva simplesmente se recusava a morrer, regredindo ao seu estado inicial de desenvolvimento até reiniciar o seu ciclo de vida outra vez, sucessivamente, como se sofresse um envelhecimento reverso. Os pesquisadores já descobriram que ela inicia seu incrível rejuvenescimento quando se encontra em uma situação de estresse ou ataque, e que durante esse período o organismo passa por um processo conhecido como transdiferenciação celular, ou seja, um evento atípico no qual um tipo de célula se transforma em outro, tal como ocorre com as células-tronco humanas.  Essa água-viva é o único animal do planeta que pode-se chamar de Imortal. Essa água viva, chamada Turritopsis nutricula, simplesmente não consegue morrer de causas naturais. Sua capacidade de regeneração é tão alta que ela só pode morrer se for completamente destroçada. Como a maioria das águas-vivas, ela passa por dois estágios: a fase imatura, e a fase medusa, na qual pode se reproduzir de forma assexuada. A água-viva imortal foi descoberta por acaso pelo estudante alemão de biologia marinha Christian Sommer em 1988, enquanto ele passava suas férias de verão na Riviera Italiana . Capturou meio que sem querer
  19. 19. Fim

×