Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sono

1,084 views

Published on

18 de março - Dia Mundial do Sono

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Sono

  1. 1. HISTÓRIA
  2. 2. HISTÓRIA DO SONO Era primitiva Função - Proteção (cavernas) Ameaças noturnas, animais perigosos Resultado Recuperação da fadiga Conservação da energia
  3. 3. HISTÓRIA DO SONO 1929 – Hans Berger (psiquiatra alemão) Diferenças atividade elétrica – cérebro humano Eletrodos – couro cabeludo
  4. 4. HISTÓRIA DO SONO VIGÍLIA Frequência rápida (ciclos/segundo) Baixa amplitude (microvolts da descarga elétrica dos neurônios cerebrais)
  5. 5. HISTÓRIA DO SONO SONO Ondas baixa frequência Alta amplitude (Indicava declínio atividade neural) Registros – 1h ( Estado uniforme?)
  6. 6. HISTÓRIA DO SONO 1951 – Eugene Aserinsky – Chicago Movimentos giratórios – sob pálpebras bebês Deslocamento rápido (diversos momentos)
  7. 7. HISTÓRIA DO SONO Aserinky e col. Sinais elétricos – movimentação córnea Experimento – eletrodos registradores Resposta voluntários: “Eu estava tendo um sonho” - REM
  8. 8. HISTÓRIA DO SONO Ciência mundial – sono processo ativo - funções distintas Conhecimento sono – essencial saúde global, felicidade, produtividade Mól, Netto, Daker 2003
  9. 9. SONO Fenômeno biológico e estado fisiológico (rebaixamento atividade/ consciência) Processo ativo, cíclico de sobrevivência do ser humano Reverte-se sob estímulos sensoriais Reimão e cols 1996/2008
  10. 10. SONO Padrões biológicos, culturais e sociais Hábito da vida cotidiana Rossini e Rovere 2010
  11. 11. SONO Função: Restauração do organismo Reguladora Restituição energética
  12. 12. SONO & INSÔNIA Relógio Biológico SONO Regido – relógio biológico (genética) Ajustado ciclo 24 h Regula-se - fatores ambientais/processos internos Tempo sono adulto – 8h (1/3 vida humana) Reimão e cols 2008
  13. 13. Características Individuais  dormidores curtos: 5 - 6 horas  dormidores longos: 9 - 10 ou mais horas  matutinos: dormem cedo - acordam cedo  noctívagos: dormem tarde - acordam tarde Rossini e Rovere 2010
  14. 14. EFEITOS SONO Relaxamento muscular Processamento vários tipos memória Metabolismo hormonal Equilíbrio fisiológico Restauração neuronal
  15. 15. SONO Luz – principal sincronizador circadiano humano SN – recebe informações claro/escuro meio ambiente Ex. Alterações Viagens / alteração horário verão Rosinha 2003
  16. 16. ORGANIZAÇÃO DO SONO 5 Estágios – duração média 90’ /ciclo – repete 5 – 6x/N 1. Sonolência (vigília descontraída); 2. Sono leve (baixo limiar despertar); 3.Prepara aprofundamento sono; 4. Sono Profundo – estágio mais reparador; 5. Sono REM – preserva saúde global
  17. 17. CONDIÇÕES AMBIENTAIS SONO Mínimo ruídos Temperatura/iluminação adequados Vestimenta adequada Roupas de cama e acessórios limpos Ambiente escuro e arejado Colchão e travesseiro adequados
  18. 18. SONO REM 95% sonhos Ocupa cerca 29% tempo total sono Reparação mental/psicológica
  19. 19. SONHOS Linguagem onírica contém elementos – favorecem construção individual e social da história do indivíduo Trabalho – dimensão (passado/presente/futuro) Leite 2003
  20. 20. DISTÚRBIOS SONO DISTÚRBIOS SONO
  21. 21. DISTÚRBIOS SONO Sonolência diurna excessiva Alterações de humor e do pensamento Dores musculares, cefaléia Prejuízo na aprendizagem Baixo desempenho, déficit atenção e memória Leite 2003/Rossini e Rovere 2010
  22. 22. DISTÚRBIOS SONO Alteração na qualidade e quantidade de sono Riscos de acidentes pessoais, de trabalho e de trânsito Acentuação de problemas familiares, sociais e de trabalho Leite 2003/ Rossini e Rovere 2010
  23. 23. INSÔNIA Complicação / Síndrome Queixa sono má qualidade ou insatisfatório Dificuldade para adormecer e permanecer adormecido Sonolência excessiva diurna Marchi 2003
  24. 24. INSÔNIA Prevalência – gênero feminino/idosos Relato – 3% população/15% problema grave CAUSAS Ambientais/Psicológicas/Fisiológicas Mazieno 2003
  25. 25. INSÔNIA Ambientais – ruídos, ambiente perturbador Psicológicas – ansiedade, depressão / hábito Fisiológicas – dor, disfunções, drogas Mazieno 2003
  26. 26. DIAGNÓSTICO 1. Origem – ambiental, psicológica, fisiológica; 2. Período – início, durante, despertar precoce; 3. Duração – transitória (1 a 2 d) - curta (acima 1 d) - crônica (acima 3 semanas) Reimão e col 2003
  27. 27. CLASSIFICAÇÃO 1. Inicial – (deitar) dificuldade iniciar sono; 2. Intermediária – vários despertares noturnos (retorno breve sono); 3. Final – despertar precoce (manhã e impossibilidade indivíduo conciliar sono de novo) Reimão e col 2003
  28. 28. Prevenção  Diagnóstico e tratamento precoces  Lazer – atividade física supervisionada  Higiene do Sono Rossini e Rovere 2010
  29. 29. ATIVIDADE FÍSICA SUPERVISIONADA LAZER
  30. 30. EVITAR CUIDADO Sedentarismo Atividades monótonas Álcool Drogas
  31. 31. Higiene sono Conjunto de condições e práticas que promovem o sono contínuo e eficaz...
  32. 32. Higiene sono Auxilia a evitar Distúrbios do sono Melhora a qualidade de Vida Rossini e Rovere 2010
  33. 33. Regule Horários Procure dormir e acordar sempre nos mesmos horários inclusive nos finais de semana e feriados
  34. 34. Atividade física favorece o sono, desde que realizada pelo menos 4 horas antes do dormir
  35. 35. O local de dormir deve ser arejado, silencioso e escuro, com temperatura amena
  36. 36. Colchão e travesseiros adequados, roupas pessoais e de cama macias e adequadas ao clima.
  37. 37. Use o quarto somente para dormir e para o sexo
  38. 38. Desligue a TV pelo menos 30 minutos antes
  39. 39. Ouvir música, conversar com familiares, tomar um banho morno, podem facilitar o relaxamento necessário para o sono
  40. 40. Álcool altera o sono
  41. 41. Esqueça o cigarro!!!! Modere a ingestão de café e chá
  42. 42. SONO & INSÔNIA Sempre que possível evite usar medicamentos para o sono Só use quando receitado e controlado por seu médico de confiança
  43. 43. Imagens – Internet Rosana Rocha www.spaebelezaemcasa.com.br 18 de março de 2016 Dia Mundial do Sono

×