Seguranca viaria implicacoes na saude

745 views

Published on

Palestra proferida pelo Dr. em Epidemiologia no Trânsito Giancarlo Bacchieri na Conferência Regional de Políticas de Segurança no Trânsito em 23/11/2011 na Câmara de Vereadores de Pelotas

Published in: Health & Medicine
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
745
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seguranca viaria implicacoes na saude

  1. 1. Conferência Regional-Política de Segurança no Trânsito da Região Sul do Rio Grande do Sul Acidentes de trânsito. Problema de Saúde Pública! Giancarlo Bacchieri
  2. 2. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! – NO MUNDO• Mais de 1,2 milhões de mortos/ano• Mais de 50 milhões entre feridos graves e sequelados• 90% das mortes ocorrem em países de baixa e média renda (48% dos veículos)• Mais de US$ 500 bilhões/ano em perdas econômicas• Entre 1% e 3% do PIB• Enorme carga financeira nos sistemas de saúde• Sofrimento das famílias Relatório da Situação Mundial para a Segurança no Trânsito - OMS
  3. 3. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!• Acidentes de trânsito matam quem está na plenitude da vida!!!
  4. 4. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! – NO BRASIL• Mais de 40 mil mortos/ano• 53%, entre 15 e 39 anos de idade• Mais de 150 mil hospitalizações, apenas pelo SUS• Sobrecarga em Prontos-Socorros• Enorme carga financeira ao SUS (...e ao contribuinte) – Cerca de 8 bilhões de reais/ano MS - DATASUS - 2011
  5. 5. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!O Brasil gasta, por ano, cerca de 28 bilhões de reais com os acidentes de trânsito.Em zonas urbanas:- Custo médio de um AT – R$ 8.782,49- AT sem vítima – R$ 3.262,00- AT com feridos – mais de 17 mil reais- AT com mortos – R$ 144.478,00 Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA - 2006
  6. 6. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! 45 180 40 160 35 140 N° de hospitalizações (x 1000)N° de mortes ( x 1000) 30 120 25 100 20 Número de mortes 80 Número de hospitalizações 15 60 10 40 5 20 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 ANOS
  7. 7. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! 25Taxa de Mortalidade por 100 mil habitantes 20 15 Brasil 10 5 0 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 ANOS
  8. 8. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! 25Taxa de Mortalidade por 100 mil habitantes 20 15 Brasil RS 10 5 0 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 ANOS
  9. 9. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! 25Taxa de Mortalidade por 100 mil habitantes 20 15 Brasil RS Pelotas 10 5 0 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 ANOS
  10. 10. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!Taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes: • Brasil – 21,3 (2010) • RS – 21,3 (2010) • Pelotas – 22,2 (2010) • Holanda – 4,8 (2006) • Japão – 7,1 (2006) • Canadá – 8,0 (2006) • Austrália – 7,2 (2007) • Portugal – 8,0 (2006) • Colômbia – 13,3 (2007)
  11. 11. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!– EM PELOTAS: • Mortes no trânsito – 81 (2007) – 62 (2008) – 73 (2009) – 73 (2010) DATASUS - 2010 • Ocorrências de Acidentes de trânsito – 958 (2007) – 1115 (2008) – 1163 (2009 – 1282 (1º sem/2010) – 2613 (Jan/Jul/2011) Diário Popular
  12. 12. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!– Custos desses acidentes: • 2613 AT de janeiro a julho de 2011 • Valor médio de um AT em zona urbana – R$ 8.782,49 • Mais de 22 milhões e 900 mil reais • 20% deste valor vem dos cofres públicos: Atendimento médico- hospitalar, danos a propriedade pública, atendimento policial, entre outros. • Cerca de R$ 4.580.000,00
  13. 13. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! MUDANÇA DE CONCEITO- Acidentes de trânsito NÃO acontecem por acaso • NÃO são fatalidades; NÃO são “acidentes”; • AT são previsíveis e, por isso, podem ser prevenidos • São passíveis de prevenção • Com ações efetivas, contínuas e rigorosas, baseadas em evidências científicas.
  14. 14. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! 45 40 35N° de mortes ( x 1000) 30 Lei Seca 25 - Diminuição da fiscalização 20 Novo CTB - Afrouxamento das leis 15 - Incentivo para compra de carros e motos 10 5 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 19 19 19 19 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20 ANOS
  15. 15. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública! Conclusões• Ações do poder publico podem, efetivamente, reduzir acidentes de trânsito e salvar vidas• AT podem ser prevenidos, com ações fortes, efetivas e duradouras
  16. 16. Acidente de trânsito Problema de Saúde Pública!BONS EXEMPLOS
  17. 17. Holanda
  18. 18. Japão
  19. 19. Canadá
  20. 20. Austrália
  21. 21. Colômbia
  22. 22. Portugal
  23. 23. O que esses países têm em comum?• Planejamento de redução de AT baseado em ações efetivas (evidências científicas)• Fiscalização rigorosa e contínua com fortes medidas punitivas• Medidas de moderação de tráfego com mudanças no espaço urbano.• Forte incentivo ao uso de transporte não motorizado (bicicletas) e prioridade total ao pedestre• Transporte público barato e de qualidade• Desestímulo ao uso do automóvel
  24. 24. O que esses países têm em comum?Todos transformaram grande parte do espaço públicoem áreas de convivência, facilitando a mobilidadeurbanaPor isso, Amsterdã, Toronto, Sidney, Bogotá, entreoutras, são consideradas cidades com a melhorqualidade de vida do mundo....E Pelotas, porquê não?

×