Modelo relatório evento

36,572 views

Published on

Marcos,
Envio sugestão de Relatório de Evento para tua apreciação, conforme solicitado pelo Diego.
Roberto Reis

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
36,572
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
297
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Modelo relatório evento

  1. 1. Relatório do Evento Curso Essencial de Justiça de TransiçãoResumo do evento Sumarizar o evento e descrever as atividades realizadasLocal e data de Apontar local e data de realizaçãoexecução Detalhar todos os serviços prestados pela empresa de eventos, elencando-os da seguinte maneira: a) equipamentos e materiais utilizados; b) hospedagem e alimentação;Serviços prestados pela c) recursos humanos – descrever quantas pessoas da empresa de eventos compareceram para auxiliar e suasempresa funções. Quando o evento for de grande porta, a descrição poderá ser resumida; d) locações realizadas – descrever se houve locação de carros ou outros serviços; e) demais elementos presentes no evento.Publicações Apontar necessidade de publicações referentes ao evento, com tiragem, modelo e outras observaçõesCondições dos Emitir avaliação sobre os equipamentos utilizadosequipamentosData da emissão da Inserir a data da emissão e o valor da faturanota e valor da faturaQualidade dos serviços Emitir avaliação sobre a qualidade dos serviços prestados pela empresa, detalhando atendimento e condiçõesprestados de apresentação dos serviços Demonstrar se e em que medida o evento correspondeu à expectativa referida na requisição e quais osAvaliação dos resultados ocorridos ou esperados a partir de sua realização, anexando, quando houver, cópia dosresultados documentos de avaliação dos participantes, lista de freqüência e outros documentos correlatosObservações ou Quaisquer observações ou sugestões que a área entender necessáriassugestõesData: Assinatura e carimbo:
  2. 2. Relatório do Evento Curso Essencial de Justiça de Transição1. RESUMO DO EVENTOCURSO O Curso Essencial de Justiça de Transição foi realizado nos dias 29, 30 e 31 de outubroe 1º de novembro, das 09h00 às 19h00, no Hotel WINDSOR MIRAMAR HOTEL, Av. Atlântica,3668, Copacabana, Rio de Janeiro – RJ, CEP 22070-020, incluindo almoço, coffe break etraslado ida e volta para os hóspedes do Windsor Plaza Hotel. O curso foi realizado em parceria com o Centro Internacional para a Justiça deTransição (ICTJ), a Agência Brasileira de Cooperação (ABC/MRE) e o Programa das NaçõesUnidas para o Desenvolvimento (PNUD). O objetivo do Curso é propiciar aos participantes intercâmbio de conhecimentos eexperiências na implementação de políticas e programas de justiça de transição que estejamde acordo com as melhores práticas internacionais. O Curso abordou temas gerais, mecanismos e estudos de caso no campo da justiçatransicional, focado nos seguintes temas: (a) mecanismos de judicialização; (b) comissões daverdade; (c) programas de reparação; (d) mecanismos de depuração; (e) iniciativas de reformainstitucional. As aulas foram ministradas em espanhol, com facilitadores para os falantes deportuguês; o material de leitura conterá textos em inglês e espanhol.INFORMATIVO DO CURSO CURSO ESSENCIAL DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO 28 DE OUTUBRO A 02 DE NOVEMBRO DE 2009 – Rio de Janeiro/RJ ***************************************************CURSO GENERAL EN JUSTICIA TRANSICIONALEl Centro Internacional para la Justicia Transicional(ICTJ), en asociación con el Ministerio deJusticia de Brasil, el Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo y la AgenciaBrasileña para la Cooperación (Ministerio de Relaciones Exteriores), tienen el agrado deanunciar que están abiertas las inscripciones para el Curso General en Justicia Transicional :un taller intensivo de tres días en justicia transicional.
  3. 3. FECHAS Y LUGAREl curso se llevará a cabo del 29 de octubre al 1 de noviembre de 2009, y será desarrollado porICTJ en asocio con la Comisión de Amnistía del Ministerio de Justicia de Brasil en Rio deJaneiro.OBJETIVOEl curso busca proporcionar a profesionales los conocimientos necesarios para concebir eimplementar políticas y programas de justicia transicional que sean acordes con las mejoresprácticas internacionales. El programa está dirigido a funcionarios en la mitad de su carrera ode alto nivel de gobierno federal, jueces, procuradores, ONG, fundaciones, y universidades enBrasil, que deseen emprender un curso intensivo sobre los últimos desarrollos en esteimportante campo.El curso está también abierto a la participación de profesionales de otros países de hablaportuguesa y de Latinoamérica.TEMASEl curso cubrirá temas generales, mecanismos y estudios de casos en el campo de la justiciatransicional. Algunos de los temas en los que se focalizará son: mecanismos de judicialización,comisiones de la verdad, programas de reparación, mecanismos de depuración, e iniciativas dereforma institucional. Explorará la interrelación entre los esfuerzos de alcanzar la justicia y larendición de cuentas, la aplicación actual de estas políticas en temas claves en Brasil,incluyendo el acceso a la información, archivos y memoriales.COSTOEl costo del curso será cubierto por el Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo, porla Comisión de Amnistía del Ministerio de Justicia de Brasil y por la Agencia Brasilera deCooperación.MATERIALESA su arribo al curso, los participantes recibirán una carpeta con CD incluido, con materiales ylecturas básicas en justicia transicional.VIAJE Y ALOJAMIENTOLos viajes y alojamientos serán organizados por el Ministerio de Justicia de Brasil e AgênciaBrasileira de Cooperação do Ministerio de Relações Internacionais.PROCESO DE APLICACIÓNEl curso será dirigido a agentes de los Gobiernos Federal, Estatal y Municipal, miembros delPoder Judicial, de las Fiscalías (Ministerio Público Federal y Estatal) y de la sociedad civil, contrabajos relacionados con la Justicia Transicional en Brasil o en sus países de origen.El número de plazas es muy limitado y todos los participantes recibirán una beca completa paraparticipar en la actividad. Algunas becas estarán reservadas para autoridades invitadas y otrasestarán dirigidas a quienes sean admitidos en el curso.LOS PROFESORESUn equipo de personal de alto grado dictará el curso, incluyendo a Javier Ciurlizza, director delas Américas del ICTJ; Eduardo González, director del Programa de Verdad y Memoria; y LouisBickford, director de la Unidad de Políticas Públicas y Sociedad Civil, también del ICTJ.Javier CiurlizzaDirector, ICTJ Américasjciurlizza@ictj.orgJavier Ciurlizza es Abogado de la Pontificia Universidad Católica del Perú y magíster en políticade la Universidad de Warwick, Inglaterra. Fue secretario ejecutivo de la Comisión de la Verdady Reconciliación del Perú y luego director del Instituto de Democracia y Derechos Humanos de
  4. 4. la Universidad Católica. Anteriormente fue Jefe de Gabinete del Ministerio de Justicia y asesorlegal para la Cancillería peruana en la extradición del ex Presidente Alberto Fujimori. Haasesorado a procesos de comisiones de la verdad y procesos judiciales en Paraguay, Kenia,Indonesia y Liberia. En ICTJ, ha sido director del programa Colombia, director adjunto para lasAméricas, y actualmente director regional.Louis BickfordDirector de la Unidad de Políticas Públicas y Sociedad Civil, e integrante del equipo global deVerdad y Memorialbickford@ictj.orgInterés especial: Memoria y memorialesLouis Bickford es politólogo, director de la Unidad de Políticas Públicas y Sociedad Civil, eintegrante del equipo global de Verdad y Memoria del Centro Internacional para la JusticiaTransicional. Ha trabajado como consultor de activistas en derechos humanos, movimientos deoposición y organizaciones gubernamentales y no gubernamentales en el desarrollo deestrategias para enfrentar el legado de violaciones de derechos humanos en numerosos paísesincluyendo Birmania, México y Nigeria. Fue Director Asociado del programa de EstudiosGlobales y catedrático de la Universidad de Wisconsin, Madison. Trabajó como consultor de laFundación Ford en Chile y como investigador invitado de la Facultad Latinoamericana deCiencias Sociales-FLACSO. Obtuvo un doctorado en la Universidad de McGill (1997) y unaMaestría en el New School of Social Research (1993), ambos títulos en ciencia políticas, yrealizó estudios adicionales en la Universidad de Oslo, Noruega. Ha publicado textos enHuman Rights Quartely y Latin American Research Review, y contribuido con artículos paradistintos libros tales como The Art Of Truth-telling about Authoritarian Rule (2005). Actualmentees profesor adjunto en la Universidad de Wagner en Nueva York y del programa de postgradoen Relaciones Internacionales (GPIA) del New School for Social Research.Eduardo GonzalezDirector, Programa de Verdad y Memoriaegonzalez@ictj.orgEduardo González es peruano, sociólogo y magister graduado de la New School for SocialResearch en Nueva York. Participó como observador de la sociedad civil en la ConferenciaPlenipotenciaria de la ONU que aprobó el Estatuto de Roma de la Corte Penal Internacional, en1998. Luego, como integrante de la Coalición de ONGs por la Corte Penal Internacional, dirigióuna vigorosa campaña por la ratificación del Estatuto en los países de Africa, Asia y AméricaLatina.Durante la fase final del régimen encabezado por Alberto Fujimori, volvió a su país y se integróa la Comisión de Verdad y Reconciliación, establecida para esclarecer la historia de 20 años deconflicto interno y autoritarismo. En ella, dirigió la Unidad de Audiencias Públicas y el Programade Protección de Víctimas y Testigos, y luego fue integrante del Comité Editorial que tuvo a sucargo la redacción del Informe Final de la Comisión, presentado en 2003.Actualmente es asociado principal del Centro Internacional por la Justicia Transicional enNueva York. Su trabajo ha incluido el apoyo técnico a iniciativas de justicia transicional enTimor Oriental, Indonesia, Colombia y Marruecos, e incluye la coordinación de una coalición deantiguos integrantes de comisiones de la verdad, que presta apoyo técnico a países que hancreado o consideran la creación de comisiones de la verdad.Leonardo FilippiniConsultor de Acusacioneslfilippini@ictj.orgProveniente de Argentina, obtuvo una licenciatura en Derecho en la Universidad de BuenosAires, y un LLM de la Universidad de Palermo. Su experiencia profesional combinanombramientos de empleados en diversos tribunales y la labor de promoción de lasorganizaciones de derechos humanos. Durante 2004-5 fue socio Hubert H. Humphrey deUniversity of Minnesota. Actualmente, es candidato a LLM en Yale Law School.
  5. 5. Paulo AbrãoPresidente de la Comisión de Amnistía de Brasilpaulo.abrao@mj.gov.brPresidente de la Comisión de Amnistía de Brasil del Ministerio de la Justicia la RepúblicaFederativa de Brasil. Obtuvo Doctorado en Derecho por la Pontificia Universidad Católica deRío de Janeiro y es profesor de la Facultad de Derecho de la Pontificia Universidad Católica deRio Grande do Sul. Consultor del Ministerio de Educación de Brasil. Participó en la misión deimplementación de la Universidad de Cabo Verde y de la misión brasileña en la Organizaciónde Estados Americanos (OEA) sobre la Ley de Amnistía en Brasil. Ha publicado varias obrasen las areas de educación y de derechos humanos. INFORMES GERAISPASSAGENS Passagens Nacionais: Srta. Tatiana Tannus; tatiana.tannus@mj.gov.br ; (61) 20253161ou Srta. Evelin Ferreira; evelin.ferreira@mj.gov.br ; (61) 20259400. Passagens Internacionais e traslado: Sr. Márcio Cambraia;marcio.cambraia@mj.gov.br ; (61) 20253161.TRASLADO Ao chegar no aeroporto do Rio de Janeiro/RJ, procure nossa recepcionista que estarácom um cartaz escrito MINISTÉRIO DA JUSTIÇA: MINISTÉRIO DA JUSTIÇA O traslado funcionará somente do dia 28 de outubro a 02 de novembro atendendo oaeroporto internacional do Galeão (GIG) e Santos Dumont (SDU) e traslado entre o WindsorPlaza Hotel e o Windsor Miramar Hotel. Qualquer problema, favor contatar o Windsor Miramar Hotel: (21) 21956218 / 08 ou21956200, “Sala de Apoio do Ministério da Justiça”. Responsável: Sr. Márcio Cambraia; marcio.cambraia@mj.gov.br emncambraia@gmail.com ; (61) 93040027 .HOSPEDAGEM O seu hotel é o Windsor Miramar Hotel, Av. Atlântica, 3668 – Copacabana, Rio deJaneiro/RJ , CEP. 22070.001 – Tel. 55 (21) 21956200 Fax 25213294. A hospedagem inicia às 14h00 do dia 28 de outubro e finda às 12h00 de 02 denovembro de 2009, dias extras ou reserva para acompanhantes deverão ser agendadosdiretamente com o hotel e correrão por conta do participante. Qualquer problema ligar para o Windsor Miramar Hotel: (21) 21956218 / 08 ou21956200, “Sala de Apoio do Ministério da Justiça”. Responsável: Sr. Roberto Reis; roberto.reis@mj.gov.br e robertreis@gmail.com ; (61)92932095.
  6. 6. REFEIÇÕESWINDSOR PLAZA HOTEL: (Av. Princesa Isabel, 263 – Copacabana)- Jantar: Dia 28/10 e 01/11 - somente hóspedes do Plaza;- Almoço: Dia 01/11 (somente hóspedes do Plaza).WINDSOR MIRAMAR HOTEL: (Av. Atlântica, 3668, Copacabana)- Jantar:Dia 28 e 01/11 – Somente os hóspedes do Miramar;Dias 30, 31 (todos 60 participantes do curso).- Almoço:Dias 29, 30, 31 (todos 60 participantes do curso).Dia 01 – Somente os hóspedes do Miramar.SOFITEL: (Av. Atlântica, 4240 – Copacabana)- Jantar Especial no restaurante Atlantis: Dia 29 - todos 60 participantes do curso.Despesas extras não estão cobertas pelo evento assim como serviço de Internet, bar e quarto. PROGRAMAÇÃODia 28/10/09Chegada dos convidados do Curso.20h – Jantar. PROGRAMA DEL CURSOPRIMER DÍA: jueves 29 de octubre.8.30 hrs. INSCRIPCIONES DE LOS PARTICIPANTES9.00 hrs. INAUGURACIÓN Mesa de apertura Tarso Genro, Ministro de Justicia de Brasil Paulo Abrão, Presidente de la Comisión de Amnistía de Brasil Javier Ciurlizza, Director para las Américas del ICTJ9.40 hrs. INTRODUCCIÓN Teoría y práctica de la justicia transicional Louis Bickford11.00 hrs. MODULO UNO Búsqueda de la verdad Eduardo Gonzalez12.30 hrs ALMUERZO Hotel Windsor Miramar Restaurante Ancoradouro Praia de Copacabana Av. Atlântica, 3668 – 3º Andar14.30 hrs MODULO DOS Reparaciones Javier Ciurlizza
  7. 7. 16.00 hrs EJERCICIO GRUPAL17.00 hrs COFFEE BREAK17.20 hrs MODULO TRES Judicialización Leonardo Filippini20.30 hrs CENA INAUGURAL Hotel Sofitel Rio de Janeiro Restaurante Atlantis Praia de Copacabana Av. Atlântica, 4240, Nível DSEGUNDO DÍA: viernes 30 de octubre9.00 hrs EJERCICIO GRUPAL10.00 hrs ESTUDIO DE CASO 1 Cono Sur Leonardo Filippini11.30 hrs ESTUDIO DE CASO 2 Brasil Paulo de Tarso Vannuchi Paulo Abrão Pires Junior Marlon Alberto Weichert13.00 hrs ALMUERZO Hotel Windsor Miramar Restaurante Ancoradouro Praia de Copacabana Av. Atlântica, 3668 – 3º Andar14.30 hrs MODULO CUATRO Reformas institucionales y garantías de no repetición Javier Ciurlizza16.00 hrs COFFEE BREAK16.20 HRS ESTUDIO DE CASO 3 Colombia y Perú Javier Ciurlizza18.00 hrs TALLER 1 Acceso a la información y construcción de archivos y memoriales Louis Bickford19.30 hrs CENA Hotel Windsor Miramar Restaurante Ancoradouro Praia de Copacabana Av. Atlântica, 3668 – 3º AndarTERCER DÍA: sábado 31 de octubre
  8. 8. 9.00 hrs TALLER 2 Leyes de amnistía: derecho internacional práctica latinoamericana Leonardo Filippini10.00 hrs TALLER 3 Depuración y lustración Eduardo Gonzalez11.00 hrs ESTUDIO DE CASO 4 Sudáfrica Eduardo Gonzalez12.30 hrs ALMUERZO Hotel Windsor Miramar Restaurante Ancoradouro Praia de Copacabana Av. Atlântica, 3668 – 3º Andar14.30 hrs PRESENTACIÓN ESPECIAL Tribunal Internacional para La Justicia Restaurativa en El Salvador José Maria Tomas, Benjamin Cuellar, Jose Ramon Juani y Paulo Abrão Pires Junior16.30 hrs COFFEE BREAK16.50 hrs EJERCICIO GRUPAL Retroalimentación y próximos pasos18.00 hrs DEBATE GRUPAL Justicia transicional: estado del campo18.30 hrs CONCLUSIONES19.30 hrs CENA Hotel Windsor Miramar Restaurante Ancoradouro Praia de Copacabana Av. Atlântica, 3668 – 3º AndarDia 01/11/0914h – Reuniões setoriais com os palestrantes, convidados e representantes de instituições internacionais.Dia 02/11/0912h – Check out e partida dos convidados do curso, do Rio de Janeiro/RJ. ***************************************************O CURSO E O PÚBLICO ALVO A princípio, o programa do Curso Essencial em Justiça de Transição está dirigido afuncionários que estejam em início de carreira no alto nível do governo e do poder judiciário,participantes de organizações não-governamentais, fundações e universidades brasileiras,além de profissionais de outros países da América Latina e países de língua portuguesa.
  9. 9. A Comissão de Anistia, além de partícipe da organização do curso, já implementaações pontuais na área da justiça transicional, e terá presença no Curso por meio de seusfuncionários e alguns de seus funcionários. Os Conselheiros por lidarem com as questõesprocessuais no julgamento semanal dos requerimentos de anistia autuados pelo Órgão etambém por alguns deles terem se tornado, em seus Estados e no cenário nacional,referências nos temas que perpassem pela questão da anistia. É ideal que a participação dos funcionários da Comissão de Anistia seja aliada aoobjetivo do Curso. Portanto, os selecionados serão aqueles que lidam mais de perto com aspolíticas já desenvolvidas pela Comissão na área da justiça de transição, o Projeto Educativo eo Projeto Memorial. Além destes, alguns assessores que trabalham diretamente com opresidente da Comissão de Anistia e que, portanto, necessitam de ampliar seu conhecimentono tema, bem como trocar experiências com todos que estarão participando do Curso. Os agentes públicos também possuem participação estratégica no evento. Trata-se deum segmento composto por órgãos da administração direta e indireta, autarquias, poderjudiciário em suas diversas instâncias, dentre outros. Antes de ocupar altos cargos no exercício de suas funções, os agentes públicos quefarão parte do curso são cidadãos que, como os demais, têm sua existência acompanhada doexercício dos direitos fundamentais e também do direito de participação. Nesse sentido, devemter um perfil de possuidores da capacidade de desenvolver e multiplicar o tema da justiçatransicional nos espaços que ocupam. Trata-se, portanto, de um processo de formação destesagentes. Por isso, preferencialmente deve ser um público jovem, com capacidade dedesenvolver, praticar, implementar ou fomentar políticas com o tema da justiça de transição. Vale destacar a participação dos agentes que atuam no poder judiciário e MinistérioPúblico, órgãos responsáveis por sustentar parte dos pilares do estado democrático de direitono Brasil e que tratam, em última instância, da garantia e efetividade dos direitos fundamentaiselencados na Constituição Federal de 1988. A sociedade civil também terá seu espaço no Curso Geral em Justiça Transicional. Aparticipação política da sociedade hoje se manifesta de diversas formas, dentre elas naconsulta quando da tomada de decisões, como por exemplo, referendos e iniciativas popularesde lei. Além disso, por meio do sufrágio, método mais conhecido e divulgado de exercício dacidadania, a sociedade civil também se manifesta como um importante agente destaparticipação. Também pode ser mencionado o controle social, mecanismo contemporâneo àditadura militar, pelo qual a sociedade acompanha, avalia, verifica e “fiscaliza” as ações dopoder público em geral no que tange a execução das políticas públicas. Deve ser mencionada a importância das organizações não-governamentais que atuamcomo sociedade civil organizada e que, em sua maioria, dotadas de autonomia, estimulam a
  10. 10. ampliação da cidadania, a expansão de direitos, a defesa de determinados interesses epromovem o intercâmbio entre si, dentre outros aspectos[1]. Os participantes da sociedade civil e organizações não-governamentais também serãoselecionados de acordo com sua capacidade de ampliar, dar visibilidade ao tema e fortalecer apolítica da justiça de transição no Brasil. As redes acadêmicas e de pesquisa, por sua vez, são importantes neste processomencionado acima, e, portanto, também deverão ter assento no Curso. Aqui há uma soma darelevância destas redes no estímulo e troca de informações e conteúdos acadêmicos com oacesso que se tem hoje no país à Internet, que encurta distância nos níveis nacional einternacional. A importância das redes na otimização das discussões e na troca de experiências nãopode ser descartada, ainda mais pelo diferencial do público acadêmico com relação aosdemais apresentados. Ele se relaciona, preliminarmente, com a educação e formação superiore possui abrangência limitada, em sua maioria, pela Internet, o que o torna muito extenso ecom ampla capacidade de multiplicação e disseminação de idéias.2. LOCAL E DATA DE EXECUÇÃOCURSO ESSENCIAL DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO 28 DE OUTUBRO A 02 DE NOVEMBRODE 2009 – Rio de Janeiro/RJ Windsor Miramar Hotel, Av. Atlântica, 3668 – Copacabana, Rio de Janeiro/RJ , CEP.22070.001 – Tel. 55 (21) 21956200 Fax 25213294. Responsável no hotel: Sr. Roberto Reis,roberto.reis@mj.gov.br , (61) 20259580 - 92932095. Windsor Plaza Hotel, Av. Princesa Isabel, 263 – Copacabana, Rio de Janeiro/RJ , CEP.22011.010 – Tel. 55 (21) 21955500 Fax 25438071. Responsável no hotel: Srta. Kelen Ferreira,kelen.meregali@mj.gov.br , (61) 20259254. A hospedagem inicia às 14h00 do dia 28 de outubro e finda às 12h00 de 02 denovembro de 2009, dias extras deverão ser agendados diretamente com o hotel às expensasdo participante.MAPA
  11. 11. 3. SERVIÇOS PRESTADOSPLANILHA DE CUSTOS:
  12. 12. HOSPEDAGEM Windsor Miramar1. Aline Sueli / Tatiana Tannus (double)2. Ana Maria de Oliveira3. Ana Maria Guedes / Vanda Davi de Oliveira (double)4. Andrea Bolaños Vargas5. Benjamin Cuéllar6. Carlos Hernando Lozano7. Dirce Maria Xavier8. Edson Cláudio Pistori9. Eduardo González10. Eneá de Stutz e Almeida11. Estefanie Robertson12. Faustino Paulo Mandavela13. Fernando Parenti14. Javier Ciurlizza15. José Carlos Moreira Filho16. José Maria Tomás17. José Ramón18. Leonardo Gabriel Filippini19. Louis Bickford20. Marcia Elayne Berbicj de Moraes21. Maria Emilia Guerra Ferreira22. Marina da Silva Streinbruck23. Mário Miranda de Albuquerque24. Marlon Alberto Weichert25. Mônica Bandeira26. Narciso Fernandes Barbosa27. Paula Cuellar28. Paulo Abrão / Marcelo Torelly (double)29. Prudente Mello da Silveira30. Rita Maria de Miranda Sipahi / Alípio Freire (casal)31. Roberta Camineiro Baggio32. Roberto Reis / Márcio Cambraia (double)33. Rodrigo Gonçalves dos Santos34. Sueli Aparecida Bellato35. Victor Cubas Vilanueva Windsor Plaza 1. Carlos Moura 2. Fabio Balestro Floriano 3. Flávia Carlet 4. Ivan Seixas 5. Jair Krischke 6. João Vicente Goulart 7. Joaquim Soares de Lima Neto 8. Kátia Kozicki 9. Kelen Meregali Model Ferreira 10. Kenarik Felipe 11. Leonardo Barbosa 12. Marcelo Oliveira Cattoni
  13. 13. 13. Maurice Politi 14. Pedro Pontual 15. Rosa Maria Zaia Borges 16. Rose Nogueira 17. Vera Rotta 18. Vera Karan 19. Alexandre Garrido da Silva - NOVO Equipe ICTJ: 4+1= 5 Equipe Anistia: 5+2= 7 Inscritos: 11+35 = 46 Total Miramar: 40 Total Plaza: 19 Total por conta própria: 5 Total: 64 Obs.: No primeiro dia pode ser necessária hospedagem para o Ministro e sua assessoria.CRONOGRAMA OPERACIONAL26/10 - segunda-feira (Ponto Facultativo MJ)18h00 – Sr. Roberto Reis e Sr. Márcio Cambraia chegam ao RJ, Windsor Miramar Hotel.27/10 - terça-feira – impressora07h00-17h00 – 1 carro08h30 – Chegada da Sra. Steffani do ICTJ (GIG)09h00 – Impressora (7 dias = 27,28,29,30,31,01,02) instaladas no notebook do Sr. RobertoReis.10h00 - Reunião da coordenação e equipe (Roberto, Márcio, Representante do ICTJ,Coordenadora FJ, Gerente de eventos do Hotel – Josely Marques, (21) 21956208 / 18 / fax 17;Responsável pelas Reservas do Windsor Miramar Hotel e Windsor Plaza Hotel, Ana Gabriela,(21) 21956200 e Coordenador de Transporte.14h00 – Visitação aos hotéis, salas, auditório, quartos (distribuição convidados), restaurantes,etc...16h00 – Organização das pastas e fechamento de planilhas de traslado, refeição, presença,etc...28/10 - quarta-feira (sala de apoio pronta às 06h00 – internet – impressora – móveis, etc...)06h00 - Logística e Sala de Apoio Tom Jobim PRONTA (6 dias = 28,29,30,31,1,2) no hotelMiramar.
  14. 14. Receptivo dos convidados do curso - Coordenador de Transporte e Coordenadora FJ = 2 vanse 1 carro:06h00 – 16h00: 2 Vans (1 GIG e 1 SDU) e 1 carro;16h00 – 02h00: 2Vans (1 GIG e 1 SDU) e 1 carro;- 6 recepcionistas = 3 Bilíngues: 2 nas 2 Vans GALEÃO + 1 Miramar; 3 Recepcionistas: nas 2Vans Santos Dumont + 1 Plaza.06h00-14h00 – bilíngue 1 na van 1 (GIG) e recepcionista 1 na van 2 (SDU);9h00-17h00 – bilíngue 2 no receptivo do Miramar e recepcionista 2 no receptivo do Plaza;14h00-22h00 – bilíngüe 3 na van 1 (GIG) e recepcionista 3 na van 2 (SDU);19h30-21h00 – Jantar = bilíngüe 3 no Miramar e recepcionista 3 no Plaza.29-31/10 – quinta-sábado - Curso do ICTJ07h00 – Café nos hotéis;08h00 – Traslado do Plaza para o Miramar – Coordenador Transporte monitora lista deconvidados, 1 van e 1 carro e 1 bilíngue;07h00-17h00: Van 1 e carro 1;08h00-16h00: bilíngüe 1 no receptivo do auditório.09h00-13h00 e 14h30-19h00 - Curso do ICTJ;12h30-14h00 – Todos almoços no Miramar com todos participantes (29,30,31), bilíngüe 1recepciona convidados (lista);13h00-21h00 – bilíngüe 2;Coffe Break: Dia 29 = 17h00; dia 30 = 16h00; dia 31 = 16h30;17h00-02h00: Van 2 e carro 2;19h00-01h00 – Traslado entre Miramar e Plaza (Van 2);19h30 - Jantar de confraternização de TODOS CONVIDADOS no SOFITEL (dia 29) e noMiramar nos dias (30,31); bilíngüe 2 recepciona convidados (lista). Demais jantares norestaurante dos hotéis respectivos dos hóspedes.01/11 – domingo- Manhã Livre07h00-17h00: Van 1 e carro 1;17h00-03h00: Van 2 e carro 2;12h30-14h00 – Almoço nos respectivos hotéis;
  15. 15. 14h00- 17h00 - Reuniões Setoriais.02/11 - segunda- Embarque convidados do curso - Coordenador de Transporte e Coordenadora FJ, 2 vans e 1carro:05h00 – 15h00: Vans 1 e 2 e carro 1;15h00 – 01h00: Vans 3 e 4 e carro 2;4. PUBLICAÇÕES E MATERIAISBanner:
  16. 16. Bloco:Certificado de Participação:
  17. 17. Certificado de CoordenaçãoCredencial:
  18. 18. Tabela de Recepção Aeroporto:Credencial do Carro:Foram gravados 200 jogos de vídeos do curso (vide planilha de custos).
  19. 19. 5. CONDIÇÕES DOS EQUIPAMENTOSOs equipamentos alugados atenderam satisfatoriamente o evento (vide planilha de custos).6. DATA DA EMISSÃO DA NOTA E VALOR DA FATURA???????????Data da emissão da nota: ???Valor Faturado: R$ 0,00(mil, reais e centavos)Serviços: a) Descrição do serviço de evento: Conforme ordem de serviço nº XXX/20097. QUALIDADE DOS SERVIÇOS PRESTADOSA prestação de serviço foi muito boa, com excelente apoio de técnicos nas áreas demontagem, de gravação de vídeos, operacionalização de áudio e projeções, informática,receptivo, intérpretes bilíngüe, refeições e alojamento, transporte e coordenação.8. AVALIAÇÃO DOS RESULTADOSO evento atingiu seus objetivos e metas, ao reunir especialistas na área de justiça de transiçãointernacional e atores dos meios acadêmico e profissional, que servirão como multiplicadoresdos conhecimentos recebidos. O curso fomentou a troca de experiências em justiça transicionalentre representantes de diversos países, dentre os quais Argentina, África do Sul, Angola, ElSalvador, Colômbia, Peru, Espanha, fortalecendo a cooperação Sul-Sul. Outro resultadopositivo do evento foi a compilação de textos e apresentações dos professores, assim como agravação integral do curso em vídeo que poderá ser disponibilizado ao público interessado.Esse material servirá para difundir conhecimentos e, possivelmente, suscitar maior interessepelo tema no Brasil.A avaliação dos resultados é positiva e sugere a realização de mais uma edição do CursoEssencial de Justiça de Transição para o ano de 2010. LISTA DE PRESENÇA
  20. 20. 9. OBSERVAÇÕES E SUGESTÕESA coordenação e os participantes sugeriram, em avaliação construída coletivamente durante oevento, a realização de um novo curso de justiça de transição para ampliar as possibilidadesde participação da sociedade e estreitar ainda mais os laços de cooperação entrerepresentantes de países que possuem ricas experiências em justiça de transição.Lista de contatos de participantes: NOME PAÍS INSTITUIÇÃO E-mail Cerimonial/GM/M GM Sinara Tofoli J sinara.tofoli@mj.gov.br CA Paulo Abrão CA/GM/MJ Marcelo Torelly CA/GM/MJ Marcio Cambraia CA/GM/MJ marcio.cambraia@mj.gov.br Joaquim Soares de CA/GM/MJ Lima Neto Torutra Nunca Rose Nogueira Mais - RJ Universidade Kátia Kozicki Federal do kkozicki@uol.com.br Paraná Jaime Antunes Arquivo Nacional Marcelo Cattoni mcattoni@gmail.com Universidade Leonardo Barbosa Federal de barbosaesilva.leonardo@gmail.com Uberlândia Núcleo de Maurice Politi Preservação da maurice.politi@googlemail.com Memória Política Maria Emilia Guerra mague@uol.com.br Ferreira Artur Gueiros Leite* Procurador não precisa de Regional da arturgueiros@prr2.mfp.gov.br hospedagem República Ana Miranda anamibasta@gmail.com Câmara Criminal Wagner Gonçalves de Coordenação e wagnerg@pgr.mpf.gov.br Revisão Tiago Modesto Ministério Público tiagomr@prpa.mpf.gov.br Rabelo Federal Ministério Público Ivan Cláudio Marx ivanmarx@prrs.mpf.gov.br Federal Procuradora Gilda Pereira de Federal dos gildacarvalho@pgr.mpf.gov.br Carvalho Direitos do Cidadão Fábio Balestro posterum@gmail.com Floriano Rita Maria de Miranda ritasipahi@yahoo.com.br Sipahi
  21. 21. Débora Macedo Vice-Procuradora Duprat de Britto Geral da deborah@pgr.mpf.gov.br Pereira República Luciana Loureiro de Ministério Público lucianaloureiro@prdf.mpf.gov.br Oliveira FederalCarlos Alberto Gomes Ministério Público aguiar@prrj.mpf.gov.br de Aguiar Federal Andrey Borges de Ministério Público aborges@prsp.mpf.gov.br Mendonça Federal André Casagrande Ministério Público andreraupp@prpa.mpf.gov.br Raupp Federal Alipio Freire alavermelha@hotmail.com Mário Miranda de Associação 64/68 BRA anistia64.68@gmail.com Albuquerque Anistia Beatriz Affonso CEJIL - Brasil affonso@cejil.org Divisão de Direitos Humanos Camila Serrano do Ministério das cserrano@mre.gov.br Giunchetti Relações Exteriores Rosa Maria Zaia Faculdade deBorges *Não precisa rosabrao@yahoo.com.br Direito da PUCRS de passagem Procuradoria daEugenia Augusta G. República - São EFavero@prsp.mpf.gov.br Fávero Paulo Pinacoteca do Marcelo Mattos Estado de São mmaraujo@pinacoteca.org.br Araújo PauloJoão Vicente Goulart dir.adj.financeiro@institutojoaogoulart.org.br Projeto Direito à Memória e à Vera Rotta vera.rotta@sedh.gov.br Verdade - SEDH/PR Tiago Ventura tiaguinho.ventura@gmail.com Universidade Heloísa Starling Federal de Minas vicereitora@ufmg.br Gerais Conselho Estadual dos Ivan Seixas iseixas@uol.com.br Direiros Humanos - São Paulo Juízes pela Kenarik Felipe kenarik@uol.com.br Democracia Instituto de Relações Deisy Ventura Internacionais da deisyflv@gmail.com Universidade de São Paulo Procurador Regional da Marlon Alberto mweichert@PRR3.MPF.GOV.BR República Weichert carlosjordan@PRR3.MPF.GOV.BR Ministério Público Federal
  22. 22. Glenda Mezzaroba UNICAMP gmez@uol.com.br Comissão Internacional de Juristas, Comissão Belisário dos Santos Especial para bsj@rnaves.com.br Jr. Mortos e Desaparecidos Políticos - SEDH/PR Inaki Juaniz PUND/ONU Comissão Especial para Marco Antônio Mortos e marcoantonio@rbmdf.com.br Barbosa Desaparecidos Políticos - SEDH/PR Enea Stutz Professora - UNB eneadestutz@gmail.com Jessie Jane *não Universidade precisa de passagem Federal do Rio de jessie.jane@uol.com.br nem de hospedagem Janeiro Alexandre Garrido da Silva.*Não precisa de FaDir - UFU garridosilva@ig.com.br hospedagem Movimento de Jair Krischke Justiça e Direitos mjdh@terra.com.br Humanos Denise Dora * Não precisa de Ford Foundation d.dora@fordfound.org hospedagem Grupo Tortura Nunca Mais - Bahia, Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Diva Santana Políticos, Comissão Especial para Mortors e Desaparecidos Político - SEDH/PR Fernanda Castro OSISA fernanda.osiangola@gmail.com Fernandes Núcleo de Estudos da paulo_sergio_pinheiro@brown.edu Paulo Sérgio Pinheiro Violência Universidade de São Paulo Aline Salles Santos Vanda Davi deConselheiros Oliveira Ana Maria Guedes Edson Cláudio Pistori Ana Maria de Oliveira Prudente Mello da Silveira Sueli Aparecida
  23. 23. Bellato Narciso Fernandes Barbosa José Carlos Moreira da Silva Filho Roberta Caminero Baggio Luciana Garcia*não precisa de hospedagem Rodrigo Gonçalves dos Santos Márcia Elayne Berbich de Moraes Marina Silva Steinbruck Juvelino Márcio Gontijo Henrique de Almeida Cardoso Virgínius da Franca Javier Ciurliza PER ICTJ jciurlizza@ictj.org Estefanie Robertson ICTJ erobertson@ictj.org Professores Louis Bickford ICTJ lbickford@ictj.orgBRA Eduardo Gonzalez ICTJ egonzalez@ictj.org Leonardo Gabriel ARG ICTJ lfilippini@ictj.org Filippini Centro por la Jose Ramon ESP juanizabogados@icav.es justicia espanha Centro por la justicia espanha e Internac. presidente tribunal Jose Maria tomas ESP tomas_jos@gva.es justiça restaurativa El Salvador Tribunal Internacional de Gloria Giralt de Justiça idhuca@gmail.com García Prieto Restaurativa de El Salvador
  24. 24. Tribunal Internacional de Paula Cuellar Justiça paucuellar@hotmail.com Restaurativa de El Salvador Nac. Comissão Carlos Moura Brasileira de cbjp3@cbjp.org.br Justiça e Paz CA/GM/MJ Roberto Flores dos (CONSULTOR Reis PNUD) consultores CA/GM/MJ Tatiana Tannús (CONSULTOR Grama PNUD) CA/GM/MJ Kelen Meregali Model (CONSULTOR Ferreira PNUD) CA/GM/MJ Flávia Carlet (CONSULTOR PNUD) Investigador Área de Reparaciones Centro Carlos Hernando COL Internacional para chlozanoa@gmail.com CLozano@ictj.org Lozano la Justicia Transicional Dirce Maria Timor Leste xdircemaria@yahoo.com Fernandes Xavier Primera Fiscalía Victor Cubas Superior Penal Villanueva Nacional Andrea Bolaños Ciudad de Vargas Guatemala - andreamilenab@yahoo.com(502) 58343844 GuatemalaABC Tribunal Internacional de Benjamín Cuéllar Justiça benjamincuellar@hotmail.com Restaurativa de El Salvador Centre for the Study of Violence www.csvr.org.za +27 11 403 5102/3 Monica Bandeira and Reconciliation Ricardo Iglesias Juiz del Trinunal raiglesias@hotmail.com Internacional para la Justicia Restaurativa en El Salvador
  25. 25. Peace and Citizenship Sector Faustino Paulo of Development ulika66@yahoo.co.uk Mandavela Workshop in Luanda Procuradoria Fernando Parenti General de pparenti@mpf.gov.ar ArgentinaFOTOS CURSO ESSENCIAL DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO – RJ – 29/10-02/11 DE 2009Entrada do Auditório Palestrantes Professor ParticipantesFilmagem Grupos de Estudo Secretaria (Sala de Apoio)
  26. 26. Coffee Break Divulgação EncerramentoDATA: ASSINATURA:
  27. 27. 10. ANEXOS

×