Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Temperatura das estrelas

327 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Temperatura das estrelas

  1. 1. Radiação Emitida pelas estrelas / Espectros Espectros de duas estrelas de diferentes tipos. Comparando as riscas dos espectros de diferentes estrelas, verifica-se que: • num mesmo espectro as riscas têm intensidade diferente, isto é, umas são mais escuras (mais largas) do que outras; • há riscas que aparecem nuns espectros mas não aparecem noutros; • determinadas riscas aparecem em quase todos os espectros mas nuns são mais intensas (mais escuras) do que noutros; Espectro de uma estrela onde se assinalam os elementos correspondentes a algumas riscas observadas. Espectro de uma estrela branco-azulada. Assinalam-se as riscas de hélio e iões He +. Utilizando aparelhos apropriados (espectroscópios), os astrofísicos têm verificado que há estrelas cujos espectros tem predominância da cor vermelha, azul, violeta, etc. Essa predominância espectral permite determinar a temperatura superficial, composição química ou a cor de uma dada estrela. As estrelas cujos espectros tem predominância da cor vermelha são as mais frias (gigantes vermelhas), enquanto que as azuis são as mais quentes.
  2. 2. O espectro solar, observado com um espectroscópio de alta resolução, apresenta riscas escuras (riscas de Fraunhoffer; esta designação deve-se ao nome do cientista que as descobriu) sobre um fundo brilhante. 1. Como explicar o aparecimento das riscas escuras? 2. Comparar este espectro com os espectros de emissão do sódio, do hélio e do hidrogénio.

×