Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sumário executivo

2,789 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Sumário executivo

  1. 1. SAFECASH CASH Elevador Pitch: Uma plataforma portátil de pagamentos digital lucrando em cada transação financeira. Sumário do NegócioO Safecash é um dispositivo financeiro de propósito geral, isto é, aplicado à qualquer setor que admita uma transaçãomonetária eletrônica, e tem por intenção eliminar, a longo prazo, os cartões de débito e crédito. O negócio está centrado emfazer com que o comprador não tenha que enfrentar problemas atuais que existem nas unidades físicas das lojas. Ossupermercados foram escolhidos como sendo o primeiro nicho de mercado abordado, devido à sua relevância social (é umnicho de mercado base, comum a todos os consumidores) e por ser um lugar aonde estes problemas são mais evidentes.As filas, o excesso de senhas em cartões bancários, o processo decisório diante da variedade de marcas para um mesmo item,e o consumo consciente (compra o que pode pagar) são problemáticas solucionadas pela lista de compras virtual, pela senhabiométrica e pelo gerenciador financeiro aplicados à este dispositivo.O dispositivo trará benefícios sociais, econômicos e ambientais. Sociais, na medida que aumenta a qualidade de vidareduzindo o índice de Stress decorrente das filas. Econômicos, possibilitando a redução do índice de inadimplência.Ambientais, diminuindo o uso de papéis em impressões de extratos bancários, cupons fiscais, e papéis-moeda.Por ser uma plataforma financeira, seu poder e lucratividade advirão pelo número de usuários. Serviços extras como umclassificado virtual gratuito pretendem alçar o Safecash à popularização.Longe de ser um gadget, o Safecash substituirá sua carteira de couro tradicional por uma carteira hightech touchscreen dofuturo. Clientes Estratégias de Marketing e VendasOs clientes em potencial serão as pessoas físicas gerais e Ao longo da fase de desenvolvimento, e após o período desupermercados. Com a consolidação do produto, novos patenteação, o produto se envolverá com feiras tecnológicasclientes serão conquistados como por exemplo, cadeias de e concursos de tecnologia. A criação de sites, mídiasrestaurantes, laboratórios farmacêuticos, revendas de impressas com divulgação em edifícios empresariais,automóveis e qualquer outro nicho que venha admitir shoppings centers e dentro dos supermercados,transações financeiras eletrônicas. principalmente na parte das caixas registradoras, constituirão o mix promocional do produto. Modelo de Negócios Mercado AlvoA lucratividade do produto virá de três fontes básicas: Segundo dados divulgados pelo Banco Central do Brasil, no- Vendas. Venda direta do produto ao consumidor final. último ano, os cartões de crédito foram responsáveis por- Publicidade. Exemplo, a Nestlé querendo que os seus cerca de R$: 375,4 bilhões de reais em transações financeirasprodutos presentes na lista de compras virtual sejam melhor (cerca de 10% do PIB brasileiro). Em um futuro não muitovistos que as de suas concorrentes, como a Lacta. distante, estes dados serão divulgados para o Safecash,- Transações Financeiras. Percentual aplicado em cada levando em consideração que o Brasil cresce a uma taxa entretransação financeira feita pelo Safecash. Custo também pago 2,5% e 5% ao ano, este numero de transações financeiraspelas pessoas jurídicas cadastradas no sistema. deve crescer vertiginosamente (principalmente com as olimpiadas e copa do mundo). ConcorrênciaO Safecash é um produto inovador, não possui um concorrente direto, mas uma série de concorrentes indiretos para osserviços abordados. No exterior, existe o Mediacart - carrinhos inteligentes. Neste sistema, o supermercado muda sua infra-estrutura, comprando novos carrinhos e etiquetas com sensores permitindo o usuário, no ato de tirar o produto da prateleira, járegistrar o valor dispendido. O Safecash não deseja que o cliente perca tempo em tirar produtos da prateleira, e nem espera queos clientes sejam obrigados a comprar apenas em grandes redes que tem condições de ter tal infra-estrutura.Os serviços de internet, como internet banking e supermercados delivery dão a facilidade de visualizar saldos e comprar semsair de casa. O Safecash dará a possibilidade de visualizar, aonde quer que o usuário esteja, todos os saldos de todas as contasbancárias ao mesmo tempo com apenas a impressão digital. Quanto aos serviços delivery, apenas algumas poucas e grandesredes já possuem, como o Pão de Açucar. O Safecash permitirá que o cliente compre em várias redes ao mesmo tempo,escolhendo as opções mais baratas em supermercados diferentes. Vantagem CompetitivaO Safecash será um dispositivo hightech, cujo período de desenvolvimento é estimado em 4 anos. A primeira barreira contra osurgimento de concorrentes rápidos será a tecnológica. O Safecash antes de ser lançado no mercado, contará com selos desegurança digital reconhecidos internacionalmente, circuitos miniaturizados para telas touchscreen e banco de dados próprio.A segunda barreira será processual, durante o desenvolvimento será feita a cadastração de todos os itens comercializadospelos supermercados, com suas respectivas informações (fotos do produto, registro no ministério da saúde, prazo de validade,e etc). A terceira barreira será a legal, através da primeira patente criada e operacional no Brasil de uma carteira digitalpropriamente dita. Usando os princípio dos autores Kim e Mauborgne em "A Estratégia Oceano Azul", o Safecash será comouma nau dentro deste oceano, tendo a oportunidade de se tornar um monopólio. Da mesma forma como a Microsoft, oSafecash irá consolidar seus serviços principalmente em empregados de pessoas jurídicas e grandes empresários,fortalecendo sua marca.
  2. 2. SAFECASH CASH Problemas do Clientes (Oportunidades) ProdutoSeja honesto consigo mesmo, quantas vezes sua mente já se O produto em si é um dispositivo eletrônico programável comirritou em enfrentar intermináveis filas? Em um uso de tecnologias de ponta como telas touchscreen, tecladossupermercado, tem fila para os pães, para o setor de frios, e virtuais e leitores biométricos.até para os caixas rápidos. Quantas vezes já não lhe deu A primeira solução do Safecash será mudar o processo devontade de largar as compras e voltar outro dia? Levando compra dos supermercados. Uma lista de compras virtual seráem consideração que ao fazer compras em supermercados o colocada a disposição do consumidor, e seus produtos serãoconsumidor vai até às prateleiras, escolhe um, coloca no comparados, numa mesma fileira, evidenciando a diferençacarrinho, repete o processo, dirige-se até o caixa, tira o entre eles. Perguntas, como por exemplo, "qual o leite queproduto do carrinho, registra, paga, empacota e... coloca contém maior teor de cálcio, maior índice de natas, e com onovamente no carrinho, até chegar ao veículo. Este menor preço" devem ser atendidas neste serviço. O clienteprocesso gera um montante de tempo perdido inadmissível selecionará então todos os itens que deseja, sem estar napara a vida agitada das grandes metrópoles. unidade física do supermercado. Esta seleção seráEste é o berço do Safecash, e resolver esta problemática é o armazenada, e poderá ser classificada como por exemploseu primeiro objetivo de vida. A variedade de marcas "compra mensal". Desta forma o produto lembrará aonaquelas prateleiras é um inconveniente natural e um consumidor o que ele comprou da última vez, e auxiliará emagravante para o desperdício de tempo. O consumo estabelecer um padrão de compras pessoal.consciente é estimulado na era da informação, mas haja O pagamento, que envolve a solução para o segundo objetivopaciência para ler 10 marcas diferentes de um mesmo de vida do Safecash, será realizado em uma tela comcereal, quando se tem uma lista de compras de 50 itens informações sobre as contas bancárias do cliente. No ato dadiferentes. Só neste exemplo, o consumidor teria que parar compra, o cliente verá o saldo disponível em cada conta que500 vezes, e se gastar 10 segundos por cada leitura, são 5000 possua, além do saldo disponivel para seus cartões desegundos ou 1 hora e 23 minutos gastos apenas na escolha créditos, e escolherá em qual delas será débitado. O aceitedos produtos certos. A maior parte das pessoas não fazem desta compra será pelo "passar do polegar", isto é, pelaisso, e consomem pelo menor preço, algumas até nem inserção do polegar no leitor biométrico, eliminando o uso deolham a validade do que está comprando apenas porque isso senhas. Se a compra for parcelada, o cliente visualizaráaflige a nossa paciência natural. também o comprometimento de suas contas bancárias aoO seu segundo objetivo de vida, e o mais importante, é atuar longo do período do parcelamento, e outros dados como rendacomo uma plataforma financeira. É natural encontrar nas mensal e fluxo de caixa, e permitirá fazer ajustes na compracarteiras dinheiro eletrônico em forma de cartões (seja de adequando-a às condições financeiras. Este gerenciadorcrédito ou débito). Muitos consumidores possuem contas financeiro no ato do pagamento reduzirá a inadimplência. Oem vários bancos, e cada um dos bancos possuem vários supermercado então, empacotará o pedido, e o cliente passaráprodutos (internet banking, phone banking, caixa na unidade física apenas para conferência e retirada de suaseletrônico) cada um com sua respectiva senha. O uso destes compras.cartões implica no decoro destas senhas alfanuméricas. A força e a atratividade deste dispositivo advém da suaAinda neste tema, segundo o Banco Central, até Outubro de popularização. Para tanto, serão fornecidos dois serviços2009, apenas na região da cidade de São Paulo, 4 milhões e extras: classificado virtual gratuito, gerenciador de hobbies.905 mil pessoas entraram no SCPC. Isto representa um O sucesso do Ebay (lucro superior a 2 Bilhões no terceiroíndice de 25% da população da cidade mais rica e produtiva quadrimestre de 2009), indicam que as pessoas temdo pais. Estes dados de inadimplência revelam que um necessidades de compra e venda de artigos gerais. Oquarto dos consumidores compram algo que não pode classificado virtual permitirá o anuncio gratuito destespagar. Um problema real digno de um gerenciador artigos, com uma única diferença, o anúncio será local.financeiro que seja aplicado no ato da compra. Gestão do NegócioAndré Ricardo Menezes Rios, atua como empresário na área de negócios automobilísticos. Cursou durante seis semestresgraduação em Engenharia da Computação pela UEFS, e mudou-se para a Unifacs em busca do curso EngenhariaMecatrônica, onde está a fazer o 4º semestre. Nesta universidade, tem contato prático com a criação de protótiposautomatizados de cunho eletromecânico programável. Possui um excelente nível de compreensão da lingua inglesa. Leitorávido de livros e artigos publicados pela editora Harvard Bussiness Publishing, ostenta certificados do Sebrae . Além disso,acredita que as idéias são grandes quando transformam vidas.Thassyo da Silva Pinto, cursa atualmente 6º semestre de Engenharia Mecatrônica na Unifacs. Possui conhecimentos emsoftwares como Proteus , Solid Works, Autocad 2D e 3D. Domina a língua inglesa. Possui experiência como executivo deeventos e, gerência de recursos humanos como vice-presidente do IEEE, seção Unifacs. 1º lugar do concurso IdéiasInovadoras 2008, promovido pela Fapesb, exercendo atividades na idealização, planejamento e execução de negóciosinovadores. Finanças 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Investimento: R$:100.000,00 Receitas 0 0 0 0 4.990 53.015 (inicial) Custos 0 100 200 300 4.500 4.500 TIR: 318% Fluxo Caixa 0 -100 -200 -300 490 48.515 VPL: R$: 41.760.479,43 *valores em milhares de reais

×