CertificaçãoFlorestalTeixeira de Freitas, Maio de 2012.
Certificação Florestal:        1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia; o que é           (sustentabilidade)?...
Certificação Florestal                 O que é                 Certificação Florestal?03/35
Certificação Florestal        O que é Certificação Florestal?        “É um processo voluntário, no qual uma        organiz...
Certificação Florestal        1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?             Cuyahoga River, final déc...
Certificação Florestal        1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?             Efeitos dos boicotes do i...
Certificação Florestal        1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?             Efeitos dos boicotes do i...
Certificação Florestal          1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?               Efeitos dos boicotes ...
Certificação Florestal          1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?               Efeitos dos boicotes ...
Certificação Florestal         1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?              Fundação do FSC, 1993. ...
Certificação   Florestal        1. Histórico da certificação:                     O que é                     sustentabili...
Certificação Florestal        1. Histórico da certificação:                                        O que é sustentabilidad...
Certificação Florestal        2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?            Produtores primários, extrativista...
Certificação Florestal        2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?             Cadeia de custódia         Fonte:...
Certificação Florestal        2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?             Cadeia de custódia        Fonte: ...
Certificação Florestal        2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?            Cadeia de custódia             Fon...
Certificação Florestal:        3. Impacto no mercado            Revalorização dos produtos oriundos de florestas         ...
Certificação Florestal        4. Principais Certificações no Brasil:             CERFLOR – INMETRO – Normas ISO e NBRs   ...
Certificação Florestal        4. Principais Certificações no Brasil:             FSC - Exemplo de princípio, critério e i...
Certificação Florestal        4. Principais Certificadoras no Brasil:         BRTÜV Avaliações da Qualidade LTDA (CERFLOR...
Certificação Florestal        5. Tipos de certificação?             Individual, de manejo             Em grupo, de manej...
Certificação Florestal        6. O que é exigido? É justo?             Tripé da sustentabilidade             Respeito à ...
Certificação Florestal        7. Como se adaptar?            Certificação em grupo            Adaptação de estruturas da...
Certificação Florestal        8. Operacionalização e custos?           Passo a passo para a Certificação:            Requ...
Certificação Florestal:        8. Operacionalização e custos (quem e como se paga?)            Adaptação mais visitas téc...
Certificação Florestal:        8. Operacionalização e Custos (quem e como se paga?)            Exemplo Suzano-BA: bonific...
Certificação Florestal:        8. Operacionalização e custos (quem e como se paga?)        Evolução de qualidade atrativa ...
Certificação Florestal        9. Principais dificuldades:             Legislação trabalhista, NR 31                 Estr...
Certificação Florestal  10. Papel do profissional de florestas no processo:         Níveis hierárquicos das decisões e da...
Certificação Florestal        10. Papel do profissional de florestas no processo:             Nível Estratégico:         ...
Certificação Florestal        10. Papel do profissional de florestas no processo:             Nível Tático:              ...
Certificação Florestal        10. Papel do profissional de florestas no processo:             Nível Operacional:         ...
Certificação Florestal        Para ler mais:         Cuyahoga River, http://en.wikipedia.org/wiki/Cuyahoga_River        ...
Certificação Florestal        Para ler mais:         Padrão de Certificação do FSC para o Manejo Florestal em Pequena Esc...
Certificação Florestal                     Muito                     Obrigado!              Renato Fernandes              ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Certificação Florestal, maio 2012

1,701 views

Published on

Curso Sobre Certificação apresentado no ECDA e na unidade Pitágoras em Teixeira de Freitas

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,701
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
96
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Certificação Florestal, maio 2012

  1. 1. CertificaçãoFlorestalTeixeira de Freitas, Maio de 2012.
  2. 2. Certificação Florestal: 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia; o que é (sustentabilidade)? 2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado? 3. Impacto no mercado 4. Principais certificações 5. Tipos de certificação 6. O que é exigido (é justo?) 7. Como se adaptar 8. Operacionalização e custos (quem e como se paga?) a. Certificação x barreira não-tarifária b. Evolução de qualidade atrativa para qualidade compulsória 9. Principais dificuldades 10.Papel do profissional de florestas no processo02/35
  3. 3. Certificação Florestal O que é Certificação Florestal?03/35
  4. 4. Certificação Florestal O que é Certificação Florestal? “É um processo voluntário, no qual uma organização busca o reconhecimento, através da garantia dada aos seus clientes e à sociedade, por meio da Certificação, de que seu produto tem origem em florestas adequadamente manejadas, quanto aos aspectos ambiental, social e econômico”. Fonte: Luís Antônio Silva, 2005.04/35
  5. 5. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Cuyahoga River, final década de 1960  Década de 1980 (a década do fogo), levando aos boicotes no Hemisfério Norte, no início dos anos 1990  ISO 14001, início dos anos 1990  Eco-92, Agenda 21, Sutentabilidade  Certificações de grupos de usuários locais de madeira  WARP - Woodworkers Alliance for the Rainforest Protection05/35
  6. 6. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Efeitos dos boicotes do início dos anos 199006/35
  7. 7. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Efeitos dos boicotes do início dos anos 199007/35
  8. 8. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Efeitos dos boicotes do início dos anos 1990, queda da renda nos países produtores 08/35
  9. 9. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Efeitos dos boicotes do início dos anos 1990, queda da renda nos países produtores 09/35
  10. 10. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: de onde surgiu a ideia?  Fundação do FSC, 1993. Brasil foi o país com maior representação.  Abertura da possibilidade de certificação de florestas plantadas no FSC, 1994 => Restrição a plantio em áreas desmatadas após 1994 => Imagens de satélite da Mata Atlântica.  Criação do CERFLOR 2002. 10/35
  11. 11. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: O que é sustentabilidade?11/35
  12. 12. Certificação Florestal 1. Histórico da certificação: O que é sustentabilidade?12/35
  13. 13. Certificação Florestal 2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?  Produtores primários, extrativistas (produtos madeireiros e não-madeireiros)  Processadores  Prestadores de serviço à cadeia  Cadeia de custódia13/35
  14. 14. Certificação Florestal 2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?  Cadeia de custódia Fonte: Loire Consultores14/35
  15. 15. Certificação Florestal 2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?  Cadeia de custódia Fonte: Caminhos da Mudança, IMAFLORA15/35
  16. 16. Certificação Florestal 2. Quem faz parte? Quem pode ser certificado?  Cadeia de custódia Fonte: Caminhos da Mudança, IMAFLORA16/35
  17. 17. Certificação Florestal: 3. Impacto no mercado  Revalorização dos produtos oriundos de florestas tropicais, desde que certificados (resposta aos boicotes)  Diferenciação (maior valorização) de produtos de florestas plantadas, desde que certificados  Facilitação de acesso aos mercados (dos produtos primários e dos produtos finais obtidos a partir de matéria-prima certificada – cadeia de custódia)17/35
  18. 18. Certificação Florestal 4. Principais Certificações no Brasil:  CERFLOR – INMETRO – Normas ISO e NBRs  FSC – Princípios e conceitos – Certificadoras acreditadas  Atenção: Não confundir orgãos acreditadores com certificadoras!18/35
  19. 19. Certificação Florestal 4. Principais Certificações no Brasil:  FSC - Exemplo de princípio, critério e indicadores: Princípio 1 - OBEDIÊNCIA ÀS LEIS E AOS PRINCIPIOS DO FSC P1. O Manejo Florestal deve respeitar toda legislação aplicável no País onde ocorre, os tratados e acordos internacionais dos quais o País é signatário e cumprir com todos os Princípios e Critérios do FSC. P1.c1.O manejo florestal deve respeitar todas as leis nacionais e locais, bem como as exigências administrativas. P1.c1.i1. Não há evidências de descumprimento da legislação aplicável e exigências administrativas. P1.c1.i2. e P1.c1.i3. (aplicáveis apenas a nativas) P1.c1.i4. Qualquer pendência relacionada ao cumprimento da legislação (exemplo: ambiental, legislação que regulamenta o manejo florestal, entre outros) está sendo resolvida ou em processo de resolução, junto às autoridades responsáveis.19/35
  20. 20. Certificação Florestal 4. Principais Certificadoras no Brasil:  BRTÜV Avaliações da Qualidade LTDA (CERFLOR)  Bureau Veritas Certification (FSC e CERFLOR)  GFA Consulting Group (FSC)  IMO - Instituto de Mercado Ecológico (FSC)  Imaflora/Rainforest Alliance - Programa Smart Wood (FSC)  SCS - Scientific Certification System, Inc. Programa Forest Conservation (FSC)  SGS ICS Certificadora Ltda (FSC e CERFLOR)  Skal International - Control Union Certification (FSC)  TECPAR - Instituto de Tecnologia do Paraná (CERFLOR) Fonte: CIFlorestas20/35
  21. 21. Certificação Florestal 5. Tipos de certificação?  Individual, de manejo  Em grupo, de manejo  Conceito de SLIMF  Certificação de cadeia de custódia  Certificação de Produto (ex. FSC Fontes Mistas, pelo menos 70% originado de florestas certificadas)21/35
  22. 22. Certificação Florestal 6. O que é exigido? É justo?  Tripé da sustentabilidade  Respeito à legislação trabalhista, ambiental (o que comprova cumprimento? =>indicador e/ou verificador)  Controle financeiro, comprovando sustentabilidade  Legislação de cada país  Verificadores podem variar entre certificadoras22/35
  23. 23. Certificação Florestal 7. Como se adaptar?  Certificação em grupo  Adaptação de estruturas da fazenda (NR 31)  Adaptação de prestadores de serviço  Adequação ambiental  Consulta e informação a comunidades circunvizinhas e outros stakeholders  Conceito de SLIMF => Muito importante para o Extr. Sul/BA23/35
  24. 24. Certificação Florestal 8. Operacionalização e custos? Passo a passo para a Certificação:  Requerimento e proposta para certificação;  Pré-avaliação (opcional);  Consulta a lideranças locais/regionais - consulta pública;  Auditoria principal;  Relatório e revisão do processo;  Disponibilizar aos interessados um resumo público referente à certificação;  Monitoramento anual;  Renovação da certificação.24/35
  25. 25. Certificação Florestal: 8. Operacionalização e custos (quem e como se paga?)  Adaptação mais visitas técnicas e auditorias – consultores, gestores de grupo (técnicos das empresas) e certificadoras  Diagnóstico (porte), visitas técnicas, recomendações, vistoria=>certificação. Certificação renovada a cada 5 anos. Exemplo para grupo com 2500 ha: R$ 72,80 por hectare por ciclo de 5 anos de certificação ou R$ 14,56 /ha/ano  Adaptação => o x da questão?  Consultoria ou gestão dos grupos => empresas  E as prestadoras, quem paga sua adaptação?25/35
  26. 26. Certificação Florestal: 8. Operacionalização e Custos (quem e como se paga?)  Exemplo Suzano-BA: bonificação de R$ 1,36/m³ de madeira certificada => +- R$ 326,40 por ha/ciclo ou R$ 54,40 por ha/ano (colheita aos 6 anos). Paga e bem, até quando?  Quem paga sempre é o produto !!  Mercador tomador de preço  Lucro supernormal atraindo entrantes  Equilíbrio de preços  Tendência de queda a longo prazo  Certicação versus Barreira Não-Tarifária26/35
  27. 27. Certificação Florestal: 8. Operacionalização e custos (quem e como se paga?) Evolução de qualidade atrativa para qualidade compulsória Gráfico: Nakano e Colaboradores, citados por Cheng, 199527/35
  28. 28. Certificação Florestal 9. Principais dificuldades:  Legislação trabalhista, NR 31  Estruturas na fazenda  Mão-de-obra fixa  Prestadores => certificação, tabelas engessadas  Legislação Ambiental  Entraves na Bahia  Novo Código Florestal28/35
  29. 29. Certificação Florestal 10. Papel do profissional de florestas no processo:  Níveis hierárquicos das decisões e da gestão Nível Estratégico Nível Tático ou Gerencial Nivel Operacional Fonte: HICKS (1986), citado por VALE (2003).29/35
  30. 30. Certificação Florestal 10. Papel do profissional de florestas no processo:  Nível Estratégico:  Escolha da certificação  Definição de diretrizes e metas  Identificação de necessidades de adaptação  Escolha entre certificação individual ou em grupo?  Para quê usar a certificação30/35
  31. 31. Certificação Florestal 10. Papel do profissional de florestas no processo:  Nível Tático:  Consultoria ou emprego?  Definição de táticas e ferramentas para adaptação  Definição de metas, com prazos para adaptação  Criação ou escolha de formulários ou outros controles  Definição de processos e controles  Definição de formas de motivação (certificação é processo voluntário!)31/33
  32. 32. Certificação Florestal 10. Papel do profissional de florestas no processo:  Nível Operacional:  Coordenação e vistoria de obras para adaptação  Preenchimento, recolhimento e verificação da fidedignidade da informação contida em formulários ou outros controles  Verificação de obediência aos processos e sua repetibilidade  Motivação (certificação é processo voluntário!) e cobrança32/35
  33. 33. Certificação Florestal Para ler mais:  Cuyahoga River, http://en.wikipedia.org/wiki/Cuyahoga_River  Certificação Florestal, Luís Antônio Guerra Conceição Silva, 2005 . http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/1431/certificacao_florestal_silva.pdf?s equence=1  O que é certificação florestal?, http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/certificacao_florestal/  Caminhos para a mudança / Sérgio Adeodato – Piracicaba, SP: Imaflora, 2009. 152 p. http://www.imaflora.org/index.php/biblioteca/detalhe/130  Brasil certificado : a história da certificação florestal no Brasil / Imaflora. - Piracicaba, SP . Imaflora, 2005. http://www.imaflora.org/index.php/biblioteca/detalhe/409  Dificuldades para a Certificação Florestal no Brasil. http://www.ciflorestas.com.br/arquivos/doc_dificuldades_brasil_28806.pdf  Certificação Florestal, INMETRO. http://www.inmetro.gov.br/qualidade/cerflor.asp33/35
  34. 34. Certificação Florestal Para ler mais:  Padrão de Certificação do FSC para o Manejo Florestal em Pequena Escala e de Baixa Intensidade - SLIMF - Versão 1.0 http://www.florestascertificadas.org.br/consulta-publica  NR 31 Comentada - http://www.riscorural.com.br/nr-31-comentada  Cristiano Zaranza, Assessor Jurídico da CNA – Palestra sobre NR 31 - http://www.abiove.com.br/palestras/palestra_sojaplus_NR31.pdf  FISCHER, A. Incentivos em Programas de Fomento Florestal na Indústria de Celulose. São Paulo: USP, 2007. 260 f. Tese (Doutorado em Administração) FEA- USP. http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CE8QFjAA&url=http%3A%2F% 2Fwww.teses.usp.br%2Fteses%2Fdisponiveis%2F12%2F12139%2Ftde-04052007- 112459%2Fpublico%2FINCENTIVOSFOMENTOFLORESTAL.pdf&ei=OtPET_XLFaag6QHRz6WsCg&usg=AFQjCNF1OBl fusY7nhEwBQeCyi4mBxAt7Q&sig2=EoBKv3zRa4qgQorfEOY6Cw  BASSO, V. Certificação de Manejo em Programas de Fomento. Viçosa: UFV, 2011. 133P. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) UFV. http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/index.php34/35
  35. 35. Certificação Florestal Muito Obrigado! Renato Fernandes renato.h.fernandes@gmail.com http://www.slideshare.net/RenatoFernandes

×