Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Reinaldo mayer mais

228 views

Published on

Aproveitando vídeos e filmes de curta metragem...

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Reinaldo mayer mais

  1. 1. Reinaldo Mayer Atividade 03: DISCUTINDO FILMES E VÍDEOS Endereço no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=h7aWyG8oi98 No comercial da GOL, a utilização da intertextualidade é visível para provocar o leitor e o levar, de- pois de muitas analogias e reflexões intermediárias, para a proposta do filme, que em linhas gerais é o de uma viagem. A fragilidade da ave é explorada desde os primeiros momentos, no seu deslo- camento em meio á multidão, causando um impacto sensível bem apropriado e que pode revelar – ou não - preocupações ambientais que são comuns no dia-a-dia: o respeito ao diferente e aos ani- mais. A trilha sonora de imediato se incorpora ao personagem – o pássaro – que vai curtindo o seu deslocamento, “longe de casa há mais de uma semana”, enquanto diversos planos cinematográficos são mostrados, como recursos complementares, para valorizar a estratégia criativa. Em nenhum momento quem assiste, como eu o fiz, imagina que o pássaro poderia voar, desconsiderando aquela
  2. 2. “carona”. O espectador julga estar diante de um pássaro inte- ligente, que se desvia das pessoas e entra em um ônibus, co- bre “milhas e milhas” da estrada, sem o temor natural de ser preso ou morto pelos passageiros naturais do veículo. O desenlace final, entretanto, revela duas verdades incontes- táveis, na frase bem escolhida: “Porque viajar de outro jei- to, se você pode voar?”. Ela produz, numa primeira análise, um excelente efeito final, o da desconstrução daquela “inteligência atribuída”. Ao revelar um pássaro que fez uma escolha, não utilizando o seu potencial de voar, para permitir a si outra possibilidade “limitada”. Mas nos permite pensar que, como ele, nós, às vezes, assim o fazemos, viajando pelas estradas de rodagem, com perigos e custos mais altos do que os de uma passagem área. No segundo e melhor momento, se estabelece a proposta final, que de se escolher uma viagem de avião, com a GOL, cuja frase final encaminha diversas soluções, ao afirmar que com a GOL, todo mundo pode voar. A PROPAGANDA nos mostra, com a solução que integra som, imagem, texto e as conotações inter- mediárias, que a aeronave da Gol resolve nossos problemas de deslocamento rápido e confortável e espera que a decisão do espectador em viajar supere aquela escolha do frágil pássaro das cenas anteriores. A produção é rica e foi realizada com maestria, permitindo abordar, além das vantagens e desvan- tagens comparativas para uma viagem, vários valores e contextos: o social, das possibilidades das classes favorecidas viajarem de avião; a cultural, ao contrapor o ser humano com a fragilidade do pássaro e com o recado poético da música; o econômico, ao mostrar que os valores de uma passa- gem aérea vão além de seu atual baixo custo, mostrando o expressivo valor tecnológico do avião, a rapidez e o conforto para cobrir o mesmo trecho percorrido pelo pássaro. As questões que envolvem a intertextualidade neste exemplo despertam, com certeza, atitude críti- ca e reflexiva em relação às diferentes ideias exploradas com o tema. A partir do conhecimento de mundo e de textos assim é que se interpreta e se reconhece o valor da intertextualidade. O vídeo analisado, se for discutido e interpretado desta forma, não só vai estimular o aluno à práti- ca social da leitura midiática, como também o leva a integrar-se à realidade do meio em que vive, com diferentes perspectivas possíveis. Toda reflexão educacional como esta tem o valor de nos transformar gradativamente em indivíduos conscientes e participantes, para entender melhor o contexto social, econômico e cultural em que vivemos, através do conhecimento adquirido. TAREFA DIGITAL SUGERIDA: reprodução sobre o tema “voltando para casa” na forma de quadrinhos ou tirinhas no PIXTON....ou utilizando o recurso “FORMAS” disponível no Word, com imagens capturadas na Internet.

×