Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Saúde e processo migratório: relato de experiência sobre o acesso ao diagnóstico precoce de tuberculose a população imigrante no território da Supervisão Técnica de Saúde da Penha

Loading in …3
×

Check these out next

1 of 8 Ad
1 of 8 Ad
Advertisement

More Related Content

Slideshows for you (18)

More from http://bvsalud.org/ (20)

Advertisement

Saúde e processo migratório: relato de experiência sobre o acesso ao diagnóstico precoce de tuberculose a população imigrante no território da Supervisão Técnica de Saúde da Penha

  1. 1. SAÚDE E PROCESSO MIGRATÓRIO: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O ACESSO AO DIAGNÓSTICO PRECOCE DE TUBERCULOSE A POPULAÇÃO IMIGRANTE NO TERRITÓRIO DA SUPERVISÃO TÉCNICA DE SAÚDE DA PENHA
  2. 2. A Migração tem ganhado relevância na epidemiologia da tuberculose bem como a ampliação do acesso nas unidades de saúde, onde os cuidados dispensados ao longo do tempo tenham continuidade e vínculo Evidenciar através de um relato de experiência, a incidência de tuberculose, a implementação da busca ativa de sintomático respiratório, bem como, acesso ao diagnóstico precoce da doença com estabelecimento de estratégias eficazes para o combate da tuberculose na população imigrante no território da STS Penha.
  3. 3. O Programa Nacional de Controle da Tuberculose, visa garantir acesso ao diagnóstico precoce e tratamento em todos os níveis, sendo uma de suas prioridades as ações de controle da tuberculose. Considerando a atenção primária como a porta de entrada para o sistema, deve-se pensar a articulação de ações qualificadas e resolutivas, centrada na vigilância em saúde e na promoção da qualidade de vida.
  4. 4. Contabilizamos a quantidade de pacientes imigrantes com diagnóstico de tuberculose no território e o número de escarros coletados de Janeiro á Julho de 2018 evidenciou-se um aumento de aproximadamente 20% quando comparado ao ano anterior.
  5. 5. Aprimorando a saúde coletiva por meio de melhorias na implementação da busca ativa de sintomáticos respiratórios na população imigrante e melhorar o diagnóstico de tuberculose no território da STS Penha, diminuindo o número de diagnósticos tardios desta doença buscando ir além das práticas tradicionais considerando tanto o contexto cultural quanto os princípios da organização dos sistemas de saúde locais.
  6. 6. 1.BRASIL. Ministério da Saúde. Manual de recomendações para controle da tuberculose no Brasil [Acesso em 20 de agosto de 2018] Disponível em: http: portal,saúde.gov.br.portal,arquivos.pdf.manual_de_recomendacoes_tb_Brasilia(DF):2011. 2. Martinez V N, Komatsu, N K, De Figueiredo SM, Waldman EA. Equity in health: tuberculosis in the Bolivian immigrant community of São Paulo, Brazil Tropical Medicine & International Health, 2012. 3. Melo R, Campinas L, Multiculturalidade e morbidade referida por imigrantes bolivianos na Estratégia Saúde da Família, 2014 Edna Matsushita 1 Fabiane Silva 1 Gabriela Rocha 1, Marcia Araújo 1, Tatiana Rodrigues 1 1-SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO PAULO / SAS – SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO Á SAÚDE – SECONCI -SP

×