Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Atenção farmacêutica aos pacientes com tuberculose

101 views

Published on

Pôster apresentado no CRICS10, no eixo temático de Gestão do Conhecimento

Published in: Healthcare
  • Be the first to comment

Atenção farmacêutica aos pacientes com tuberculose

  1. 1. Atenção farmacêutica aos pacientes com tuberculosepacientes com tuberculose CRS LESTE – SAS SECONCI Dr. João Rafael Ferraz e Dr. Eloise Gazzaneo AMA/UBS Dr. Humberto Cerruti
  2. 2. Resultado de Tratamento O Brasil possui métodos de diagnóstico modernos e conta com o Programa Nacional de Controle da Tuberculose, implantado pelo Ministério da Saúde para o combate à doença. Ainda assim, ocorre um quantitativo considerável de óbitos e abandonos do tratamento medicamentoso. A região de abrangência da Coordenadoria de Saúde Leste possui uma taxa de 65% de cura dos pacientes de tuberculose, com 9,6% deuma taxa de 65% de cura dos pacientes de tuberculose, com 9,6% de abandono e 3,7% de óbito (TBWeb 04/07/2017). Cura 65% Cura 65% Óbtito 3,7% Óbtito 3,7% Abandono 9,6%
  3. 3. Abandono de Tratamento O tratamento longo, cerca de seis meses, e as possíveis reações adversas causadas pelos medicamentos, contribuem como uma das principais causas Tratamento Longo como uma das principais causas para o abandono do tratamento. Além desses fatores, a melhora do quadro sintomático nos 10 dias iniciais do tratamento medicamentoso causa no paciente a falsa impressão de cura e consequente abandono Abandono do Tratamento Melhora Clínica Reações Adversas
  4. 4. Consulta Farmacêutica O serviço de consulta farmacêutica oferecido nas unidades básicas de saúde do território de Ermelino Matarazzo, visa atender às necessidades dos usuários relacionadas aos medicamentos de forma integrada e contínua, buscando resultados terapêuticos concretos e assumindo o compromisso de melhorar os indicadores de pacientes curados em Tuberculose naindicadores de pacientes curados em Tuberculose na região. Através da atenção farmacêutica, a qual compreende a interação direta do farmacêutico com o usuário, visando uma farmacoterapia racional, e a atuação do profissional junto a equipe multi na prevenção e promoção de saúde, ocorre uma melhor adesão a terapia medicamentosa e a prevenção de novos casos
  5. 5. Acompanhamento Farmacoterapêutico O acompanhamento farmacoterapeutico dos pacientes com tuberculose, garante ao mesmo o esclarecimento em relação à doença, ao tratamento e consequências de não adesão, a orientações quanto ao uso correto dos medicamentos, a identificação e manejo de reações adversas causadas pelos medicamentos tuberculostáticos e análise da efetividade da farmacoterapia. • História Clinica • Uso de outros medicamentos • Resultados e progresso do paciente • Identificar possíveis novos 14 • Reações adversas • Interações medicamentosas • Definir metas • Realizar intervenções farmacêuticas medicamentos • Orientar importância da terapia medicamentosa • Identificar possíveis novos problemas relacionados aos medicamentos Realizar um seguimento individual do paciente Coletar e organizar dados do paciente Identificar problemas relacionados a farmacoterapia Elaborar uma plano de cuidado junto com o paciente 1 23 4 Adaptado de MÉTODO CLÍNICO DE ATENÇÃO FARMACÊUTICA – Correr 2001
  6. 6. Resultados No referencial, verificou-se que o cuidado farmacêutico através da consulta farmacêutica na unidade de saúde, apresenta-se como ferramenta de grande importância para a adesão da terapia medicamentosa. Evidencia-se que a inclusão rotineira da consulta farmacêutica é um mecanismo efetivo no tratamento desses pacientes. A consulta farmacêuticatratamento desses pacientes. A consulta farmacêutica contribuiu para que os pacientes com tuberculose acompanhados na unidade obtivessem 100% de cura, e o aumento significativo de 95 % do tratamento supervisionado na unidade, desde o período inicial no ano de 2016 até os dias atuais.
  7. 7. Conclusões A presença do farmacêutico na equipe de saúde multidisciplinar, prestando um serviço de assistência e promoção a saúde, e a consulta farmacêutica proporcionam maior segurança no uso dos medicamentos, diminuindo a resistência bacteriana e as reações adversas, principal motivo do abandono ao tratamento do paciente com tuberculose. Através do vínculo estabelecido entre profissional e paciente,Através do vínculo estabelecido entre profissional e paciente, ocorre a orientação de forma clara referente as características da doença e do tratamento, reforçando os benefícios do uso regular dos medicamentos e possíveis consequências do uso irregular dos mesmos.

×