Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado de São Paulo

136 views

Published on

Apresentação sobre as Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado de São Paulo

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação no Estado de São Paulo

  1. 1. no Estado de São Paulo Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Subsecretaria de Ciência e Tecnologia Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação
  2. 2. Vantagens Competitivas Vantagens Competitivas Maior Mercado Consumidor da AL Cadeia de Fornecedores Mão de Obra Qualificada Infraestrutura de Nível Mundial Responsabilidade Ambiental Inovação Tecnológica
  3. 3. Inovação Fonte: The Economist, Centro de Liderança Pública e Veja http://veja.abril.com.br/multimidia/infograficos/ranking-de-gestao-dos-estados-brasileiros MUITO BOM BOM MODERADO RUIM CLASSIFICAÇÃO 100 85 65 55 50 45 45 35 35 30 30 30 30 30 25 25 25 20 20 20 15 15 10 10 10 10 10 SP RJ MG RS SC AM PR BA PE CE GO MS MT SE AL DF ES PA PB TO MA RN AC AP PI RO RR
  4. 4. Estado mais desenvolvido do País em Ciência e Tecnologia ● São Paulo responde por 51% de toda a produção científica nacional ● 1% do total arrecadado de ICMS aplicado em pesquisa e tecnologia (Fapesp) – ●1,5% do PIB paulista investido em tecnologia
  5. 5. Institutos de Pesquisa do Estado de São Paulo Instituto Agronômico; Instituto Biológico; Instituto de Economia Agrícola; Instituto de Pesca; Instituto de Tecnologia de Alimentos; Instituto de Zootecnia; Instituto de Botânica; Instituto Florestal; Instituto Geológico; Instituto Geográfico e Cartográfico Instituto de Pesquisas Tecnológicas; Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares Instituto Adolfo Lutz; Instituto Butantan; Instituto “Dante Pazzanese” de Cardiologia; Instituto “Lauro de Souza Lima”; Instituto Pasteur; Instituto de Saúde; Laboratório de Investigação Médica; SUCEN.
  6. 6. Instituições Públicas de Ensino e Pesquisa USP, Unicamp e Unesp Referência Internacional Capital e Interior R$ 1 bilhão de orçamento anual Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) 3 universidades que mais realizam pesquisas científicas no Brasil 21 institutos de pesquisa 28 iniciativas de Parques Tecnológicos (SPTec) Mais de 13% da arrecadação do Estado de São Paulo é investida em educação superior de alta qualidade, pesquisa e desenvolvimento. O Estado também abriga universidades e institutos federais.
  7. 7. Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento do Estado Parques Tecnológicos Fundo Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Rede Paulista de Incubadoras Atendimentos às MPMEs Lei Paulista de Inovação e outras Apoio tecnológico aos municípios Centros de Inovação
  8. 8. Rede Paulista de Incubadoras de Base Tecnológica (RPITec) ● 7 incubadoras possuem credenciamento provisório (Guarulhos, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Botucatu, Sorocaba e São Paulo) ● 1 em processo de credenciamento (Unicamp)
  9. 9. Fundo Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCET) ● Prazo máximo de carência: 24 meses ● Amortização: 36 meses ● Valor limite: R$ 200 mil por empresa Linha de crédito voltada à inovação tecnológica de produtos e processos de micro e pequenas empresas
  10. 10. Demandas – Centros de Inovação • Votuporanga: já concluiu o Estudo de Viabilidade Técnica e Financeira do Plano de Negócios do Centro de Inovação do município • Outros 27 municípios pleiteiam a implantação de Centros de Inovação, sendo que 7 já possuem autorização • Centros de Inovação – empreendimentos que concentram e propiciam a interação entre a pesquisa e o conhecimento , com o objetivo de transpor o conhecimento ao processo produtivo de forma a agregar valor aos produtos e serviços
  11. 11. Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) ● Marco Legal: Decreto 50.504/2006 ● Institui o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos: instrumento articulador que tem por objetivo fomentar, impulsionar e apoiar as iniciativas de criação e implantação dos Parques Tecnológicos. ● Empreendimentos criados e geridos com o objetivo permanente de promover a pesquisa e a inovação tecnológicas e dar suporte ao desenvolvimento de atividades empresariais intensivas em conhecimento.
  12. 12. Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) ● 28 localidades possuem iniciativas efetivas para implantação de parques tecnológicos ● 06 com credenciamento definitivo ● 08 em discussão ● 14 iniciativas com credenciamento provisório
  13. 13. Parques Tecnológicos
  14. 14. Sistema Paulista de Ambientes de Inovação – SPAI Rede Paulista de Incubadoras de Base Tecnológica – RPITec Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica – RPCITec Sistema Paulista de Parques Tecnológicos – SPTec Congrega os ambientes de inovação do Estado de São Paulo Rede Paulista de Núcleos de Inovação Tecnológica – RPNIT
  15. 15. Núcleos de Inovação Tecnológica – NITs ● Um NIT para cada ICTESP ● Gerir a Política de Inovação dos Institutos ● Delega a responsabilidade aos Diretores dos Institutos de Pesquisas – assinar e aprovar licenciamento de patentes, marcas ou desenhos industriais, certificados de propriedade industrial Criado pelo Decreto nº 56.569 de dezembro de 2010
  16. 16. Dificuldades enfrentadas para a implantação dos NITs Conflitos entre a Lei da Inovação com as demais legislações de convênios Pesquisadores vinculados aos Institutos estão envelhecendo não havendo a reposição dos quadros Insegurança jurídica na comercialização de patentes Falta de autonomia
  17. 17. PROPOSTAS Estimulos à Inovação nas ICTESPs Implantar a Rede Paulista dos NITs - RPNits Aparelhar os NITs Estabelecer mecanismos de avaliação e divulgaçãoApoiar parcerias, convênios e transferência de tecnologias Promover intercambio com organismos nacionais e internacionais Promover o intercambio entre os NITs
  18. 18. OBRIGADO Prof. Marcos Cintra Subsecretário de Ciência e Tecnologia Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia www.desenvolvimento.sp.gov.br

×