Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Empresário individual pp

2,969 views

Published on

  • Be the first to comment

Empresário individual pp

  1. 1. EMPRESÁRIO INDIVIDUAL  Empresário individual é a pessoa física que exerce atividade empresarial.  Art. 966 CC: Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços.
  2. 2. NÃO SÃO ATIVIDADES EMPRESÁRIAS    As fundações (fins religiosos, morais, culturais e assistenciais), art. 62, CC; as associações sem fins econômicos, art. 53, CC; as sociedades simples - § único, art. 966, CC “não se considera empresário quem exerce profissão intelectual, de natureza científica, literária ou artística, ainda com concurso de auxiliares ou colaboradores, salvo se o exercício da profissão constituir elemento da empresa”.
  3. 3. ABRANGE AS ATIVIDADES DE: comércio serviço É facultativo para a atividade rural. São excluídos: profissionais liberais regulados por lei especial e profissionais intelectuais de natureza científica, literária ou artística. indústria
  4. 4. Trata-se, portanto, de uma empresa que é titulada apenas por uma pessoa física;  que integraliza bens próprios à exploração do seu negócio, assume responsabilidade ilimitada e em caso de falência responde com seus bens pessoais.  O empresário individual não tem personalidade jurídica, ou seja, mesmo tendo registro no CNPJ, não é considerado pessoa jurídica. 
  5. 5. REQUISITOS PARA SER EMPRESÁRIO INDIVIDUAL  capacidade;  estar livre de impedimentos;  “CC, Art. 967. É obrigatória a inscrição do empresário no Registro Público de Empresas Mercantis da respectiva sede, antes do início de sua atividade.”
  6. 6. RAZÃO SOCIAL E ENQUADRAMENTO TRIUTÁRIO  A empresa (nome comercial) deve ser composta pelo nome civil do proprietário, completo ou abreviado, podendo aditar-lhe um outro nome pelo qual seja conhecido no meio empresarial e/ou a referência à atividade da empresa. EX: Liliam Rodrigues Assessoria Contábil - ME / L.Rodrigues – ME  deverá optar por se enquadrar como microempresa (ME) ou empresa de pequeno porte (EPP), se atendido as exigências contidas em lei, de que trata a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006
  7. 7. - Micro Empresa: fatura até R$ 360.000,00 por ano - Pequena Empresa: fatura de R$ 360.000,00 até R$ 3.600.000,00 por ano. o Atentar quanto à atividade, que deve estar relacionada no Anexo Único da Resolução CGSN n° 58, de 27 de abril de 2009, em função do CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).
  8. 8. ABERTURA, REGISTRO E LEGALIZAÇÃO.  1º JUNTA COMERCIAL – JUCESP - Disciplinado pela IN nº 103, 30 de Abril de 2007  Apresentar o Requerimento de Empresário devidamente preenchido e o enquadramento como ME ou EPP.
  9. 9.   2º SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB Fazer a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. Normalmente as Juntas Comercias tem sistema integrado à RFB e poderá ser feita juntamente com o Requerimento de Empresário.
  10. 10.  3º SECRETARIA DE FAZENDA DO ESTADO SEFAZ-SP Se a empresa exerce atividade industrial ou comercial, fazer a inscrição como contribuinte do ICMS.
  11. 11. 4º PREFEITURA MUNICIPAL  Se a empresa exerce atividade de serviço, providenciar a inscrição na Secretaria de Finanças ou de Fazenda da Prefeitura.
  12. 12.  Depois de efetuar o registro e as inscrições fiscais da empresa e obtido o Alvará de Funcionamento, a empresa poderá iniciar as suas atividades.
  13. 13. DAS – DOCUMENTO DE ARRECADAÇÃO DO SIMPLES.
  14. 14. NOVA MODALIDADE DE EMPRESÁRIO INDIVIDUAL EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA – EIRELI  A Lei nº 12.441, de 2011, instituiu a empresa individual de responsabilidade limitada (EIRELI), acrescentou novos dispositivos ao Código Civil.  É aquela constituída por uma única pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que não poderá ser inferior a 100 (cem) vezes o maior salário-mínimo vigente no País;  Deve-se acrescer obrigatoriamente a frente de seu nome a expressão EIRELI;
  15. 15.  poderá optar por se enquadrar como microempresa ou empresa de pequeno porte, se atendido as exigências contidas em lei;  o empresário pode exercer sua atividade empresarial de forma singular sem comprometer seu patrimônio pessoal;  Com a EIRELI surge a diferenciação entre a pessoa natural do empresário e a pessoa jurídica da empresa.  O empresário individual como pessoa jurídica, passa a ter personalidade jurídica.
  16. 16. ALUNAS: Danielle n 10 Liliam Rodrigues n 23 Michelline n 27 Rebeca n 32

×