Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Crise do Império Português no oriente

A crise do império português no Oriente no século XVI e a ascensão de Espanha

  • Login to see the comments

Crise do Império Português no oriente

  1. 1. A CRISE DO IMPÉRIO PORTUGUÊS DO ORIENTE E A ASCENSÃO DE ESPANHA – Séc. XVI Autoria: Profª Cristina Romba
  2. 2. A crise do Império Português do Oriente no séc. XVI Autoria: Profª Cristina Romba
  3. 3. “A administração era, em geral, deficiente e corrupta. Muitos dos nobres enviados com cargos para o Oriente preocupavam-se mais com o luxo e a ostentação do que com as obrigações do governo. Quase todos os funcionários procuravam obter fortuna, comerciando por conta própria e lesando, muitas vezes, os interesses da Coroa.” Mª Emília Diniz, H istória 8, Ed. O Livro, p. 100,(Adaptado) Autoria: Profª Cristina Romba
  4. 4. Movimento de navios com destino ao Oriente Os naufrágios « Co is a la s tim o s a , e p a ra c ho ra r lá g rim a s d e s a ng ue , é ve r a m ultid ã o d e na us q ue , e m p o uc o s a no s , s e p e rd e ra m p o r c o biç a . (. . . ) Um a d a s c a us a s q ue d e ita a p e rd e r a s na us , e o Re ino , e a Í ia , e nd tud o , é a d e o s q ue na ve g a m ne s ta Ca rre ira s o bre c a rre g a re m a s na us e a s a rrum a re m m a l. » «Tratado das batalhas da nau Chagas» (1539), H istória Trágico- M arítim a Autoria: Profª Cristina Romba
  5. 5. Movimento de navios com destino ao Oriente Autoria: Profª Cristina Romba
  6. 6. Dificuldades no Império Português do Oriente CRONOLOGIA 1526- Cerco a Calecute 1538- 1º cerco a Diu 1542- Abandono de Safim, Azamor e Alcácer Ceguer 1552- Cerco turco a Ormuz 1570- Ataques a Goa, Chaú e Chalé - Revolta nas Molucas contra os Portugueses - Fim do monopólio régio do comércio com o Oriente 1591- Os Ingleses aparecem na Índia 1595- Os Holandeses dobram o Cabo da Boa Esperança Autoria: Profª Cristina Romba
  7. 7. Causas da crise do Império Português do Oriente Extensão e dispersão do Império; Viagens longas e perigosas: - naufrágios (carga excessiva das naus e mau acondicionamento da carga); - ataques de piratas e corsários;  Diminuição do movimento dos navios com destino ao Oriente;  Fim do monopólio régio e abertura do comércio com o Oriente à iniciativa privada. Administração deficiente e corrupta; Autoria: Profª Cristina Romba
  8. 8. Causas da crise do Império Português do Oriente  Necessidade constante de um exército e de uma frota poderosos;  Necessidade crescente de grandes quantidades de metais preciosos;  Endividamento do Estado ao estrangeiro;  Ataques constantes de Muçulmanos e reanimação das rotas do Levante;  Concorrência de outras potências europeias (França, Inglaterra e Holanda);  Crise do comércio na Rota do Cabo. Autoria: Profª Cristina Romba
  9. 9. A ascensão de Espanha Fluxo de metais preciosos a Espanha - séc. XVI Territórios europeus de Filipe II Autoria: Profª Cristina Romba
  10. 10. A Ascensão da Espanha de Filipe II • concentração de vários territórios europeus por via hereditária; • extenso império colonial na América e no Oriente; • grande fluxo de metais preciosos oriundos das suas possessões americanas. A partir da segunda metade do século XVI, a Espanha torna-se a maior potência da época

×