Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Nemathelminthes

4,623 views

Published on

Slide-aula sobre o filo invertebrado dos nematodas - 7º Ano;

  • Be the first to comment

Nemathelminthes

  1. 1. Filo Nematoda (nematelmintos)<br />Autor: Rosbergue Lúcio<br />
  2. 2. Nematoda<br />Nemato – Filamento; helminthes – vermes<br />São vermes de corpo cilíndrico e afilado nas extremidades.<br />Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambientes aquáticos e terrestre. Outras são parasitas de plantas e de animais, inclusive o ser humano. <br />Tamanho variado: de milímetros a mais de 8 metros.<br />
  3. 3. Caracteristicas Gerais<br /><ul><li>Os nematódeos parasitas apresentam corpo revestido por camada resistente.
  4. 4. Sistema digestório completo.</li></li></ul><li>Caracteristicas Gerais<br />Respiração cutânea;<br />Ausência do sistema circulatório;<br />Excreção feita por um tubo “H”.<br />Sistema nervoso ganglionar ventral.<br />Reprodução – maioria dióica, fecundação interna com desenvolvimento indireto;<br />
  5. 5. Ascaris lumbricoides<br />Ciclo de Vida<br />
  6. 6. Atividade Individual<br />Devido ao espalhamento das larvas, febre, dor de barriga, diarreia, náuseas, bronquite, pneumonia, convulsões e esgotamento físico e mental são alguns sintomas que podem se apresentar; dependendo do órgão que foi afetado. Entretanto, em muitos casos a verminose se apresenta assintomática. <br />
  7. 7. Como será que agente se previne dessa tal lumbricoides?<br />Ascaris Lumbricoides<br />Quanto à prevenção, ingerir somente água tratada, lavar bem frutas e legumes antes de ingeri-los, lavar sempre as mãos, não defecar em locais inapropriados, dente outras, fazem parte desta lista. <br />
  8. 8. Ciclo de vida do Ancilostoma duodenale<br />
  9. 9. Ancilostomose – Sintomas e profilaxia<br />Os sintomas podem ser:<br />tosse ou até pneumonia (passagem das larvas pelos pulmões). perturbações intestinais que se manifestam por cólicas, náuseas e hemorragias;<br />As principais medidas de prevenção consistem:<br />construção de instalações sanitárias adequadas, uso de calçados, Além do tratamento dos portadores, é necessária uma ampla campanha de educação sanitária.<br />No tratamento dos doentes, o remédio clássico é o befênio; também são eficazes o pirantel, mebendazol e tiabendazol.<br />
  10. 10.
  11. 11. Oxyurus vermicularis (oxiúro)<br />A coceira acabou, graças aos remédios indicados pelo médico. Ainda Bem! Incomodava muito!<br />Verme causador da oxiurose: coceira anal;<br />Esta verminose é adquirida:<br />Através da chegada dos ovos deste parasita ao aparelho digestivo;<br />Deglutição;<br />Auto infestação.<br />
  12. 12. Ciclo de vida do Oxyurus vermiculares<br />
  13. 13. Sintomas da oxiurose<br />Exceto pelo prurido (coceira) anal e por ocasionais episódios de diarréia a maioria das pessoas não sente nada. Infestações intensas podem causar vômitos, diarréia frequente, inclusive com excesso de gordura nas fezes, prurido anal constante, insônia. Irritabilidade, perda de peso, chegando à desnutrição. <br />
  14. 14. Filariose elefantíase<br />Éa doença causada pelos parasitas nemátodes Wuchereria bancrofti, Brugia malayi e Brugia timori, comumente chamados filária;<br />A doença é conhecida como elefantíase, devido ao aspecto de perna de elefante do paciente com esta doença.<br />Tem como transmissor os mosquitos dos gêneros Culex, Anopheles, Mansonia ou Aedes;<br />Mosquito do gênero Culex<br />
  15. 15. Ciclo da filariose<br />
  16. 16. Filariose<br />
  17. 17. Transmissor<br />Os mosquitos dos gêneros Culex, Anopheles, Mansonia ou Aedes são os mosquitos que podem transmitir esta verminose horrível.<br />Corre!!!<br />
  18. 18. Filariose<br />A forma mais eficaz de se prevenir contra a filariose é com o combate direto aos mosquitos transmissores;<br />
  19. 19. Filariose<br />
  20. 20. Acabou galera!<br />Bons Estudos!<br />

×