Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Movimentos de arte design

1,055 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Movimentos de arte design

  1. 1. UNIVERSIDADE DE CUIABÁ<br />MOVIMENTOS DE <br />ARTE DESIGN<br />DOCENTE: JOANA RESENDE<br />DISCENTE: RENI PEREIRA ALVES<br />
  2. 2. ESCOLABAUHAUS (1919 – 1933)<br />Staatliches Bauhaus é o nome da escola de artes fundada e dirigida por Walter Gropius, em Weimar, Alemanha, em 1919. Nasceu da união da Academia de Belas Artes com a Escola de Artes Aplicadas de Weimar, com a intenção clara de integrar arte e indústria e acabar com a distinção entre artesãos e artistas. A Bauhaus (casa da construção) foi transferida para Dessau em 1926 e para Berlim em 1933, quando foi fechada por Hitler, sob a acusação de ser um reduto comunista. <br />
  3. 3. CARACTERÍSTICAS<br />O paralelismo entre o ensino teórico e prático. <br />O contínuo contato com a realidade do trabalho.<br />A presença de professores criativos.<br />Produtos altamente funcionais e com atributos artísticos.<br />Compromisso de unir todas as formas de arte em um único todo, a exemplo da arte e a indústria, juntando todas as disciplinas artísticas - escultura, pintura, artes e artesanato e ofícios - e fazê-las componentes integrantes de uma nova arte de construir.<br />Manter-se aberto para todos os movimentos de vanguarda, unindo expoentes do cubismo, do construtivismo e da arte abstrata.<br />
  4. 4. PRINCIPAIS OBRAS DE ARTE<br />Obra: Red Oval<br />Autor: Wassili Kandinsky .<br />Ano: 1920<br />Obra: CHAVE QUEBRADA<br />Autor: Paul Klee .<br />Ano: 1938<br />
  5. 5. PRINCIPAIS OBRAS<br />Obra: Primeira Aquarela abstrata, 1910<br />Autor: Wassili Kandinsky <br />Ano: 1910<br />Obra: Ober-Weimar<br />Autor: Lyonel Feininger (1871 – 1956)<br />
  6. 6. Influência no Brasil<br />No Brasil a influência foi com o presidente Juscelino Kubitschek, responsável pela construção de Brasília, um dos maiores modernistas e inovadores. O próprio projeto de Brasília, foi dividido em setores residenciais, governamentais e industriais, separados por largas avenidas e faixas verdes, fez com que a jovem capital se tornasse símbolo de modernidade. Neste sentido o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) é construído em 1951, segundo as diretrizes da Bauhaus. Bem como os edifícios residenciais da Asa Sul e Asa Norte com construções suspensas, modernas, bem ao estilo Bauhaus. <br />
  7. 7. PRINCIPAIS ARTISTAS<br />Walter Gropius<br />Josef Albers<br />Mies Van Der Rohe<br />Marcel Breuer<br />Lyonel Feininger<br />JohannesItten<br />Wassily Kandinsky<br />Paul Klee<br />Gerhard Marks<br />LászlóMoholy-Nagy<br /><ul><li>Georg Muche
  8. 8. HinnerkScheper
  9. 9. OskarSchlemmer
  10. 10. Joost Schmidt
  11. 11. Lothar Schreyer
  12. 12. GundaStölzl
  13. 13. Marianne Brandt
  14. 14. DietmarStarke
  15. 15. Omar Akbar</li></li></ul><li>GRÁFICO AMADOR 1954 e 1961<br />Em maio de 1954, quatro jovens escritores e artistas visuais se reuniram no Recife jovens com a intenção de editar livros com textos literários deles e dos amigos. Com um importante diferencial: tinham que ser elaborados sob cuidadosa forma gráfica, ou seja, autênticas objetos de arte. A produção do Gráfico Amador foi até novembro de 1961. Exatamente no mesmo período em que o então presidente Jânio Quadros renuncia, colocando o Brasil numa grave crise constitucional. <br />
  16. 16. Funcionava na Rua Amélia, n.415, no bairro do Espinheiro, no Recife e, para conseguir manter-se atuante, contava com a colaboração de sócios (chegou a ter 57), entre artistas e intelectuais pernambucanos, que contribuíam com uma cota mensal e recebiam alguns livros por ano.<br />
  17. 17. CARACTERÍSTICAS<br />Era uma oficina experimental de artes gráficas, que se iniciou com uma antiga prensa manual e uma velha fonte de tipos, adquiridos por seus fundadores pela quantia de dez mil cruzeiros.<br />Os livros, em tiragens pequenas e pequenos formatos, eram impressos em tipografia e ilustrados por litografias, clichê em metal, xilogravura, clichê de barbante e pochoir técnica que utiliza papelão vazado.<br />
  18. 18. PRINCIPAIS ARTISTAS<br />Ao criar O Gráfico Amador, Aloísio Magalhães, Gastão de Holanda, José Laurenio de Melo e Orlando da Costa Ferreira estavam iniciando um trabalho que durou sete anos, produzindo mais de trinta livros e folhetos que hoje são referência de excelência gráfica. Entre elas obras de Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto e Hermilo Borba Filho, por exemplo.<br />
  19. 19. PRINCIPAIS OBRAS<br />Obra: Ilustração de Ariano Suassuna.<br />Autor: Livro editado pelo Gráfico Amador<br />Ano: 1955<br />Obra: Capa do livro o Gráfico Amador<br />Autor: Gráfico Amador<br />Ano: n. 01 1955 / n.o2 1961<br />Obra: Capa do livro Anikibobo<br />Autor: Gráfico Amador<br />Ano: 1958<br />Obra: Capa do livro o Aloísio Magalhães<br />Autor: Gráfico Amador<br />
  20. 20. CURIOSIDADE<br />O designer Aloísio Magalhães mais tarde consagrou-se como o primeiro designer gráfico brasileiro de grande projeção, criador dos logotipos do Banco do Brasil e da Petrobrás).<br />
  21. 21. CAMISOLA COM INFLUÊNCIA DO GRÁFICO AMADOR<br />
  22. 22. <ul><li>MACACÃO COM INFLUÊNCIA DA BAUHAUS</li></li></ul><li>CONCLUSÃO<br /><ul><li> Na Escola Bauhaus os produtos são altamente funcionais com atributos artísticos, também o fato de se manter aberto a todos os movimentos de vanguarda, unindo o cubismo, o construtivismo e a arte abstrata. Como pode-se observar na no macacão com traços do cubismo no corpo, arte abstrata nas pernas e sua funcionalidade para o desempenho de diversas atividades.
  23. 23. Já o Gráfico Amador procuravam sempre ter como diferencial que seus objetos de trabalhos se transformassem em autênticas objetos de arte, como pode se observar na camisola com seus traços influenciada com a capa do livro ODE de Suassuna, com as folhas e o olho, no livro do Aloísio Magalhães a renda nas costas representando as gostas de água escorrendo, bem como seus detalhes nas costas, na frente com a borda do livro.</li></li></ul><li>BIBLIOGRAFIA<br />http://www.terra.com.br/istoegente/79/divearte/expo_artes_graficas.htm, acessado em 20/08/2011 às 19h21min.<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Bauhaus, acessado em 20/08/2011 às 20h51min.<br />http://jeocaz.wordpress.com/2009/12/16/bauhaus-revolucao-na-arquitetura/, acessado em 20/08/2011 às 19h21min.<br />http://www.arkitekturbo.arq.br/bau_geral_por.html, acessado em 21/08/2011 às 16h25min.<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Walter_Gropius, acessado em 22/08/2011 às 11h11min.<br />http://www.revistacontinente.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=255%3Agrafico-amador&Itemid=96, acessado em 22/08/2011 às 09h21min.<br />http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Gr%C3%A1fico+Amador&ltr=g&id_perso=1769, acessado em 22/08/2011 às 13h12min.<br />http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=275&Itemid=186, acessado em 22/08/2011 às 19h31min.<br />

×