Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Painel Comemorativo
dos 200 anos do
Nascimento
de Dom Bosco
PropostasPainel Comemorativo
dos 200 anos do
Nascimento
de Dom...
Palavras Chave
Popular,
Abertura a toda a comunidade, com enfo-
que aos mais necessitados e desprotegi-
dos,
Partilha,
Din...
02
A ideia nuclear e seminal para o painel que
aqui se irá propor, é fruto de um desafio
lançado pelo Pe. Pinhal e conceptual...
Nem todos estes elementos estão paten-
tes nesta 1ª idealização/ proposta imaginada
e investida de significado por Dom Bos...
05
06
07
08
09
10
Itens Orçamento
Tendo como principal objectivo o fabrico de um painel
mural de azulejos comemorativo e após solicitação de...
Paróquia de
Nossa Senhorados
Prazeres
Coordenação: Ricardo Rodrigues,
Pintura: Nuno Quaresma,
Oficina deVitral e Azulejari...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

02 pdf para demonstração mural 200 anos d. bosco

468 views

Published on

Projeto para Painel de azulejos comemorativo dos 200 anos do Nascimento de D. Bosco

Published in: Art & Photos
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

02 pdf para demonstração mural 200 anos d. bosco

  1. 1. Painel Comemorativo dos 200 anos do Nascimento de Dom Bosco PropostasPainel Comemorativo dos 200 anos do Nascimento de Dom Bosco Propostas Paróquia de Nossa Senhorados Prazeres
  2. 2. Palavras Chave Popular, Abertura a toda a comunidade, com enfo- que aos mais necessitados e desprotegi- dos, Partilha, Dinâmica nas relaçõesFamília educadora e casa que acolhe, Humanização e personalização, Clima de Alegria e Festa, Criatividade, Empatia e simpatia para com os Jo- vens, Encontro na Fé em Deus Devoção Mariana e sentido de Igreja Alegria, Sonho, Crença, Fé, Educação, Talento, Devoção, Dedicação, Trabalho, Responsabilidade, Amor, Solidariedade, Persistência, Coração… 01
  3. 3. 02
  4. 4. A ideia nuclear e seminal para o painel que aqui se irá propor, é fruto de um desafio lançado pelo Pe. Pinhal e conceptualmente nasceu da observação dos Painéis da Entra- da do Colégio Salesiano de Mogofores, e durante a execução, em conjunto com os Alunos do Articentro e do CAL da SolSal (2010-2011), de uma obra original dedicada a D. Bosco, e que se encontra atualmente em execução com a finalidade de ser en- tregue como oferta coletiva às Oficinas de S. José. A Obra central neste imaginário e tradição é o quadro de Nossa Senhora Auxiliadora, idealizada por Dom Bosco em 1865. É obra do pintor Tommaso Lorenzone (1824- 1902) e Dom Bosco queria a Obra muito maior, pelo que antecipava a sua descrição: “Ao alto, Maria Santíssima entre os coros dos anjos; depois, os coros dos profetas, das virgens, dos santos, dos mártires; no chão, os emblemas das grandes vitórias de Maria e os povos do mundo com as mãos levantadas para ela, como pedido de ajuda”. O pintor observou que o quadro resultaria demasiado grande e, por isso, seria inviável consumar completamente a Obra idealiza- da. Dom Bosco cedeu e aceitou fazê-lo me- nor. Depois de pronto ficou contudo satis- feito e dizia que era uma eficaz representa- ção do titulo de “Maria, Mãe da Igreja”, e uma grande página de catequese mariana. … Nossa Senhora é representada entre nu- vens e anjos, sob o olhar atento de Deus Pai , que projeta a sua luz sobre todo qua- dro.A pomba, símbolo do Espirito Santo, pa- ira sobre a cabeça de Maria. Com a mão di- reita, ela segura o cetro, símbolo de poder, e com a esquerda aperta ao coração o Me- nino Jesus, que tem os braços abertos co- mo que oferecendo sua graça e sua miseri- córdia. Na cabeça, Maria tem uma coroa de doze estrelas, com a qual é proclamada Rai- nha do Céu e da terra. Ela está vestida de vermelho pois é carne, é frágil, humana. O manto é de cor azul porque sobre ela veio a força do alto, conforme lhe tinha sido prometido pelo anjo na Anunciação… 03
  5. 5. Nem todos estes elementos estão paten- tes nesta 1ª idealização/ proposta imaginada e investida de significado por Dom Bosco. Neste painel tenta-se antes, e sem perder de vista a grandiosidade que esta Obra de referência merece, ajustar o conjunto pictó- rico à obra arquitetónica edificada. Ao estudos que aqui se apresentam obede- cem na sua estrutura de composição, a uma ordem simbólica mais rica e complexa, mas justamente porque é a simplicidade que ma- is toca o Coração, as imagens finais explo- ram uma simplicidade que pensamos funcio- nar melhor no espaço onde o painel será montado. NQ Dezembro de 2011 04
  6. 6. 05
  7. 7. 06
  8. 8. 07
  9. 9. 08
  10. 10. 09
  11. 11. 10
  12. 12. Itens Orçamento Tendo como principal objectivo o fabrico de um painel mural de azulejos comemorativo e após solicitação de orçamento para a execução do mesmo, temos o prazer de vos informar sobre o nosso melhor preço Referência Painel comemorativo – Bicentenário do Nascimento de D.Bosco Dimensões 3900 mm x 3900 mm Características Fabricado em chacota 15 x 15 x 8 mm -VidroTR 81 - Fundo velho - Painel com um total de 676 unidades (azulejos) Valor Unitário Foi solicitado orçamento para dois tipos de fabrico: A – Policromado B – Azul CobaltoTradicional Técnica de Fixação (Duas Hipóteses) Executar caixa na parede por forma a encastrar os respectivos azulejos. Este rebaixo terá a profundidade de 11 mm, ou seja 8 mm de espessura da chacota, mais 3mm para aplicar a cola - Mandar fabricar moldura em pedra , colocá-la encastrando-a na parede e à posteriori colar o painel no seu interior. Condições de pagamento Prazo de Entrega Trabalho a executar em aproximadamente 4 meses Montagem do Painel Executado por um empreiteiro com a colaboração e presença de um técnico do fabricante do painel 11
  13. 13. Paróquia de Nossa Senhorados Prazeres Coordenação: Ricardo Rodrigues, Pintura: Nuno Quaresma, Oficina deVitral e Azulejaria: ... Oficinas de S. José, Lisboa, Dezembro de 2011

×