Sugestões de temas para o enem 2011

1,273 views

Published on

Prof.: Pérysson Nogueira

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,273
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
638
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sugestões de temas para o enem 2011

  1. 1. Sugestõespara o ENEM 2011<br />Sugestões de temas para o ENEM 2011<br />União civil entre homossexuais<br />Tragédia no Japão<br />Censo demográfico2010<br />Ascensão da mulher no Brasil<br />Divisão de estados brasileiros<br />Código florestal<br />Fuso-horário no Acre<br />Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil<br />Morte de Osama Bin Laden<br />CHINA<br />AIDS<br />
  2. 2. [Sugestões de temas para o ENEM 2011]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  3. 3. Sugestões de temas para o ENEM 2011<br />ATENÇÃO: SUGESTÕES<br />
  4. 4. [União civil entre homossexuais]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  5. 5. União civil entre homossexuais<br />Em maio, em decisão inédita, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união civil entre os homossexuais. <br />
  6. 6. União civil entre homossexuais<br />A partir da decisão, casais formados por parceiros do mesmo sexo passaram a ter direitos como herança, pensão por morte ou separação e declaração compartilhada do Imposto de Renda (IR), entre outros. <br />
  7. 7. União civil entre homossexuais<br />A conquista pode estimular temas de redação, exigindo que o aluno se posicione. Vale lembrar que também circularam pelo noticiário recente a lei que criminaliza a homofobia e o “kit gay” elaborado pelo Ministério da Educação (MEC).<br />
  8. 8. [Tragédia no Japão]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  9. 9. Tragédia no Japão<br />O terremoto de 9 graus na escala Richter seguido de um tsunami que devastou a costa nordeste do Japão, em março, provocou a mais grave crise nuclear desde o desastre de Chernobyl, há 25 anos, na extinta União Soviética. <br />
  10. 10. Tragédia no Japão<br />Matriz energética do Brasil <br />Por isso, na prova de ciências da natureza, questões sobre energia nuclear devem aparecer. Nesse tema, é importante ter em mente os prós e contras dessa matriz energética e seus impactos ambientais nos países onde é utilizada – inclusive no Brasil. <br />
  11. 11. Tragédia no Japão<br />É bom se preparar também para questões básicas sobre placas tectônicas e desastres naturais.<br />
  12. 12. [Censo demográfico2010]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  13. 13. Censo demográfico2010<br />
  14. 14. Censo demográfico2010<br />
  15. 15. Regiões<br />Entre as regiões do Brasil, a Sudeste continua sendo a mais populosa, com 80.353.724 pessoas, e Nordeste vem em segundo, com mais de 53 milhões.<br />"Entre 2000 e 2010, perderam participação as regiões Sudeste (de 42,8% para 42,1%), Nordeste (de 28,2% para 27,8%) e Sul (de 14,8% para 14,4%). Por outro lado, aumentaram seus percentuais de população brasileira as regiões Norte (de 7,6% para 8,3%) e Centro-Oeste (de 6,9% para 7,4%)", diz o IBGE.<br />Censo demográfico2010<br />
  16. 16. Estados<br />Entre as unidades da federação, São Paulo lidera o ranking com 41.252.160 pessoas. No outro extremo, Roraima é o Estado menos populoso, com 451.227 pessoas.<br />Em uma década, os maiores percentuais de crescimento foram verificados no Amapá (40,18%), Roraima (39,10%) e Acre (31,44%). Já os menores percentuais ocorreram no Rio Grande do Sul (4,98%), Bahia (7,28%) e Paraná (9,16%).<br />Censo demográfico2010<br />
  17. 17. Municípios<br />Em relação aos municípios do Brasil, houve mudanças no ranking dos maiores do país. São Paulo continua sendo o mais populoso (com 11.244.369 moradores), seguido de Rio de Janeiro (6.323.037) e Salvador (2.676.606).<br />Já Brasília pulou de 6º para 4º lugar e Manaus de 9º para 7º. Por outro lado, Belo Horizonte foi de 4º para 6º, Curitiba de 7º para 8º e Recife 8º para 9º.<br />Censo demográfico2010<br />
  18. 18. Homens e mulheres<br />A população brasileira é composta por 97.342.162 mulheres e 93.390.532 homens.<br />Atualmente existem 95,9 homens para cada 100 mulheres --são 3,9 milhões de mulheres a mais que homens. <br />Em 2000, para cada 100 mulheres, havia 96,9 homens.<br />Censo demográfico2010<br />
  19. 19. Censo demográfico2010<br />
  20. 20. [Ascensão da mulher no Brasil]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  21. 21. Ascensão da mulher no Brasil<br />Desde janeiro, o Brasil é presidido por uma mulher – fato inédito em nossa história. A conquista deDilma Rousseff pode ser vista como mote para abordar a ascensão da figura feminina na sociedade. <br />
  22. 22. Ascensão da mulher no Brasil<br />Mais uma vez, tabelas e gráficos podem aparecer e o assunto pode ser, inclusive, tema de redação.<br />
  23. 23. [Divisão de estados brasileiros]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  24. 24. Divisão de estados brasileiros<br />O Pará é o segundo maior Estado do país, atrás somente do Amazonas. Santarém, por exemplo, fica a quase 1.500 km de Belém. Com a estrutura política que acompanha a formação de um Estado, será mais fácil, segundo os separatistas, direcionar recursos federais para as regiões mais distantes da capital.<br />Já os opositores acreditam que a separação, ao contrário, vai piorar os indicadores sociais das cidades paraenses, que estão entre as mais violentas e pobres do país. Além disso, eles apontam interesses políticos e econômicos na repartição.<br />
  25. 25. Divisão de estados brasileiros<br />
  26. 26. De acordo com o projeto, o Pará ficaria com 78 cidades (17% do território), 4,6 milhões de habitantes e 56% do Produto Interno Bruto (PIB), ou R$ 32,5 bilhões. Tapajós, na região oeste, teria como capital Santarém, incluindo 27 cidades (58% do território), 1,2 milhões de habitantes e 11% do PIB (R$ 6,4 bilhões). Carajás, ao sul, cuja capital seria Marabá, contaria com 39 cidades (25% do território), 1,6 milhões de habitantes e 33% do PIB (R$ 19,6 bilhões).<br />Desde o século 19 há movimentos em defesa da criação do Tapajós, que quase chegou a ser oficializado na Assembleia Constituinte de 1988, junto comTocantins. A separação de Carajás tem à frente pecuaristas e empresários do setor de mineração. Mas o fator decisivo para aprovação será o convencimento dos moradores de Belém. A capital concentra o maior foco de resistência à divisão do Estado.<br />O resultado do plebiscito será encaminhado ao Congresso. De acordo com a Constituição, a criação de Estados e territórios depende da aprovação de uma lei complementar.<br />Divisão de estados brasileiros<br />
  27. 27. [Código florestal]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  28. 28. Código florestal<br />Além de dividir opiniões de ruralistas e ambientalistas, o assunto não é consensual dentro do próprio governo e permanece nebuloso para a sociedade civil. <br />
  29. 29. Código florestal<br />
  30. 30. Código florestal<br />
  31. 31. [AIDS]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  32. 32. Aids<br />Há 30 anos, os Estados Unidos registravam o primeiro caso de AIDS do mundo. Em pouco tempo, o mal desconhecido passou a ser um caso de saúde pública mundial. <br />O número de infectados, que era de um milhão em 1981, saltou para 27,5 milhões em 2010. Na prova de ciências da natureza, o candidato pode ser questionado sobre as características do vírus ou formas de contágio. <br />Na prova de ciências humanas, as políticas públicas brasileiras de combate à aids, reconhecidas internacionalmente, podem aparecer.<br />
  33. 33. [Fuso-horário no Acre]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  34. 34. Fuso-horário no Acre<br />A confusão começou em 2008, quando o então senador Tião Viana (PT), hoje governador do Estado, apresentou uma lei que alterava o horário do Acre e de parte do Amazonas e do Pará, em vigor desde 1913. O texto foi aprovado e os acreanos tiveram de adiantar os relógios em uma hora, ficando com uma hora de diferença de Brasília.<br />Embora haja muita expectativa, o impasse sobre a hora definitiva do Acre deve se estender por pelo menos mais 30 dias, quando o Senado deverá votar um projeto de lei que ratifica o resultado do referendo, restabelecendo o fuso horário de 1913. O texto está em elaboração na Comissão de Constituição e Justiça. <br />
  35. 35. Fuso-horário no Acre<br />
  36. 36. [Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  37. 37. Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil<br />Apesar de pouco provável, os eventos esportivos sediados no Brasil em 2014 e 2016 podem motivar os examinadores. <br />
  38. 38. Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil<br />Caso apareçam, devem versar sobre os impactos das obras nos grandes centros urbanos brasileiros. <br />O encalhe do projeto do trem-bala e as reformas urbanas no Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos, merecem atenção.<br />
  39. 39. [Morte de Osama Bin Laden]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  40. 40. Morte de Osama Bin Laden<br />Depois de 3.519 dias, duas guerras e 1,18 trilhão de dólares em gastos militares, o homem mais procurado do planeta, mandante do maior atentado terrorista já executado no mundo, o 11 de Setembro, foi morto por forças americanas. <br />
  41. 41. Morte de Osama Bin Laden<br />A operação aconteceu nos arredores de Islamabad, capital do Paquistão, e levou milhares às ruas de Nova York e Washington. <br />
  42. 42. Morte de Osama Bin Laden<br />O episódio traz à tona discussões sobre o terrorismo como ferramenta política, além de suscitar discussões sobre a Guerra do Golfo. Como energia é tema prioritário no Enem, questões sobre o petróleo merecem atenção.<br />
  43. 43. 2011: 20 anos da Guerra do Golfo (Operação Tempestade no Deserto)<br />Morte de Osama Bin Laden<br />
  44. 44. [CHINA]<br />pptPlex Section Divider<br />The slides after this divider will be grouped into a section and given the label you type above. Feel free to move this slide to any position in the deck.<br />
  45. 45. China<br />Apesar de temas internacionais terem pouca relevância na prova do Enem, o acelerado crescimento chinês pode motivar questões. <br />
  46. 46. China<br />
  47. 47. China<br />
  48. 48. China<br />
  49. 49. MAIS INFORMAÇÕES ACESE:www.histfacil.blogspot.com<br />

×