Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Recursos Humanos - Conceitos, Definições e Evolução do RH no Brasil

1,262 views

Published on

Parte da Aula aos Alunos do Curso de gestão Empresarial, na BRSchool

Published in: Business
  • Be the first to comment

Recursos Humanos - Conceitos, Definições e Evolução do RH no Brasil

  1. 1. RECURSOS HUMANOS
  2. 2. A Globalização da Economia e o Aumento da Concorrência Igualaram a Qualidade e os Preços dos Produtos e, Por Isso, Saber Gerenciar Pessoas Nas Empresas se Tornou Importante As Organizações Devem Selecionar Novos Funcionários Que Demonstrem Habilidades em Lidar Com Pessoas e Reajam – de Forma Positiva – Aos Estímulos Motivacionais Sendo Assim, Saber Gerenciar Pessoas Será a Diferença das Empresas Vencedoras, Pois o Bom Atendimento Aos Clientes e a Motivação Dos Funcionários Serão Uma Questão de Sobrevivência Dessas Organizações
  3. 3. RECURSOS HUMANOS “É UM CONJUNTO DE PRINCÍPIOS TÉCNICOS QUE VISA CONTRIBUIR PARA ATRAIR, MANTER, MOTIVAR, TREINAR E DESENVOLVER O PATRIMÔNIO HUMANO DAS ORGANIZAÇÕES”
  4. 4. Dessa Forma, Pode-se Dizer Que “Recursos Humanos” é o Ramo da Administração de Empresas Que Desenvolve Ações Com o Objetivo de Integrar o Trabalhador ao Contexto da Organização, Aumentando-lhe a Produtividade Pode-se Afirmar Que a Área de Recursos Humanos de Uma Empresa Trata do RECRUTAMENTO, da SELEÇÃO, do TREINAMENTO, do DESENVOLVIMENTO, da MANUTENÇÃO, do CONTROLE e da AVALIAÇÃO dos Seus Funcionários Portanto, a Área de Recursos Humanos Está Diretamente Relacionada à Melhoria da Qualidade dos Seus Colaboradores, Implicando na Melhoria da Sua Efetividade
  5. 5. EVOLUÇÃO dos RECURSOS HUMANOS no BRASIL 1ª FASE (Até 1930): Participação bastante ativa dos trabalhadores brasileiros, embora a Administração de Pessoas ainda fosse rudimentar, com procedimentos paternalistas e informais 2ª FASE: (GOVERNO GETÚLIO VARGAS): Foram adotadas diversas medidas de proteção das classes trabalhadoras, com a criação das seções de Pessoal nas organizações 3ª FASE: (1950 / 1956) – GOVERNO JUSCELINO KUBITSCHEK: Fase de grande desenvolvimento industrial do País, com ênfase na importação de tecnologia. Nesse período surgiu o setor de Relações Industriais nas empresas. Grande desenvolvimento do treinamento em Relações Humanas
  6. 6. 4º FASE: (1957 / 1963) – GOVERNO JÂNIO QUADROS e JOÃO GOULART: Período de grande instabilidade política do País, com a explosão de várias greves dos trabalhadores 5ª FASE (1964 / 1978) – REVOLUÇÃO / DITADURA Num Primeiro Momento Houve Enorme Controle Econômico e Político Das Classes Trabalhadoras Com a Queda Nos Salários, o Fim da Estabilidade no Emprego e a Criação do FGTS Num Segundo Momento (Conhecido Como “Milagre Econômico”) Houve Grande Crescimento das Empresas Brasileiras e a Vinda das Multinacionais Estrangeiras. Também Houve Grande Ênfase em Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento dos Recursos Humanos Nessas Organizações
  7. 7. 6ª FASE: GOVERNO FIGUEIREDO E SARNEY / ABERTURA POLÍTICA: Num primeiro momento houve muitos movimentos sociais e grevistas e direcionamento da atuação dos profissionais de RH para Relações de Trabalho. Num período seguinte o Brasil começou a acumular Dívida externa e, conseqüentemente, a recessão econômica A ênfase empresarial passou a ser controle, produtividade, cargos, salários e benefícios (época do Plano Cruzado) No final da década de 80, a ênfase passou a ser a pesquisa salarial, programas de aumento de produtividade (ou de qualidade total) e a preocupação com a questão da qualidade de vida dos seus funcionários

×