Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Povos bárbaros

9,367 views

Published on

Esse vídeo mostra a visão etnocêntrica dos romanos sobre os povos bárbaros. Também podemosconhecer um pouquinho o governo de Carlos Magno.

  • Be the first to comment

Povos bárbaros

  1. 1. Povos Bárbaros Povos Germanos
  2. 2. Rafael Sanzio. O encontro do papa Leão I com Átila (Afresco, 1511- 1514)
  3. 3. ROMANOS BÁRBAROS
  4. 4. Vamos refletir a partir da obra... <ul><li>Como são as vestimentas dos romanos?E dos bárbaros? </li></ul><ul><li>Como se portam os cavalos dos romanos? E dos bárbaros? </li></ul><ul><li>Como estão distribuídas as pessoas do lado dos romanos? E dos bárbaros? </li></ul><ul><li>Como você descreve a paisagem do lado dos romanos? E dos Bárbaros? </li></ul><ul><li>A obra de Rafael Sanzio traz uma visão positiva ou negativa dos povos bárbaros? </li></ul>
  5. 5. Trabalhando com documento <ul><li>Sidônio Apolinário, um romano que foi obrigado a hospedar burgúndios em sua casa, ao se questionado por um amigo sobre os motivos que o levaram a não mais compor versos, responde: “(...) Eu, cantar em versos (...) quando vivo no meio de hordas cabeludas, ensurdecido pelos sons da língua germânica, obrigado a ter a aparência de louvar algumas vezes o que canta, quando é bastante repulsivo o burgúndio de cabelos besuntados de uma manteiga rançosa? Felizes os teus olhos, felizes os teus ouvidos, feliz mesmo o teu nariz! Pois ele não sente dez vezes de manhã o odor emprestado do alho ou da cebola” </li></ul><ul><li>Apud ISAAC, J; Alba, A. História Universal- Roma. SP: Mestre Jou, 1964. p.226 </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Com base no texto anterior, quais as características dos bárbaros burgúndios, descritas por Sidônio Apolinário? </li></ul><ul><li>Se você tivesse acesso apenas às duas fontes de informação apresentadas, que visão teria a respeito dos povos bárbaros? </li></ul>
  7. 7. Mas afinal, quem eram os bárbaros? <ul><li>Eram todos os povos que não falavam o latim e não moravam dentro dos limites do Império construído pelos romanos. </li></ul>
  8. 9. Povos bárbaros (germanos) <ul><li>Localizavam-se na região da Germânia, norte do Império Romano. </li></ul><ul><li>Viviam em aldeias e se dedicavam à agricultura e criação de animais. </li></ul><ul><li>Eram povos guerreiros. A honra, a bravura e a coragem eram valores importantes para os germanos. </li></ul><ul><li>Havia uma relação de reciprocidade entre os guerreiros e o chefe. </li></ul><ul><li>As leis eram orais, baseadas nas tradições, costumes... </li></ul><ul><li>As tribos germânicas eram politeístas, os deuses que adoravam representavam as forças da natureza. </li></ul>
  9. 12. Reino dos Francos <ul><li>Clóvis(482-511) foi um rei importante da dinastia merovíngea, converteu-se para o cristianismo e promoveu uma aliança com a igreja. </li></ul><ul><li>Isso favoreceu ambas as partes. Pois de um lado o Papa fortaleceu o poder do rei e por outro o Papa teve o apoio  político  e militar contra os imperadores bizantinos. </li></ul>
  10. 13. Império de Carlos Magno <ul><li>Carlos Magno (768 -814, realizou muitas conquistas, expandindo as fronteiras do império. Com isso Carlos garantiu a dependência entre poder central e nobreza. Porque parte  das terras conquistadas eram doadas à aristocracia que por sua vez tinha um compromisso de lealdade para o rei-susserano. </li></ul><ul><li>As vitórias de Carlos Magno expandiram não só seu território mas também a fé católica sobre as outras religiões. </li></ul>
  11. 14. Coroação de Carlos Magno <ul><li>O fato de um rei ser coroado pelo papa demonstra que a instituição mais poderosa do período depositava em Carlos Magno a confiança da expansão do Império Carolíngeo e do cristianismo. </li></ul>
  12. 15. Missi dominici: inspetores reais <ul><li>Missi dominici, ou enviados do senhor; eram funcionários encarregados por Carlos Magno de percorrer o Império e informar o soberano sobre a administração dos seus domínios. Cabia também a eles impor aos condes e homens livres o juramento de fidelidade ao imperador. </li></ul>
  13. 16. Tratado de Verdun <ul><li>Carlos, o Calvo, ficou com a França Ocidental; Luís, o Germânico, com a França Oriental; Lotário, com a França Central. </li></ul><ul><li>Logo os reis se tornaram cada vez mais dependentes da ajuda financeira e militar dos nobres e clero, perdendo parte de seu poder sobre o reino. </li></ul>Pelo Tratado de Verdun, em 843, o reino foi dividido em três partes:

×