Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

GDG Campinas QualityFest 2017 - Pare de Testar em Produção e Comece a Mockar

114 views

Published on

Se você é um daqueles que fica fazendo testes em produção, tentando encontrar o porque os erros estão acontecendo e sempre descobre que mesmo quando tudo ta ruim, ainda pode ficar pior, tá na hora de discutirmos mais sobre mocks e infraestrutura imutável. Nesta palestra, abordaremos os conceito, técnicas e ferramentas que podem de forma simples e rápida garantir o correto funcionamento do seu sistema e principalmente facilitar o desenvolvimento de novas funcionalidades.

Published in: Software
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

GDG Campinas QualityFest 2017 - Pare de Testar em Produção e Comece a Mockar

  1. 1. Pare de Testar em Produção e Comece a Mockar Danilo Porcelani Desenvolvedor www.porcelani.com
  2. 2. Testar em produção é errado?
  3. 3. https://github.com/Netflix/SimianArmy/wiki
  4. 4. Mas qual é o Ponto?
  5. 5. QA DEV GERENTE
  6. 6. O que é Mockar?
  7. 7. O que são Dublês de Teste ?
  8. 8. "Test Double é um termo genérico para qualquer caso em que você substitua um objeto de produção para fins de teste” - Martin Fowler https://martinfowler.com/bliki/TestDouble.html
  9. 9. http://www.embedded.com/design/prototyping-and-development/4398723/The-mock-object-approach-to-test-driven-development
  10. 10. https://www.solutionsiq.com/resource/blog-post/to-mock-or-not-to-mock-is-that-even-a-question/
  11. 11. Objetos que nunca são usados mas você precisa preencher parâmetros.
  12. 12. https://8thlight.com/blog/uncle-bob/2014/05/14/TheLittleMocker.html
  13. 13. Possui dados estáticos que serão usados nos testes. Não Funcionará para mais nada além do que está no teste.
  14. 14. Além de fornecer alguma informação, também grava alguma interação.
  15. 15. Objetos que simulam o comportamento de objetos reais de forma controlada. Testa comportamento, diferente do stub e spy que testam só estado.
  16. 16. Possuem implementações que funcionam, mas geralmente tomam algum atalho, o que os torna não adequados para a produção
  17. 17. Preenche parâmetro Provê dados static Provê dados e grava Verifica comportamento Implementação simplificada
  18. 18. Linguagem de Programação Injeção de Dependência Design da Aplicação
  19. 19. Real
  20. 20. Parcial
  21. 21. Incompleto
  22. 22. Real Parcial Incompleto
  23. 23. + Injeção de Dependências http:// Infraestrutura como Código
  24. 24. Ferramentas
  25. 25. GetSandbox WireMock Mocky.io mountebank MockServer
  26. 26. Dicas Simples
  27. 27. Desenvolvimento Voltado ao Teste
  28. 28. Automatize… Mas SEMPRE Execute os Testes
  29. 29. Release Big Bang
  30. 30. Mapeie suas dependências
  31. 31. http://eliasnogueira.com/o-testador-esta-morto/ DEV QA
  32. 32. Programação é sobre Comunicação
  33. 33. Obrigado Danilo Porcelani Desenvolvedor www.porcelani.com

×