Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Resultados na conservação na Mata Nacional do Buçaco

136 views

Published on

Apresentação por Jóni Vieira do projecto LIFE BRIGHT / Fundação Mata do Buçaco, no Workshop MONTIS - NATIVA "Gestão de espécies invasoras em Portugal: onde estamos e para onde queremos ir?" realizado em Coimbra, na Escola Superior Agrária no dia 11 de Julho de 2017.

Mais informação em: http://invasoras.pt/workshop_montis_nativa/

Siga invasoras.pt e https://www.facebook.com/InvasorasPt/

Published in: Environment
  • Be the first to comment

Resultados na conservação na Mata Nacional do Buçaco

  1. 1. ´ LIFE10 NAT/PT/000075 Gestão de espécies invasoras em Portugal: onde estamos e para onde queremos ir? Coimbra, 11 de Julho de 2017
  2. 2. ADERNAL Objectivo específico: Proteger o ADERNAL! :: Contrariamente aos Medronhais, existe uma clara dominância dos adernos (Phillyrea latifolia) de porte arbóreo (70- 100%), alguns notáveis. :: Em alguns locais o povoamento de adernos é praticamente puro, formando um bosque com copado denso, onde não ocorrem outras espécies arbóreas. :: Habitat extremamente resiliente e estável
  3. 3. Espécies exóticas invasoras alvo Mimosa (Acacia dealbata) Austrália (Acacia melanoxylon) Falso-incenso (Pittosporum undulatum) Erva-da-fortuna (Tradescantia fluminensis)
  4. 4. CARACTERIZAÇÃO DOS TRABALHOS E MODELO DE GESTÃO
  5. 5. Metodologia
  6. 6. Técnicas aplicadas Tradescantia fluminensis Criação de pilhas de material removido, que são reviradas regularmente com aplicação local de herbicida
  7. 7. Técnicas aplicadas Tradescantia fluminensis Criação de pilhas de material removido, que são reviradas regularmente com aplicação local de herbicida quando necessário
  8. 8. :: Exemplares de pequeno porte: Arranque manual :: Exemplares de médio porte: Descasque Descasque + herbicida Perfuração e injecção de herbicida :: Exemplares de grande porte: descasque + herbicida, perfuração e injecção de herbicida corte com pincelagem imediata de herbicida Invasoras lenhosas: metodologias de intervenção aplicadas
  9. 9. Descasque
  10. 10. Perfuração e injecção de herbicida sistémico – é a única técnica com resultados significativos na espécie Ailanthus altissima
  11. 11. Controles de seguimento e manutenção
  12. 12. Plantação
  13. 13. Plantação
  14. 14. Vantagens e aspectos positivos das intervenções
  15. 15. Situação após a remoção de Tradescantia fluminensis em áreas de conservação
  16. 16. Área de conservação com intervenção em tradescantia à esquerda, e sem intervenção à direita, em 2015
  17. 17. Aumento significativo da regeneração de espécies autóctones após o controle inicial
  18. 18. Bons resultados com o crescimento de vegetação autóctone ao fim dos 6 anos de projecto
  19. 19. Desvantagens e aspectos negativos das intervenções
  20. 20. 3) o que correu mal e/ ou desvantagens ou dificuldades das alternativas tomadas: • Resultados a longo prazo • que apenas se coadunam com políticas de gestão consistentes e coerentes a longo prazo • Necessidade de vários controlos de seguimento até á estabilização da situação • Processo moroso e trabalhoso • Execução das metodologias exigem perfeição e know-how dos executantes • Situações imprevistas: regeneração da casca de Pittosporum • Desfasamento de resultados no tempo, para a mesma espécie, nas mesmas condições
  21. 21. O Descasque é um trabalho minucioso, que tem que ser realizado de forma detalhada e consistente.
  22. 22. Rebentação de Raiz
  23. 23. Resultados que demoram tempos diferentes a atingir o efeito pretendido. A eficiência obtida depende muito da qualidade da execução do trabalho.
  24. 24. Dificuldade em obter resultados eficientes só com controle e plantação em zonas mais áridas devido à elevada mortandade, com solos pobres e elevada exposição solar
  25. 25. Potenciais melhorias, sugestões para futuro e conselhos para outros casos/ projectos? • Testar metodologias complementares à plantação, para áreas de solos pobres e elevada exposição solar • Hidrossementeira • Sementeira directa • Técnicas de engenharia natural • Trabalhar fora das áreas a proteger/ restaurar, anulando áreas de proveniência de sementes, e criando áreas “buffer” para reduzir a entrada de sementes nas áreas a proteger • Até o controle inicial abranger toda a área, Operacionalizar equipas tendo em conta um perspectiva de “brigada de primeira intervenção/ brigada de seguimento”, garantindo-se continuidade de trabalhos e maior dedicação/ perfeição dos mesmos
  26. 26. Utilidade do trabalho em rede para futuro: • Teste das mesmas metodologias em outros contextos biofísicos e sociais – comparação de resultados/ optimização de metodologias • Aumento da expressão da problemática e união de esforços para a sensibilização • Partilha de resultados positivos que sirvam como exemplos para decisores • Partilha de experiências com vista à: • Redução de práticas más/ ineficientes • Promoção/ disseminação das práticas mais eficientes • Junção de esforços entre o campo e a teoria
  27. 27. 2016 Até à data: • Controlo de espécies invasoras num total de cerca de 48 ha • Mais de 60.000 plantações em áreas intervencionadas
  28. 28. LIFE BRIGHT Bussaco’s Recovery from Invasions Generating Habitat Threats LIFE10 NAT/PT/000075 www.fmb.pt/bright bright@fmb.pt 231937000 Com a contribuição do instrumento financeiro LIFE da União Europeia

×