Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Adriana Firmino nº1Filipa Inácio nº 17Joana Santos nº 21                        Tipos deLuís nº25Sónia Alexandre nº34     ...
Define-se ‘’argumento’’ como um conjunto depreposições organizadas, tendo em vista a defesade uma ideia ou de um ponto de...
Um argumento dedutivo, ou entimema, é umsilogismo ao qual falta uma premissa, geralmente amenor, ou a conclusão, isto é, p...
Todos os citrinos são ácidos.         Logo todas as laranjas são ácidas.Premissa subentendida:                           ...
Este tipo de argumento pode tomar duas posições:             Generalização                  Previsão 
Significa que num argumento a conclusão é maisampla do que as premissas e a sua validade nãoresulta da sua forma lógica ma...
Alguns   homens são vertebrados.Logo,   todos os homens são vertebrados.Por  isso como todos os homens vistos atéhoje s...
Alguns   corvos são pretos.Logo,   todos os corvos são pretos.Conclui-seque todos os corvos são pretosporque nunca se v...
É um argumento baseado no passado queantevê casos ainda não vistos presentes oufuturos. A sua validade depende da conclusã...
Até   hoje, todas as pedras caíram no chão.Por  isso, a próxima pedra que largar irácair no chão.
Até   hoje, nenhum homem voou.Por   isso, nenhum homem irá voar.
Os argumentos por analogia resultam desemelhanças entre dois casos para se justificar o casobase, utilizando-se, assim, mu...
 A Ana e a Mariana têm muitascaracterísticas em comum: ambas gostam deatum, de entrecosto, de lasanha, de laranjas,de com...
É considerado a maior parte das vezesfalacioso, pela filosofia.  É um argumento que se apoia na opinião deum especialista,...
 Sem-abrigo - Falar ao telemóvel não provocacancro cerebral Especialista - Falar ao telemóvel provocacancro cerebral
Analfabeto   – Não devemos mentir.Stuart Mill – Podemos mentir se o número depessoas felizes for maior que o número depe...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

0

Share

Download to read offline

Tiposdeargumentos

Download to read offline

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to like this

Tiposdeargumentos

  1. 1. Adriana Firmino nº1Filipa Inácio nº 17Joana Santos nº 21 Tipos deLuís nº25Sónia Alexandre nº34 argumentos
  2. 2. Define-se ‘’argumento’’ como um conjunto depreposições organizadas, tendo em vista a defesade uma ideia ou de um ponto de vista de modo aque a conclusão à qual chegamos deva ter por baseoutras proposições ás quais chamamos premissas.Existem diversos tipos de argumentos quecaracterizam as teses como verídicas e com razão.
  3. 3. Um argumento dedutivo, ou entimema, é umsilogismo ao qual falta uma premissa, geralmente amenor, ou a conclusão, isto é, parte dele ficasubentendida. Isto ocorre porque se subentende que a parte emfalta é do domínio do conhecimento geral. Este argumento segue as regras dos silogismosválidos.
  4. 4. Todos os citrinos são ácidos. Logo todas as laranjas são ácidas.Premissa subentendida:  A laranja é um citrino
  5. 5. Este tipo de argumento pode tomar duas posições:  Generalização   Previsão 
  6. 6. Significa que num argumento a conclusão é maisampla do que as premissas e a sua validade nãoresulta da sua forma lógica mas do conteúdo. Ouseja, quando temos uma premissa particular a suaconclusão tem que se apresentar universalmente. A generalização é válida quando não existemexemplos contraditórios ao exemplo base e utilizarargumentos que comprovem o exemplo base.
  7. 7. Alguns homens são vertebrados.Logo, todos os homens são vertebrados.Por isso como todos os homens vistos atéhoje são vertebrados, formulou-se uma leigeral que diz que todos os homens sãovertebrados.
  8. 8. Alguns corvos são pretos.Logo, todos os corvos são pretos.Conclui-seque todos os corvos são pretosporque nunca se viu nenhum branco.
  9. 9. É um argumento baseado no passado queantevê casos ainda não vistos presentes oufuturos. A sua validade depende da conclusão,tendo esta que estar ligada à realidade, sendoeste tipo de argumento utilizado pelas ciências.
  10. 10. Até hoje, todas as pedras caíram no chão.Por isso, a próxima pedra que largar irácair no chão.
  11. 11. Até hoje, nenhum homem voou.Por isso, nenhum homem irá voar.
  12. 12. Os argumentos por analogia resultam desemelhanças entre dois casos para se justificar o casobase, utilizando-se, assim, muito a palavra “como”. A primeira premissa de um argumento poranalogia estabelece uma pretensão baseando-se noexemplo usado como analogia. A segunda premissa de um argumento poranalogia estabelece que o exemplo na primeirapremissa é como o exemplo do qual o argumento tirauma conclusão.
  13. 13.  A Ana e a Mariana têm muitascaracterísticas em comum: ambas gostam deatum, de entrecosto, de lasanha, de laranjas,de comida chinesa, etc.Por isso, as ambas gostam de pizza.
  14. 14. É considerado a maior parte das vezesfalacioso, pela filosofia. É um argumento que se apoia na opinião deum especialista, no tema em questão, pararetirar a sua conclusão.
  15. 15.  Sem-abrigo - Falar ao telemóvel não provocacancro cerebral Especialista - Falar ao telemóvel provocacancro cerebral
  16. 16. Analfabeto – Não devemos mentir.Stuart Mill – Podemos mentir se o número depessoas felizes for maior que o número depessoas infelizes.

Views

Total views

1,132

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

680

Actions

Downloads

17

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×