Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Uso de mapas conceituais para buscar a interdisciplinaridade

1,784 views

Published on

Trabalho apresentado no VIII ENPEC & I CIEC (Unicamp, Campinas, SP) no dia 9/12/11 na sessão coordenada que ocorreu na sala CB15 das 11-13hs.
Apresentadora: Gislaine Banchetti Cordeiro (aluna de iniciação científica, bolsa PIBIC/CNPq-USP)

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Uso de mapas conceituais para buscar a interdisciplinaridade

  1. 1. CMA PPING I sharing knowledge to empower peopleUso de mapas conceituais para caracterizar a interface conceitual entre disciplinas: à procura da interdisciplinaridade Gislaine Banchetti Cordeiro Rogério Miranda Correia Patrícia Junqueira Grandino Escola de Artes, Ciências e Humanidades I Universidade de São Paulo
  2. 2. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Estrutura Mapas conceituais ≠ organogramas fluxograma esquemas Clareza semântica
  3. 3. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Estrutura proposição
  4. 4. CMA PPING I sharing knowledge to empower people
  5. 5. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Evolução histórica 1963 1972 1990 1997 2004Dr. Joseph D. NovakDr. Alberto J. Canãs
  6. 6. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Objetivo da pesquisaO presente trabalho tem como objetivo usar os MCs pararepresentar o currículo programático das disciplinas Ciênciasda Natureza (CN) e Psicologia, Educação e TemasContemporâneos (PET), a fim de identificar a existência (ounão) de possíveis diálogos disciplinares.
  7. 7. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Hipótese A hipótese desse trabalho é a de que a visualização dainformação na forma de MCs facilita a colaboração, a busca devínculos entre disciplinas.Condições: os conteúdos mais relevantes abordados por cada DG sejamidentificados e organizados na forma de MCs; os docentes, responsáveis pelas DGs discutam sobre, os MCsque representar os principais conceitos das suas respectivasáreas de conhecimento.
  8. 8. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Nosso contexto Escola de Artes, Ciências e Humanidades [EACH / USP] Contempla um Ciclo Básico de disciplinas que são oferecidos aosalunos ingressantes A expectativa do projeto pedagógico da EACH/USP Leste prevê oestabelecimento de vínculos interdisciplinares entre as DGs
  9. 9. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Coleta dos dados
  10. 10. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Análise dos dados Conceitos (MC- PET) (MC- CN)Exemplos de proposições (MC- PET) (MC- CN)
  11. 11. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados Ciências da Natureza Psicologia, Educação e Temas (CN) Contemporâneos (PET)
  12. 12. CMA PPING I sharing knowledge to empower people
  13. 13. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados Foi possível representar a interface entre as disciplinas e identificar os conceitos: 1. pós-modernidade 2. complexidade 3. religião 4. indivíduo 5. tecnologiaConceitos mais promissores para estimular a interdisciplinaridade
  14. 14. CMA PPING I sharing knowledge to empower people ResultadosConsiderando que as disciplinas são provenientes dasduas culturas, é notável o fato dos MCs lançarem luz acomo relacioná-las, apesar de suas grandes diferençasepistemológicas.
  15. 15. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Considerações Finais Confirmação dos benefícios do uso dos MCs Útil para disciplinas de campos distintos de conhecimento eainda mais eficaz as disciplinas afinsConcluí-se que o mapeamento conceitual facilita avisualização de diálogos entres diversas disciplinas
  16. 16. CMA PPING I sharing knowledge to empower people Agradecimentos Profa Dra Patrícia Junqueira Grandino Prof Dr Paulo Rogério Miranda Correia Colegas do Grupo Cmapping; CNPq/USP (Bolsa PIBIC)

×