Dicionário Terminológico: operacionalização do domínio da linguística descritiva (B)              Morfologia - Processos d...
3. Preenche o quadro, registando o processo de formação das palavras, conforme o exemplo:saca-rolhas             Composiçã...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

1. morfologia manuela teresa

391 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
391
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

1. morfologia manuela teresa

  1. 1. Dicionário Terminológico: operacionalização do domínio da linguística descritiva (B) Morfologia - Processos de formação de palavras (Ano: 8º / 9º ) 1. Classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações que se seguem. Depois , corrige as afirmações que consideraste falsas. A- Os prefixos são elementos que se pospõem ao radical. V F _______________________________________________________________ B- Os sufixos são constituintes que se antepõem ao radical. V F _______________________________________________________________ C- A parassíntese implica a presença simultânea de um prefixo e de um sufixo. V F _______________________________________________________________ D- A composição é um processo de formação de palavras em que duas ou mais V F formas de base se associam. __________________________________________________________________ E- A composição morfológica consiste na união de duas ou mais palavras. V F __________________________________________________________________ F- A composição morfissintática associa duas ou mais palavras. V F __________________________________________________________________ G- A integração de uma dada unidade lexical numa nova classe de palavras, sem V F que se verifique qualquer alteração formal denomina-se derivação não-afixal. __________________________________________________________________2. Identifica o processo de formação das palavras destacadas nas frases da coluna A, fazendo- lhes corresponder o processo apresentado na coluna B.COLUNA A COLUNA BA. O vocábulo cartografia foi pela primeira vez proposto por um historiador português. 1. Composição morfossintáticaB. Acho que vou enlouquecer! 2. Derivação por conversãoC. Ninguém gosta de ouvir um não. 3. Derivação por parassínteseD. Os indecisos não vencem! 4. Derivação por sufixaçãoE. Os dias maus pareciam recomeçar. 5. Derivação não-afixalF. A Maria é a porta-voz do grupo. 6. Derivação por prefixaçãoG. A falta de cálculo pode arruinar uma pessoa. 7. Composição morfológicaH. Que indisciplinado! 8. Derivação por prefixação e sufixaçãoI. Não alinhes em brincadeiras perigosas. A. ____; B. ____; C.____; D.____; E.____; F.____; G.____; H. ____; I. ____.
  2. 2. 3. Preenche o quadro, registando o processo de formação das palavras, conforme o exemplo:saca-rolhas Composição morfossintáticaultra-hiperbólicoo andarsociologiaquestiúnculasbeija-floramadurecerbelezadesgraçaguarda-chuvaajoelharlealdadezoologiaum simvindimaanti-ibéricobem-falante SOLUÇÕES: 1. Verdadeiras: C; D; F. Falsas: A- Os prefixos são elementos que se antepõem ao radical. B- Os sufixos são constituintes que se pospõem ao radical. E-A composição morfossintática consiste na união de duas ou mais palavras. G-A integração de uma dada unidade lexical numa nova classe de palavras, sem que se verifique qualquer alteração formal denomina-se derivação por conversão /imprópria. 2. A. 7; B. 3 ; C. 2; D. 2; E. 6; F. 1; G. 5; H. 8; I. 3. 3. ultra-hiperbólico – Derivação por prefixação e sufixação; o andar – Derivação por conversão; sociologia – Composição morfológica; questiúnculas – Derivação por sufixação; beija-flor – composição morfossintática; amadurecer – Derivação por parassíntese; beleza – Derivação por sufixação; desgraça – Derivação por prefixação; guarda-chuva – Composição morfossintática; ajoelhar – Derivação por parassíntese; lealdade – Derivação por sufixação; zoologia – Composição morfológica; um sim – Derivação por conversão; vindima – Derivação não-afixal; anti-ibérico – Derivação por prefixação; bem-falante – Composição morfossintática. Professoras: Maria Manuela Cardoso de Matos Teresa de Jesus Reis Guimarães Fernandes

×